1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. MPF na caixinha
Publicidade

MPF na caixinha

Em entrevista concedida ao jornalista Arimateia Azevedo, quando da sua passagem por Teresina no último final de semana, o senhor José Dirceu, foi peremptório ao afirmar que, em retornando ao poder com a eleição de Fernando Haddad, uma das prioridades do Governo do Partido dos Trabalhadores será colocar o Minstério Público Federal de volta à sua caixinha.

O candidato Ciro Gomes, verborrágico como sempre, já tinha feito declarações nesse sentido. 

Em que pese o candidato Ciro Gomes não está condenado em segunda instância, a sua fala não tem o poder de repercutir, tal qual à do senhor José Dirceu, este sim ,  condenado em segunda instância,  egresso do sistema penal através de uma liminar concedida por um dos ministros do STF que,  livre , leve e solto, a bordo de um jatinho, sai Brasil afora fazendo  proselitísmo político, tendo como justificativa o lançamento de um livro de " memórias".

O senhor José Dirceu, na referida entrevista ao jornalista Arimateia Azevedo, chegou a comparar as atuais funções do Ministério Público Federal, ao de uma Polícia Política, nos moldes da ' extinta" KGB Soviética, dizendo ainda que, o Ministério Publico Federal, não faz outra coisa, a não ser acusar.

O Ministério Público Federal, com o advento da nova  Constituiçâo  que completou trinta anos de promulgada por esses dias, atribuiu e deu poderes até então não estabelecidos ao MPF, como defensor máximo dos interesses da população, no zelo permanente pela correta aplicação dos recursos arrecadados de cada um de nós, através da carga tributária,  tida e havida como uma das maiores do mundo.

Essa autonomia inscrita na CF, estabelecendo uma nova forma de atuação do Ministério Público Federal,  propiciou a que chegássemos ao atual estágio da vida nacional,  onde a população perplexa e atônita  assiste a comprovação da maior roubalheira de dinheiro público da história da humanidade. 

A petulância do senhor José Dirceu, na referida entrevista, chegou ao desplante em dizer que,  a Operação Lava Jato, é um dos maiores erros da recente quadra da vida nacional.

Voltar para a caixinha, que paradoxo! 

É de  lascar.
 

A credibilidade dos Institutos de Pesquisas Falta de lógica

Mais lidas desse blog


Publicidade