1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Déficit no Iaspi e Plamta
Publicidade

Déficit no Iaspi e Plamta

O governo do Piauí vem demonstrando interesse em fazer economia da palitos face à periclitante situação fiscal em que se envolveu. Há disposição para se cortar tudo, desde uma navalhada em 25% dos contratos de locação de mão de obra até a redução drástica do uso de papel nos processos administrativos. No rol das contenções de despesa, há uma em especial que ainda não foi mexida porque o governo não gosta de cutucar onça com vara curta ou não quer espantar um vespeiro. Porém, faz tempo que se estuda um modo de reduzir os gastos do Erário com o plano de saúde dos servidores públicos e seus dependentes, formado pelo Iaspi Saúde e Plamta. O plano é deficitário, porque o valor por segurado ou dependente é em muito menor que o cobrado por outros planos, incluído os estatais, como Geap. Mas aumentar o valor da mensalidade (inferior a R$ 100, na média de usuário) é uma operação que o governo não quer enfrentar, preferindo usar dinheiro do Tesouro para fazer eventuais aportes em caso de déficit corrente. A proposta de um reajuste está em estudo. Poderia e deveria ser feita na base de pelo menos uma recomposição inflacionária pelo período em que não se teve reajuste da mensalidade, enquanto subiam todos os custos, inclusive as despesas salariais do Estado para com seus servidores em atividade e inativos.

José Barros Sobrinho, condenado por mau uso de verbas, vai fiscalizar uso de dinheiro em escolas (Foto: reprodução internet)

Lupa

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e o senador Cid Gomes (PDT) podem ter quebrados seus sigilos bancários. Os dois dizem que nada temem, mas não é nada agradável começar uma quarta-feira de cinzas com um horizonte cinzento pela frente.

Voz rouca

Os deputados estaduais têm aprovado cada vez mais pedidos para que o governo estadual recupere estradas. Vão ter que fazer muito mais do que requerimentos. Precisarão exercer uma pressão de verdade. Ou fazem isso ou vão ver as estradas colapsarem cada vez mais.

Encolheu

A administradora de cartões de crédito CrediShop fez uma lipoaspiração em seu capital social, reduzindo-o em R$ R$ 7.419.742,48 por “julgá-lo excessivo, sem o cancelamento de quaisquer ações representativas do capital social da Companhia, mantendo-se inalterado os percentuais de cada acionista.”

Tesoura 1

A Secretaria Estadual da Educação resolveu fazer uma comissão de controle de gastos escolares. O chefe do grupo é José Barros Sobrinho, ex-prefeito de União, que em dezembro foi condenado na Justiça Federal por desvio de recursos do SUS e é investigado por malfeitorias com recursos da educação.

Tesoura 2

A Seduc, que não foi hábil ou não quis impedir que escoasse pelo ralo uma fortuna do dinheiro do transporte escolar, agora quer frear eventuais desvios do dinheiro repassado diretamente para as escolas. Bom que o faça, mas talvez os integrantes da tal comissão possam descobrir algo realmente positivo, que é do bom uso desse dinheiro.

Festa

O carnaval terminou ontem, mas a vontade de se promover festa com emendas parlamentares essa nunca para. A Coordenadoria de Desenvolvimento Social e de Lazer destinou R$ 140 mil, oriundos de emenda do deputado Pablo Santos (MDB), para festas juninas na cidade de Vera Mendes.

Carnaval

O dinheiro de emendas parlamentares irrigou as festas de pré-carnaval em diversas cidades do Piauí. Somente os recursos alocados pela CDSOL para festas de Zé Pereira, Corsos e Pré-Carnaval somaram R$ 390 mil.

Turismo

A Secretaria de Turismo também compareceu com recursos para as festas de carnaval no interior do Estado. Os recursos liberados somaram R$ 510 mil oriundos de emenda parlamentares para eventos em cidades como Água Branca, Palmeirais, Campo Maior, Capitão de Campos, Curralinhos, Cocal de Telha, União e Barro Duro.

Euforia

Mas o grosso do dinheiro público usado em festas carnavalescas foi parar nas contas da Ativa Ascom Ltda., empresa dirigida por Sebastião Wrias Moura, sócio-dirigente da Kalor Produções, responsável pela promoção do Carnaval Euphoria, em Luís Correia. Foram R$ 650 mil oriundos de emenda parlamentar repassados pela Setur.

Negócios

Informa o site de notícias RiachãoNet que quatro grandes empresas de varejo devem abrir filiais em Picos, criando 600 novas vagas de emprego. Estão chegando a Picos os franceses Carrefour (Atacadão) e Casino (Assaí), o maranhense Mateus e o pernambucano Vitória Atacadista Alimentos.

Peixe

Desde o domingo de carnaval que vem sendo grande o movimento de pessoas comprando pescado no Mercado do Peixe, na zona Sudeste. Hoje, o movimento deve ser maior. Os preços, idem. Na média, o quilo do peixe teve um aumento na ordem de 15% na comparação com o início do ano.

Ping-Pong

Pesquisa de mercado

Contam os frequentadores do Bar do Zé Filho que durante um assalto ao restaurante Camarão do Elias, situado na mesma avenida Pedro Almeida, um garçom rendido, humilhado e cansado da rotina de violência conversou com o ladrão.

Garçom: Por que vocês só assaltam aqui? Por que não assaltam também o Bar do Zé Filho, que é bastante bem frequentado?
Ladrão: De jeito nenhum a gente vai assaltar lá. Nós fizemos uma pesquisa e descobrimos que lá o pessoal só assina uns vales numas papeletas de lotérica.
 
Originalmente publicado em 12 de outubro de 2009.

Expressas

Muitas empresas lojistas aproveitaram o feriado para fazer pequenos reparos, com operários dando duro durante a folia.

Quem também não teve folga para as festas foram os trabalhadores de limpeza, capina e varrição da Prefeitura de Teresina.

Ontem teve folga para pessoal dos supermercados, que hoje abrem normalmente ao meio-dia. Os mercados públicos funcionaram todos os dias do carnaval.

O governo do Piauí vem demonstrando interesse em fazer economia da palitos face à periclitante situação fiscal em que se envolveu. Há disposição para se cortar tudo, desde uma navalhada em 25% dos contratos de locação de mão de obra até a redução drástica do uso de papel nos processos administrativos. No rol das contenções de despesa, há uma em especial que ainda não foi mexida porque o governo não gosta de cutucar onça com vara curta ou não quer espantar um vespeiro. Porém, faz tempo que se estuda um modo de reduzir os gastos do Erário com o plano de saúde dos servidores públicos e seus dependentes, formado pelo Iaspi Saúde e Plamta. O plano é deficitário, porque o valor por segurado ou dependente é em muito menor que o cobrado por outros planos, incluído os estatais, como Geap. Mas aumentar o valor da mensalidade (inferior a R$ 100, na média de usuário) é uma operação que o governo não quer enfrentar, preferindo usar dinheiro do Tesouro para fazer eventuais aportes em caso de déficit corrente. A proposta de um reajuste está em estudo. Poderia e deveria ser feita na base de pelo menos uma recomposição inflacionária pelo período em que não se teve reajuste da mensalidade, enquanto subiam todos os custos, inclusive as despesas salariais do Estado para com seus servidores em atividade e inativos.

José Barros Sobrinho, condenado por mau uso de verbas, vai fiscalizar uso de dinheiro em escolas (Foto: reprodução internet)

Lupa

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e o senador Cid Gomes (PDT) podem ter quebrados seus sigilos bancários. Os dois dizem que nada temem, mas não é nada agradável começar uma quarta-feira de cinzas com um horizonte cinzento pela frente.

Voz rouca

Os deputados estaduais têm aprovado cada vez mais pedidos para que o governo estadual recupere estradas. Vão ter que fazer muito mais do que requerimentos. Precisarão exercer uma pressão de verdade. Ou fazem isso ou vão ver as estradas colapsarem cada vez mais.

Encolheu

A administradora de cartões de crédito CrediShop fez uma lipoaspiração em seu capital social, reduzindo-o em R$ R$ 7.419.742,48 por “julgá-lo excessivo, sem o cancelamento de quaisquer ações representativas do capital social da Companhia, mantendo-se inalterado os percentuais de cada acionista.”

Tesoura 1

A Secretaria Estadual da Educação resolveu fazer uma comissão de controle de gastos escolares. O chefe do grupo é José Barros Sobrinho, ex-prefeito de União, que em dezembro foi condenado na Justiça Federal por desvio de recursos do SUS e é investigado por malfeitorias com recursos da educação.

Tesoura 2

A Seduc, que não foi hábil ou não quis impedir que escoasse pelo ralo uma fortuna do dinheiro do transporte escolar, agora quer frear eventuais desvios do dinheiro repassado diretamente para as escolas. Bom que o faça, mas talvez os integrantes da tal comissão possam descobrir algo realmente positivo, que é do bom uso desse dinheiro.

Festa

O carnaval terminou ontem, mas a vontade de se promover festa com emendas parlamentares essa nunca para. A Coordenadoria de Desenvolvimento Social e de Lazer destinou R$ 140 mil, oriundos de emenda do deputado Pablo Santos (MDB), para festas juninas na cidade de Vera Mendes.

Carnaval

O dinheiro de emendas parlamentares irrigou as festas de pré-carnaval em diversas cidades do Piauí. Somente os recursos alocados pela CDSOL para festas de Zé Pereira, Corsos e Pré-Carnaval somaram R$ 390 mil.

Turismo

A Secretaria de Turismo também compareceu com recursos para as festas de carnaval no interior do Estado. Os recursos liberados somaram R$ 510 mil oriundos de emenda parlamentares para eventos em cidades como Água Branca, Palmeirais, Campo Maior, Capitão de Campos, Curralinhos, Cocal de Telha, União e Barro Duro.

Euforia

Mas o grosso do dinheiro público usado em festas carnavalescas foi parar nas contas da Ativa Ascom Ltda., empresa dirigida por Sebastião Wrias Moura, sócio-dirigente da Kalor Produções, responsável pela promoção do Carnaval Euphoria, em Luís Correia. Foram R$ 650 mil oriundos de emenda parlamentar repassados pela Setur.

Negócios

Informa o site de notícias RiachãoNet que quatro grandes empresas de varejo devem abrir filiais em Picos, criando 600 novas vagas de emprego. Estão chegando a Picos os franceses Carrefour (Atacadão) e Casino (Assaí), o maranhense Mateus e o pernambucano Vitória Atacadista Alimentos.

Peixe

Desde o domingo de carnaval que vem sendo grande o movimento de pessoas comprando pescado no Mercado do Peixe, na zona Sudeste. Hoje, o movimento deve ser maior. Os preços, idem. Na média, o quilo do peixe teve um aumento na ordem de 15% na comparação com o início do ano.

Ping-Pong

Pesquisa de mercado

Contam os frequentadores do Bar do Zé Filho que durante um assalto ao restaurante Camarão do Elias, situado na mesma avenida Pedro Almeida, um garçom rendido, humilhado e cansado da rotina de violência conversou com o ladrão.

Garçom: Por que vocês só assaltam aqui? Por que não assaltam também o Bar do Zé Filho, que é bastante bem frequentado?
Ladrão: De jeito nenhum a gente vai assaltar lá. Nós fizemos uma pesquisa e descobrimos que lá o pessoal só assina uns vales numas papeletas de lotérica.
 
Originalmente publicado em 12 de outubro de 2009.

Expressas

Muitas empresas lojistas aproveitaram o feriado para fazer pequenos reparos, com operários dando duro durante a folia.

Quem também não teve folga para as festas foram os trabalhadores de limpeza, capina e varrição da Prefeitura de Teresina.

Ontem teve folga para pessoal dos supermercados, que hoje abrem normalmente ao meio-dia. Os mercados públicos funcionaram todos os dias do carnaval.

A negação do discurso O custo da festa

Mais lidas desse blog