1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Coisa esquisita
Publicidade

Coisa esquisita

O Brasil na noite de ontem, foi tomado por um troço muito esquisito.

O Instituto Data Folha , pertencente ao Grupo Folha, que edita o jornal Folha de São Paulo, resolveu divulgar via Rede Globo,  uma pesquisa inédita, qual seja, uma consulta à população, sobre os riscos de termos a partir do próximo ano, um novo período ditatorial,  com a ascensão de Jair Bolsonaro. Que absurdo!

Quais interesses estariam por trás de uma esquisita pesquisa como essa?

Há trinta e três anos, vivemos um período de plena democracia, com as instituições funcionando dentro da mais perfeita normalidade, a liberdade de expressão como nunca se vira dantes, verdadeiro oxigénio a nos tornar-se  cada vez mais crédulos nos destinos radioso do nosso país, devendo tornar-se  cada vez menos desigual, fruto das potencialidades aqui existentes, e, um órgão de imprensa como a Folha de São Paulo, através do seu Instituto de Pesquisas, resolve  amedrontar o eleitorado brasileiro, insinuando que os arroubos ditos pelo candidato Jair Bolsonaro ao longo da campanha presidencial,   seja um prenúncio de um regime ditatorial que se avizinha. Francamente.

Em que pese, a queda do muro de Berlim, pondo fim à guerra fria entre Estados Unidos e a ex-União Soviética, a  ascensão da China como a segunda maior economia do mundo, o Brasil integrado à uma economia globalizada, uma democracia resistente a solavancos institucionais de toda ordem, o Data Folha sem motivação alguma, resolve perscrutar a opinião do eleitorado brasileiro,  sobre a possibilidade de Jair Bolsonaro , elegendo-se presidente,  implantar uma nova didatura no Brasil.

Esse absurdo levado ao ar na noite de ontem pela rede Globo, foi no nosso entendimento,  um dos maiores desserviços prestados pela imprensa nacional à nação brasileira.

 

Bolsonaro e o Nordeste “Os retirantes”

Mais lidas desse blog