1. Blogs
  2. Ribamar Aragão
  3. Derrota de Wellington Dias pode encerrar apática 'carreira política' de Florentino Neto
Publicidade

Derrota de Wellington Dias pode encerrar apática 'carreira política' de Florentino Neto

Em queda constante em todas as pequisas de opinião pública no Piauí, e com alta taxa de rejeição popular, o candidato à reeleição ao Governo do Estado, petista Wellington Dias, corre, sim, o risco de sofrer uma derrota nas eleições de 2018. Apesar de ainda estar na liderança, seu nome é cada vez mais desaprovado pela população piauiense.   

Ex-prefeito e secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, cria e projeto político fracassado de José Hamilton

E se for vencido nas urnas, o petista Wellington Dias contribuirá para o fim da apática carreira política do ex-prefeito derrotado e atual secretário estadual de Saúde, Florentino Neto.

Sem o governador W. Dias no poder, Florentino Neto fica sem cargo e sem votos, já que se acovardou da disputa eleitoral por medo de reprovação popular. E sorte da Parnaíba que não terá que mais que conviver com o fraco político. Nesse cenário, Florentino Neto voltará para sua medíocre função em órgão federal em Parnaíba, restrito a trabalho em mesa e cadeira. 

Florentino Neto é uma 'Dilma": não serve para a vida pública. Foi testado e reprovado. E caso W. Dias não se reeleja ou o candidato a senador Marcelo Castro também não ganhe, o suplente de deputado com mandato, José Hamilton Castelo Branco, também fica numa situação muito difícil: sem votos e sem tanta força política.

A única saída será sua aposentadoria forçada da vida pública, pois sua permanência na Assembleia Legislativa não rendeu o esperado pelos moradores da segunda maior cidade do Piauí. E sem apoio do Governo do Estado fica bem mais complicado voltar ao controle da máquina municipal em Parnaíba.

A derrota de W. Dias representa bem mais do que a quebra do mafioso esquema de poder do PT no Piauí, que dura quase 12 anos completos: livra Parnaíba, de uma só vez, da cria e do criador. 

Capitania dos Portos intensifica ações de fiscalização do tráfego aquaviário na região do Delta do Parnaíba Setur esquece Pedra do Sal entre as praias do litoral do Piauí

Mais lidas desse blog