1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Quanta hipocrisia
Publicidade

Quanta hipocrisia

Vejam abaixo, o que disse uma autoridade piauiense nas redes sociais, sobre a irresponsabilidade da diretoria Clube de Regatas Flamengo, ao amontoar 30 jovens de 14 a 16 anos dentro de um containers, utilizado como apartamento, culminando com a incineração de dez dessas jovens promessas do nosso futebol.

“Presto minha solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus possa consolar os seus corações”. 

Outra postagem da autoridade :

“Muito triste com o que aconteceu no Centro de Treinamento do Flamengo. 

Não imagino a dor das famílias destes jovens.

Meninos que estavam em busca dos seus sonhos, em rotinas agitadas, se dedicando diariamente ‘’.

Comovente:

O que nunca se leu, nem se ouviu e muito menos se viu, em nenhuma plataforma digital ou em qualquer meio de comunicação, foi essa autoridade piauiense, se condoer com as centenas de nascituros ou recém nascidos que vão à óbito diariamente, numa casa de saúde que já foi referência em obstetrícia. 

O que a patuleia gostaria de saber é, para onde são destinados os milhões de reais que aportam mensalmente no Piauí, enviados pelo Ministério da Saúde- dinheiro dos impostos que pagamos e que ao invés de serem empregados na Maternidade Evangelina Rosa , são vergonhosamente desviados, fazendo com que aquela casa de saúde tenha se transformado num abatedouro de vidas humanas.

Às vezes, ficamos a matutar. 

Onde se encontram os Ministérios Públicos , Estadual e Federal e os demais órgãos de controle da União Federal, que não atentam para tamanho descalabro.
Pelo contrário , o que se ver na imprensa, são entidades da sociedade civil, inclusive entidades de classe como o CRM, Conselho Regional de Medicina, clamando pela demissão do diretor daquela Maternidade, como se essa pessoa tivesse alguma responsabilidade sobre os descaminhos dos recursos carimbados, que deveriam ser ali aplicados. 


É isso.

P S

Um renomado médico teresinense, cuja esposa médica, trabalha na Evangelina Rosa, postou nas redes sociais, que os profissionais que ali trabalham, correm risco de morte, dado as condições não só insalubres , mas até mesmo , por correrem o risco de serem eletrocutados, em decorrência de fiação elétrica exposta nas dependências da maternidade. 

É de lascar.
 

Vejam abaixo, o que disse uma autoridade piauiense nas redes sociais, sobre a irresponsabilidade da diretoria Clube de Regatas Flamengo, ao amontoar 30 jovens de 14 a 16 anos dentro de um containers, utilizado como apartamento, culminando com a incineração de dez dessas jovens promessas do nosso futebol.

“Presto minha solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus possa consolar os seus corações”. 

Outra postagem da autoridade :

“Muito triste com o que aconteceu no Centro de Treinamento do Flamengo. 

Não imagino a dor das famílias destes jovens.

Meninos que estavam em busca dos seus sonhos, em rotinas agitadas, se dedicando diariamente ‘’.

Comovente:

O que nunca se leu, nem se ouviu e muito menos se viu, em nenhuma plataforma digital ou em qualquer meio de comunicação, foi essa autoridade piauiense, se condoer com as centenas de nascituros ou recém nascidos que vão à óbito diariamente, numa casa de saúde que já foi referência em obstetrícia. 

O que a patuleia gostaria de saber é, para onde são destinados os milhões de reais que aportam mensalmente no Piauí, enviados pelo Ministério da Saúde- dinheiro dos impostos que pagamos e que ao invés de serem empregados na Maternidade Evangelina Rosa , são vergonhosamente desviados, fazendo com que aquela casa de saúde tenha se transformado num abatedouro de vidas humanas.

Às vezes, ficamos a matutar. 

Onde se encontram os Ministérios Públicos , Estadual e Federal e os demais órgãos de controle da União Federal, que não atentam para tamanho descalabro.
Pelo contrário , o que se ver na imprensa, são entidades da sociedade civil, inclusive entidades de classe como o CRM, Conselho Regional de Medicina, clamando pela demissão do diretor daquela Maternidade, como se essa pessoa tivesse alguma responsabilidade sobre os descaminhos dos recursos carimbados, que deveriam ser ali aplicados. 


É isso.

P S

Um renomado médico teresinense, cuja esposa médica, trabalha na Evangelina Rosa, postou nas redes sociais, que os profissionais que ali trabalham, correm risco de morte, dado as condições não só insalubres , mas até mesmo , por correrem o risco de serem eletrocutados, em decorrência de fiação elétrica exposta nas dependências da maternidade. 

É de lascar.
 

Como está fácil Reforma para Inglês ver

Mais lidas desse blog