1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. O outro fenômeno
Publicidade

O outro fenômeno

O candidato a governador pelo PSL, Fábio Sérvio, ao conquistar a quarta colocação na disputa pelo governo do Estado do Piauí ganhou a admiração de todos, por tão notável feito. 

Fábio Sérvio nunca tinha disputado um único cargo eletivo ao longo da sua existência e, quando o fez, logo para a função mais importante do Estado e se posicionou em um honroso quarto lugar.

Como em política nada acontece por geração espontânea, Fábio Sérvio se destacou nas eleições do último domingo,  levando-se em conta uma série de fatores que passamos a discorrer:

Em primeiro lugar, o candidato do PSL, sem estrutura partidária nenhuma, sem recursos financeiros nenhum - se comparado aos potentados conhecidos- ele, Fábio Sérvio, valeu-se apenas dos conhecimentos que detêm sobre a falência das instituições estaduais em todos os níveis e, de posse desses dados, foi o único a questionar com profundidade o candidato Wellington Dias que,  na maioria das vezes se mostrou alheio e alienado sobre as estruturas administrativas que dirige há doze anos.

Fábio Sérvio a continuar nesse fazer político que deu início nessas recentes eleições, com uma fala centrada, demonstrando vasto conhecimento das mazelas que infelicitam a gente piauiense- vítima que é de uma classe política perdulária e usuária-  e mostrando os devidos caminhos a serem seguidos para que possamos sair desse marasmo e dessa anomia político-administrativo, com certeza, ele, Fábio Sérvio é um nome a ser levado em conta em futuras refregas eleitorais pela população piauiense. Não temos dúvidas.

Inadjetivável A Vitória do 'Fenômeno '

Mais lidas desse blog