1. Blogs
  2. Café com Informação
  3. Evaldo Gomes diz que foi aconselhado por “figurão” a desistir da “chapinha”
Publicidade

Evaldo Gomes diz que foi aconselhado por “figurão” a desistir da “chapinha”

De malas prontas para a oposição, o presidente do Partido Trabalhista Cristão (PTC-PI), deputado estadual Evaldo Gomes, voltou a expressar insatisfação com o líder do seu ex-time, o governador Wellington Dias (PT). Segundo Evaldo, o desgosto começou quando ele descobriu que Dias não comanda o Estado sozinho.

Evaldo Gomes no Café com Informação dessa semana (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

O fato levou o presidente a decretar cisão com o Palácio de Karnak. A decisão foi publicizada no dia 01 de agosto, depois de reunião com líderes petecistas, como destacou Gomes.

“A decisão do partido foi tomada depois de um grande número de reuniões e encontros, e após ter ouvido do governador Wellington Dias de que poderia adotar qualquer posição se resolvesse não compor o chamado chapão formado pelas agremiações políticas que apoiam a sua administração. Então recebi uma ligação de um ‘figurão’ afirmando que eu deveria ir para o chapão para continuar na base e o governador me falou que não poderia seguir com a chapinha”, conta.

Ainda segundo Gomes, o governador do Estado não tem autonomia de governar o Estado sozinho. “Wellington Dias está sendo submisso a um ou dois figurões. O governo dele está aparecendo um samba de criolo doido. Mas não tenho arrependimento de nada, mas agora o PTC virou a página”, afirma.

Arimatéia Azevedo entrevista Evaldo Gomes no Café com Informação (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Novos rumos

Evaldo Gomes afirmou que já sabe qual o direcionamento que o PTC deve tomar nas eleições de 2018.

“Apesar de termos prazo até o dia 15 de agosto nós já temos um caminho a seguir. O grupo do Dr. Pessoa, que é um grupo pequeno, mas está de coração aberto para receber quem está insatisfeito quem ainda está na base. E eu sei que tem muita gente querendo se libertar, romper com o governo”.

Antes do prazo final, Evaldo Gomes disse que vão homologar a candidatura do Dr. Pessoa. A chapa terá como vice-governadora a advogada Vanessa Tapety; o médico Marcos Vinicius e o cantor Frank Aguiar como candidatos ao Senado.

“Se nós não pararmos para pensar que a população é a grande protagonista das eleições muitos de nós vai cair se não parar para analisar”, finalizou o deputado.

Assista abaixo ao programa na íntegra:

“Ainda há esperança nos crimes de maus-tratos aos animais com o Novo Código Penal”, diz advogado criminalista Regina fala em cenário “complicado” sem Lula e ainda não se coloca como vice-governadora

Mais lidas desse blog