1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Guaribas, a síntese do Piauí
Publicidade

Guaribas, a síntese do Piauí

O mês era janeiro e o ano 2003. O presidente Luís Inácio Lula da Silva, ao tomar posse,  encheu o jato presidencial com todos os seus ministros e veio à Teresina, fazendo um grande ato político no bairro Promorar.

Essa ação governamental teve o propósito de mostrar à nação brasileira que o Estado do Piauí seria um verdadeiro laboratório, onde seriam implantadas todas as políticas públicas  a serem testadas no seu governo e que serviriam de modelo para todo o Brasil.

O município de Guaribas, reconhecido como o  segundo pior IDH- índice de desenvolvimento humano do país, foi escolhido como cidade-piloto para a implantação do programa Fome Zero, embrião do Bolsa Família sendo,  portanto, um verdadeiro laboratório, onde os projetos de políticas públicas e de inclusão social, seriam postos em prática pelo governo que acabara de assumir.

Quinze anos depois, Guaribas volta a ser notícia nacional com uma ampla reportagem dos jornalistas João Pedro Pitombo e Lalo de Almeida do jornal Folha de São Paulo, edição deste domingo. Em que pese nada ter sido feito ao longos desses anos para dar dignidade os seus habitantes-eleitores, assim mesmo, os votantes de Guaribas ainda sufragaram  o nome do  candidato Fernando Hadad, com 93% dos votos válidos.

Reproduzimos um pequeno diálogo existente  na  referida matéria, entre moradores do povoado Cajueiro, do município de Guaribas, quando da divulgação do boletim da urna.

“Tu sabe quem foi ?”, questionou um morador. " Eu sei, foi da sua família”, retrucou um amigo. " Da minha nada. Meu primo disse que ia votar,  mas era brincadeira,  moço", justificou o primeiro em réplica. 

Esse diálogo registrado entre moradores do povoado Cajueiro que conta com 300 viventes era para saber de onde teriam partido os 58 votos dados a Bolsonaro no município de Guaribas, já que, Fernando Haddad obteve 2.785 votos, ou seja, 93,24 % do total de votos.

As tais políticas públicas e de inclusão social, não só em Guaribas, mas no resto do Estado do Piauí, ainda estão por acontecer depois de década e meia de governos comprometidos com o social. 
 
É isso.

Bolsonaro e o Nordeste Coisa esquisita

Mais lidas desse blog