1. Blogs
  2. Claudio Barros
  3. IBGE projeta safra recorde de 4,5 milhões de toneladas em 2019 no Piauí
Publicidade

IBGE projeta safra recorde de 4,5 milhões de toneladas em 2019 no Piauí

Com base em dados reunidos em dezembro e na primeira quinzena de janeiro de 2019, o IBGE projeta uma safra recorde no Piauí para este ano, superior em 7,51% à colheita do ano anterior, que foi de 4,21 milhões de toneladas. Se confirmada a estimativa, o Estado deverá colher 4,52 milhões de toneladas de grãos na atual safra.

O algodão foi a cultura que teve maior aumento na safra atual

Produtores da principal região de cultivo de grãos no Piauí, o Sudoeste do Estado, indicam que já pode estar confirmada uma quebra na safra em torno de 15%, em razão de veranico (período longo sem chuvas) e de irregularidade no volume de precipitações.

Os dados oficiais, porém, ainda não registram esse movimento de perdas os levantamentos em campo foram feitos antes dos eventos climáticos negativos que podem influenciar em quebra de rendimento das lavouras e consequente perda de produção.

O prognóstico para a safra agrícola 2019, com base nos dados obtidos no período de referência acima mencionado pelo IBGE, aponta que deverão ser colhidas 2,56 milhões de toneladas de soja –3,91% a mais que a safra de 2018, com aumento de aumento da área plantada de 6,5%;

A projeção para aumento na colheita de milho é ainda maior:1,73 milhão de toneladas, 14,1% a mais que a safra de 2018. No caso do milho, projeta-se um considerável aumento da produtividade, porque a área plantada teve redução de aproximadamente 16%.

É ainda maior a expectativa de aumento na colheita do feijão. Segundo o IBGE, a safra pode ser de 111,37 mil toneladas, 18,58% a mais que em 2018. A exemplo do milho deve haver ganhos de rendimento na lavoura, porque a área plantada experimento um recuo de aproximadamente 13%.

O maior crescimento projetado é o da cultura algodoeira: o IBGE prevê uma colheita de 34,4 mil toneladas, cerca de 106,15% a mais que na safra de 2018, cujo aumento é devido principalmente a um expressivo crescimento da área plantada, de aproximadamente 86%.

Mas dentre os principais produtos agrícolas no Piauí, o destaque negativo fica por conta do arroz, cujo prognóstico para 2019 aponta uma safra de 78,9 mil toneladas – queda de 27,85% ante o ano de 2018. Esse resultado tem como causa a redução expressiva na área plantada do arroz, que diminuiu cerca de 30% em 2019.

Os resultados apresentados nesta pesquisa têm como referência dados coletados em campo do mês de dezembro/2018 até a primeira quinzena de janeiro/2019.

Os dados do LSPA são obtidos através de reunião realizada na Comissão Municipal de Estatística Agropecuária (COMEA) de cada um dos municípios do Estado do Piauí, reunindo representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Secretaria de Agricultura do município, bem como órgãos estaduais ligados à agricultura. Para complementar o levantamento de informações, o IBGE realiza ainda visita aos grandes projetos agrícolas do Estado.

Veja abaixo os 10 municípios piauienses com a maior produção, segundo o tipo de cultura:

SOJA


ARROZ

FEIJÃO

ALGODÃO


MILHO

Com base em dados reunidos em dezembro e na primeira quinzena de janeiro de 2019, o IBGE projeta uma safra recorde no Piauí para este ano, superior em 7,51% à colheita do ano anterior, que foi de 4,21 milhões de toneladas. Se confirmada a estimativa, o Estado deverá colher 4,52 milhões de toneladas de grãos na atual safra.

O algodão foi a cultura que teve maior aumento na safra atual

Produtores da principal região de cultivo de grãos no Piauí, o Sudoeste do Estado, indicam que já pode estar confirmada uma quebra na safra em torno de 15%, em razão de veranico (período longo sem chuvas) e de irregularidade no volume de precipitações.

Os dados oficiais, porém, ainda não registram esse movimento de perdas os levantamentos em campo foram feitos antes dos eventos climáticos negativos que podem influenciar em quebra de rendimento das lavouras e consequente perda de produção.

O prognóstico para a safra agrícola 2019, com base nos dados obtidos no período de referência acima mencionado pelo IBGE, aponta que deverão ser colhidas 2,56 milhões de toneladas de soja –3,91% a mais que a safra de 2018, com aumento de aumento da área plantada de 6,5%;

A projeção para aumento na colheita de milho é ainda maior:1,73 milhão de toneladas, 14,1% a mais que a safra de 2018. No caso do milho, projeta-se um considerável aumento da produtividade, porque a área plantada teve redução de aproximadamente 16%.

É ainda maior a expectativa de aumento na colheita do feijão. Segundo o IBGE, a safra pode ser de 111,37 mil toneladas, 18,58% a mais que em 2018. A exemplo do milho deve haver ganhos de rendimento na lavoura, porque a área plantada experimento um recuo de aproximadamente 13%.

O maior crescimento projetado é o da cultura algodoeira: o IBGE prevê uma colheita de 34,4 mil toneladas, cerca de 106,15% a mais que na safra de 2018, cujo aumento é devido principalmente a um expressivo crescimento da área plantada, de aproximadamente 86%.

Mas dentre os principais produtos agrícolas no Piauí, o destaque negativo fica por conta do arroz, cujo prognóstico para 2019 aponta uma safra de 78,9 mil toneladas – queda de 27,85% ante o ano de 2018. Esse resultado tem como causa a redução expressiva na área plantada do arroz, que diminuiu cerca de 30% em 2019.

Os resultados apresentados nesta pesquisa têm como referência dados coletados em campo do mês de dezembro/2018 até a primeira quinzena de janeiro/2019.

Os dados do LSPA são obtidos através de reunião realizada na Comissão Municipal de Estatística Agropecuária (COMEA) de cada um dos municípios do Estado do Piauí, reunindo representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Secretaria de Agricultura do município, bem como órgãos estaduais ligados à agricultura. Para complementar o levantamento de informações, o IBGE realiza ainda visita aos grandes projetos agrícolas do Estado.

Veja abaixo os 10 municípios piauienses com a maior produção, segundo o tipo de cultura:

SOJA


ARROZ

FEIJÃO

ALGODÃO


MILHO

Jovem tem menor chance de ser contratado e maior de ser demitido Inmet faz alerta para o perigo potencial de chuvas intensas em todo o Piauí

Mais lidas desse blog