1. Blogs
  2. Blog do JB
  3. Acusado de tráfico de drogas queima dinheiro e faz churrasco para comemorar liberdade
Publicidade

Acusado de tráfico de drogas queima dinheiro e faz churrasco para comemorar liberdade

Um vídeo que circula nas redes sociais tem causado revolta e provocado desmotivação de vários policiais militares da 2ª Companhia do 14º Batalhão. Quem aparece nas imagens queimando cédulas de R$ 100,00 e de R$ 50,00 e fazendo churrasco para comemorar a liberdade, é Huerley Borges Cavalcante que foi preso por volta das 22h do último sábado (18) em uma barreira montada por policiais militares no entroncamento da PI-222 que interliga as cidades de Santo Inácio do Piauí e Campinas do Piauí. Huerley transitava em uma motocicleta e estava na companhia de Francisco Leal.

Assista ao vídeo abaixo:

No vídeo Huerley diz um palavrão, debocha dos policiais, e diz que não queima cédula de R$ 200,00 porque não tem.

Segundo a Polícia Militar o vídeo foi gravado no Povoado Alto Formoso zona rural de Campinas do Piauí, provavelmente na casa do acusado.

Em poder do acusado a polícia encontrou 19 pinos e uma trouxa de substância análoga a cocaína. Os acusados foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil em Simplício Mendes e para surpresa dos militares os acusados ganharam a liberdade no dia seguinte (19) graças a uma ordem judicial. Na ordem judicial o juiz diz: Lendo com atenção os depoimentos colhidos não temos como aferir se o caso será, ao final, de tráfico ou uso, face á quantidade de droga apreendida e as demais circunstâncias do caso.

Decisão judicial

(Foto: Reprodução)

O acusado ganhou a liberdade provisória mediante as seguintes cautelar alternativa: Comparecer periódicamente em juízo, no prazo e nas condições fixadas pelo juiz, para informar e justificar suas atividades todo dia 10 de cada mês partindo do próximo mês de junho. 

A reportagem do Portal AZ teve acesso ao depoimento de Huerley Borges Cavalcante.

Veja documento

(Foto: Reprodução)

Perante o delegado Huerley Borges Cavalcante assumiu a bronca sozinho ou seja: disse que a droga era dele e que o amigo não sabia que ele (Huerley) estava portando drogas. Disse ainda que as vezes usa droga e que trouxe a droga de São Paulo.

Esclarecimento.

O outro vídeo onde a carne para o churrasco está sendo preparada não foi postado na matéria porque nas imagens aparece crianças.

Entenda o caso

Na noite do último sábado (18), os policiais militares Soldado Vasconcelos e Soldado Carvalho, lotados no Grupamento da Polícia Militar (GPM) da cidade de Campinas do Piauí, montaram uma barreira no entroncamento da PI-222 que interliga as cidades de Santo Inácio do Piauí e Campinas do Piauí.

(Foto: Reprodução)

Quando por volta das 22h, eles fizeram a abordagem aos nacionais identificados por Huerley Borges Cavalcante e Francisco Leal que transitavam em uma motocicleta. Em poder dos acusados, os militares encontraram 19 pinos e uma trouxa de substância análoga a cocaína, e mais a quantia de R$ 330 em espécie, segundo a polícia.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

De pronto foi dada voz de prisão aos indivíduos e, em seguida, eles foram conduzidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil, em Simplício Mendes, para a lavratura do flagrante.

Um vídeo que circula nas redes sociais tem causado revolta e provocado desmotivação de vários policiais militares da 2ª Companhia do 14º Batalhão. Quem aparece nas imagens queimando cédulas de R$ 100,00 e de R$ 50,00 e fazendo churrasco para comemorar a liberdade, é Huerley Borges Cavalcante que foi preso por volta das 22h do último sábado (18) em uma barreira montada por policiais militares no entroncamento da PI-222 que interliga as cidades de Santo Inácio do Piauí e Campinas do Piauí. Huerley transitava em uma motocicleta e estava na companhia de Francisco Leal.

Assista ao vídeo abaixo:

No vídeo Huerley diz um palavrão, debocha dos policiais, e diz que não queima cédula de R$ 200,00 porque não tem.

Segundo a Polícia Militar o vídeo foi gravado no Povoado Alto Formoso zona rural de Campinas do Piauí, provavelmente na casa do acusado.

Em poder do acusado a polícia encontrou 19 pinos e uma trouxa de substância análoga a cocaína. Os acusados foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil em Simplício Mendes e para surpresa dos militares os acusados ganharam a liberdade no dia seguinte (19) graças a uma ordem judicial. Na ordem judicial o juiz diz: Lendo com atenção os depoimentos colhidos não temos como aferir se o caso será, ao final, de tráfico ou uso, face á quantidade de droga apreendida e as demais circunstâncias do caso.

Decisão judicial

(Foto: Reprodução)

O acusado ganhou a liberdade provisória mediante as seguintes cautelar alternativa: Comparecer periódicamente em juízo, no prazo e nas condições fixadas pelo juiz, para informar e justificar suas atividades todo dia 10 de cada mês partindo do próximo mês de junho. 

A reportagem do Portal AZ teve acesso ao depoimento de Huerley Borges Cavalcante.

Veja documento

(Foto: Reprodução)

Perante o delegado Huerley Borges Cavalcante assumiu a bronca sozinho ou seja: disse que a droga era dele e que o amigo não sabia que ele (Huerley) estava portando drogas. Disse ainda que as vezes usa droga e que trouxe a droga de São Paulo.

Esclarecimento.

O outro vídeo onde a carne para o churrasco está sendo preparada não foi postado na matéria porque nas imagens aparece crianças.

Entenda o caso

Na noite do último sábado (18), os policiais militares Soldado Vasconcelos e Soldado Carvalho, lotados no Grupamento da Polícia Militar (GPM) da cidade de Campinas do Piauí, montaram uma barreira no entroncamento da PI-222 que interliga as cidades de Santo Inácio do Piauí e Campinas do Piauí.

(Foto: Reprodução)

Quando por volta das 22h, eles fizeram a abordagem aos nacionais identificados por Huerley Borges Cavalcante e Francisco Leal que transitavam em uma motocicleta. Em poder dos acusados, os militares encontraram 19 pinos e uma trouxa de substância análoga a cocaína, e mais a quantia de R$ 330 em espécie, segundo a polícia.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

De pronto foi dada voz de prisão aos indivíduos e, em seguida, eles foram conduzidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil, em Simplício Mendes, para a lavratura do flagrante.

Presidente da Câmara de Vereadores de Simplício Mendes emite nota requerendo direito de resposta Corpo da mãe do prefeito Drº Heli será sepultado em Simplício Mendes

Mais lidas desse blog