1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Merece aplausos
Publicidade

Merece aplausos

O anúncio no dia de ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, de um novo programa na área da saúde pública denominado ‘Médicos pelo Brasil’ é uma notícia auspiciosa para a Nação Brasileira. 

Esse novo programa , Médicos pelo Brasil, substituirá o Mais Medicos, um convênio entre o Brasil e Cuba intermediado pela OPAS- Organização PanAmerica de Saúde, celebrado no Governo DilmaRousseff. 

Por cada médico Cubano, o Brasil desembolsava mensalmente para Cuba através da OPAS, R$ 11.800,00 mil, sendo que a OPAS, repassava esse valor ao Governo Cubano, que remunerava os seus médicos trabalhando aqui no Brasil, com apenas R$ 3.500,00 mil. 

O que muda para os profissionais médicos e para a população. 

Aos médicos Cubanos, remanescentes, que se recusaram a voltar para Cuba, em torno de dois mil, o governo brasileiro lhes oferecerá uma residência médica remunerada durante dois anos, que servirá para revalidação dos respectivos diplomas. 

O governo federal , segundo o ministro da saúde Luís Henrique Mandetta , irá contratar 18 mil médicos , com carteira assinada e salários iniciais a partir de R$ 12.000, 00 mil , podendo chegar a R$ 31,000,00 mil, dependendo do local de trabalho, significando dizer que, quanto mais distante dos centros urbanos, maiores serão os salários dos profissionais do programa ‘Médicos pelo Brasil’ . 

Para o professor Mário Scheffer da USP, Universidade de São Paulo, a estabilidade do plano de carreira e os altos salários oferecidos pelo programa ‘Médicos pelo Brasil’ , podem assegurar a fixação dos profissionais de saúde em regiões de difícil acesso e vulnerabilidade social. 

Seguridade social e excelentes salários, levarão assistência médica aos mais distantes rincões do território nacional.

Até que enfim , algo sério na área da saúde pública é feito neste país. 

É isso.

O anúncio no dia de ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, de um novo programa na área da saúde pública denominado ‘Médicos pelo Brasil’ é uma notícia auspiciosa para a Nação Brasileira. 

Esse novo programa , Médicos pelo Brasil, substituirá o Mais Medicos, um convênio entre o Brasil e Cuba intermediado pela OPAS- Organização PanAmerica de Saúde, celebrado no Governo DilmaRousseff. 

Por cada médico Cubano, o Brasil desembolsava mensalmente para Cuba através da OPAS, R$ 11.800,00 mil, sendo que a OPAS, repassava esse valor ao Governo Cubano, que remunerava os seus médicos trabalhando aqui no Brasil, com apenas R$ 3.500,00 mil. 

O que muda para os profissionais médicos e para a população. 

Aos médicos Cubanos, remanescentes, que se recusaram a voltar para Cuba, em torno de dois mil, o governo brasileiro lhes oferecerá uma residência médica remunerada durante dois anos, que servirá para revalidação dos respectivos diplomas. 

O governo federal , segundo o ministro da saúde Luís Henrique Mandetta , irá contratar 18 mil médicos , com carteira assinada e salários iniciais a partir de R$ 12.000, 00 mil , podendo chegar a R$ 31,000,00 mil, dependendo do local de trabalho, significando dizer que, quanto mais distante dos centros urbanos, maiores serão os salários dos profissionais do programa ‘Médicos pelo Brasil’ . 

Para o professor Mário Scheffer da USP, Universidade de São Paulo, a estabilidade do plano de carreira e os altos salários oferecidos pelo programa ‘Médicos pelo Brasil’ , podem assegurar a fixação dos profissionais de saúde em regiões de difícil acesso e vulnerabilidade social. 

Seguridade social e excelentes salários, levarão assistência médica aos mais distantes rincões do território nacional.

Até que enfim , algo sério na área da saúde pública é feito neste país. 

É isso.

Barafunda Um exemplo a ser seguido

Mais lidas desse blog