1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Expansão das milícias
Publicidade

Expansão das milícias

É o título de uma matéria do jornal O Globo na sua edição desta segunda-feira. 

Em uma ampla matéria o matutino carioca aponta que , investigações constatam a atuação de grupos milicianos em 12 Estados , inclusive aqui no Piauí. 
Diz o texto que, áreas com potencial turístico também entraram no radar dos milicianos. 

É o caso do município de Luís Correia, onde um esquema criminoso foi montado na região envolvendo até servidores do cartório local para “ formalizar” as invasões.

Uma das denúncias feitas pelo Ministério Público segundo O Globo, narra que um dos empreendimentos à beira-mar-em terras da União-incorporou cerca de 2800 m2 de área pública. 

As investigações dão conta de que servidores da prefeitura local que se recusavam a conceder licenças necessárias para as construções eram ameaçados, assim como posseiros que ocupavam lotes que eram de interesse do grupo criminoso. 

Em uma gravação telefônica interceptada, dois réus conversam sobre a contratação de policiais para derrubar as cercas de uma área que seria anexada. 

A referida matéria de O Globo relata que, em junho quando a operação foi deflagrada , o promotor Rômulo Cordão, então coordenador da investigação, afirmou que ficou evidenciado a “ existência de uma milícia “ , já que moradores foram expulsos com uso da “força policial”, conclui a matéria em relação a existência de milícias no Estado do Piauí. 

Como essas investigações do Ministério Público Estadual, envolvem gente poderosa ocupando relevantes cargos na estrutura administrativa do Estado do Piauí, em que pese o hercúleo trabalho do Parquet Estadual, essas denúncias serão natimortas na sua origem. 

Quem viver, verá.

P S
Aliás, os dois promotores envolvidos nas investigações, já sofreram as retaliações de praxe.

É o título de uma matéria do jornal O Globo na sua edição desta segunda-feira. 

Em uma ampla matéria o matutino carioca aponta que , investigações constatam a atuação de grupos milicianos em 12 Estados , inclusive aqui no Piauí. 
Diz o texto que, áreas com potencial turístico também entraram no radar dos milicianos. 

É o caso do município de Luís Correia, onde um esquema criminoso foi montado na região envolvendo até servidores do cartório local para “ formalizar” as invasões.

Uma das denúncias feitas pelo Ministério Público segundo O Globo, narra que um dos empreendimentos à beira-mar-em terras da União-incorporou cerca de 2800 m2 de área pública. 

As investigações dão conta de que servidores da prefeitura local que se recusavam a conceder licenças necessárias para as construções eram ameaçados, assim como posseiros que ocupavam lotes que eram de interesse do grupo criminoso. 

Em uma gravação telefônica interceptada, dois réus conversam sobre a contratação de policiais para derrubar as cercas de uma área que seria anexada. 

A referida matéria de O Globo relata que, em junho quando a operação foi deflagrada , o promotor Rômulo Cordão, então coordenador da investigação, afirmou que ficou evidenciado a “ existência de uma milícia “ , já que moradores foram expulsos com uso da “força policial”, conclui a matéria em relação a existência de milícias no Estado do Piauí. 

Como essas investigações do Ministério Público Estadual, envolvem gente poderosa ocupando relevantes cargos na estrutura administrativa do Estado do Piauí, em que pese o hercúleo trabalho do Parquet Estadual, essas denúncias serão natimortas na sua origem. 

Quem viver, verá.

P S
Aliás, os dois promotores envolvidos nas investigações, já sofreram as retaliações de praxe.

Barafunda Uma imoralidade a mais

Mais lidas desse blog