1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Transporte coletivo, algumas observações a respeito
Publicidade

Transporte coletivo, algumas observações a respeito

Todo início de ano, o preço das passagens do transporte coletivo de Teresina sofre majoração. 

Há sempre uma grita de meia dúzia de estudantes dos diretórios acadêmicos da UFPI e da UESPI, tentando obter protagonismo político com um discurso, segundo eles, em protesto em relação à passagem inteira, já que a meia passagem se encontra com o valor congelado há quase cinco anos, tendo uma proposição de aumento da ordem de oito centavos.

O sistema de transporte coletivo em Teresina passou por enormes transformações, bastando dizer que, em que pese a população teresinense ter aumentado consideravelmente na última década, o número de usuários do sistema de transporte coletivo caiu pela metade na última década. 

Só a venda de motos nessa última década em Teresina tirou milhares de potenciais usuários do sistema. 

As gratuidades dadas pelos senhores vereadores, de forma graciosa e demagógica, enfraqueceu também o faturamento das empresas.

A verdadeira galinha dos ovos de ouro de outrora, que era concessão do sistema de transportes públicos a particulares, deixou de sê-lo, há tempos.

Por outro lado, seria de bom alvitre, que os “líderes”estudantis, tomassem consciência- já que não existe almoço grátis e dinheiro não dá em árvores- que, para que os estudantes paguem esse valor ínfimo, alguém está pagando para que esse privilégio permaneça, seja através do valor da passagem inteira, ou em subsídios municipais, oriundos dos impostos que os munícipes pagam. 
É isso.

Todo início de ano, o preço das passagens do transporte coletivo de Teresina sofre majoração. 

Há sempre uma grita de meia dúzia de estudantes dos diretórios acadêmicos da UFPI e da UESPI, tentando obter protagonismo político com um discurso, segundo eles, em protesto em relação à passagem inteira, já que a meia passagem se encontra com o valor congelado há quase cinco anos, tendo uma proposição de aumento da ordem de oito centavos.

O sistema de transporte coletivo em Teresina passou por enormes transformações, bastando dizer que, em que pese a população teresinense ter aumentado consideravelmente na última década, o número de usuários do sistema de transporte coletivo caiu pela metade na última década. 

Só a venda de motos nessa última década em Teresina tirou milhares de potenciais usuários do sistema. 

As gratuidades dadas pelos senhores vereadores, de forma graciosa e demagógica, enfraqueceu também o faturamento das empresas.

A verdadeira galinha dos ovos de ouro de outrora, que era concessão do sistema de transportes públicos a particulares, deixou de sê-lo, há tempos.

Por outro lado, seria de bom alvitre, que os “líderes”estudantis, tomassem consciência- já que não existe almoço grátis e dinheiro não dá em árvores- que, para que os estudantes paguem esse valor ínfimo, alguém está pagando para que esse privilégio permaneça, seja através do valor da passagem inteira, ou em subsídios municipais, oriundos dos impostos que os munícipes pagam. 
É isso.

O gato da maternidade Da palavra à ação

Mais lidas desse blog