1. Blogs
  2. Claudio Barros
  3. Há mais policiais na guarda do governador que em cidades do interior do Piauí
Publicidade

Há mais policiais na guarda do governador que em cidades do interior do Piauí

O Palácio de Karnak, sede do governo e local de trabalho do governador do Estado, tem mais policiais que a maioria das cidades do Piauí. São 26 oficiais, 97 praças, além de 34 militares da reserva. 

Palácio de Karnak (Foto: reprodução internet)

No total, a guarda pessoal do governador do Piauí soma um efetivo de 157 militares – é muito mais do que se encontrará em qualquer pequena cidade ou mesmo naquelas consideradas maiores para os padrões demográficos piauienses.

Os dados estão disponíveis em publicação da edição de hoje do Diário Oficial do Estado, que veicula a lista dos militares, indicando o período de gozo de férias de cada um deles.

São 25 os oficiais lotados no Gabinete Militar do Palácio de Karnak, a saber: um coronel, Denilson Marques, que comanda a pasta, dois tenentes-coronéis, cinco majores, 11 capitães e sete tenentes.

Os praças (subtenentes, sargentos, cabos e soldados) somam 97 militares. São 11 subtenentes, 25 sargentos, nove alunos de curso de formação da PM, 40 cabos e 11 cabos. Há mais cabos e soldados no serviço palaciano que patrulhando ruas e avenidas de cidades no interior e no litoral do Estado do Piauí.

Existem ainda 34 militares listados como “voluntários”, que apesar dessa condição, também têm direito a férias. Não está claro que eles são remunerados ou não nesse serviço voluntário.

Quem quiser ler a lista de nomes dos policiais à disposição do governador pode lê-los na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado, nas páginas 3 e 4. Clique aqui para ler a lista.

O Palácio de Karnak, sede do governo e local de trabalho do governador do Estado, tem mais policiais que a maioria das cidades do Piauí. São 26 oficiais, 97 praças, além de 34 militares da reserva. 

Palácio de Karnak (Foto: reprodução internet)

No total, a guarda pessoal do governador do Piauí soma um efetivo de 157 militares – é muito mais do que se encontrará em qualquer pequena cidade ou mesmo naquelas consideradas maiores para os padrões demográficos piauienses.

Os dados estão disponíveis em publicação da edição de hoje do Diário Oficial do Estado, que veicula a lista dos militares, indicando o período de gozo de férias de cada um deles.

São 25 os oficiais lotados no Gabinete Militar do Palácio de Karnak, a saber: um coronel, Denilson Marques, que comanda a pasta, dois tenentes-coronéis, cinco majores, 11 capitães e sete tenentes.

Os praças (subtenentes, sargentos, cabos e soldados) somam 97 militares. São 11 subtenentes, 25 sargentos, nove alunos de curso de formação da PM, 40 cabos e 11 cabos. Há mais cabos e soldados no serviço palaciano que patrulhando ruas e avenidas de cidades no interior e no litoral do Estado do Piauí.

Existem ainda 34 militares listados como “voluntários”, que apesar dessa condição, também têm direito a férias. Não está claro que eles são remunerados ou não nesse serviço voluntário.

Quem quiser ler a lista de nomes dos policiais à disposição do governador pode lê-los na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado, nas páginas 3 e 4. Clique aqui para ler a lista.

Jovem tem menor chance de ser contratado e maior de ser demitido Governo avisa que não vai dar aumento para professores

Mais lidas desse blog