1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Raskolnikov: a angústia do crime perfeito
Publicidade

Raskolnikov: a angústia do crime perfeito

Aproveitando o período carnavalesco, longe da badalação e lendo ‘Crime e Castigo’ (de Fiódor Dostoievski), por orientação de um mestre em Direito Penal, extraio essa espetacular história do personagem Raskolnikov, no qual o autor, profundo conhecedor da gênesis da alma humana, ao formatar a psiquê do personagem, que é um relapso estudante de Direito, e que prosaicamente, se considera um ser humano superior aos outros mortais, dotou-o de características peculiares: racionalista, frio, calculista, introspectivo, autodeterminado. Ao ponto de, quando é questionado pela dona da fétida pensão onde residia em San Peterburg, por que ele não faz nada na vida, retruca: “faço a atividade mais difícil – penso”.  Raskolnikov, sem nenhuma ajuda de quem quer que seja, planeja e executa o crime perfeito. Assassina uma agiota e uma irmã dela, que tinha déficit comportamental (à época chamada de débil mental). O objetivo do duplo assassinato é roubar dinheiro e joias. Não deixa vestígios que sejam desvendados pela perícia criminal. Nas tensas centenas de páginas de Crime e Castigo, Raskolnikov reflete entre o que entende por ‘o certo e o errado’, o ‘correto e o incorreto’, o ‘ético e o antiético’. O epicentro de suas dúvidas o leva à exaustão física e moral. No enredo surge a prostituta Sônia, uma personagem que o convence a considerar a possibilidade da confissão dos seus crimes. Febril, sem conseguir dormir ou alimentar-se, atormentado, decide confessar o crime. De repente, inesperadamente, uma onda de tranquilidade, leva-o a um profundo sono (nunca antes conseguido). Para Dostoievski, assumir e confessar o crime praticado compensa. Alivia a alma. 

Rubenita Lessa e Adriana Sousa: quem presidirá o PSL no Piauí?

Delegada nutella

Sobre a informação de que duas delegadas da Polícia Civil do Piauí haviam sido assaltadas na semana passada, a coluna publica essa pérola, enviada pelo advogado Albejane Lima: “As delegadas atualmente, quase todas são ‘Nutella’, pensam apenas em duas coisas: no salário e tirar fotos para o Instagram. A finalidade da função foi deixada de lado e pelo jeito a bandidagem já percebeu isso também.”

Julgamentos

Dia 13 o STF decide o que é crime ou caixa 2, sobre os vários inquéritos abertos pela Polícia Federal envolvendo políticos do país inteiro recebendo propina. 
Entre os inúmeros processos tem um do senador Marcelo Castro, por ter recebido R$ 1 milhão para votar em Eduardo Cunha, na disputa da presidência da Câmara dos Deputados.
Esse não dispensa nem na disputa interna da casa dele.

A instância

A Procuradoria Geral da República não aceitou a tese do ministro Lewandoviski de que os R$ 1 milhão abocanhados por Marcelo Castro são considerados ‘caixa 2’. 
E, portanto, não quer que o processo vá para o TRE-PI como se fosse crime eleitoral. Raquel Dodge quer o senador sendo investigado e julgado no âmbito do Supremo.

Lavagem de dinheiro

Marcelo Castro, Ciro Nogueira e maioria dos investigados são processados pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, porque receberam recursos em forma de propina e usar o dinheiro para custear suas campanhas políticas, sem declarar os valores à Justiça Eleitoral.
Nada a ver com Caixa 2.

Carnaval

A Secretaria de Saúde divulga que cerca de 7 mil pessoas foram atendidas nos hospitais estaduais em Teresina e no interior, de sábado até as primeiras horas de ontem. 
Mas em apenas duas cidades, Parnaíba e Floriano, foram atendidas mais de 3 mil e 500 pessoas.
Mais da metade dos atendimentos em todo o Estado.

Relatório das barragens

O trabalho do senador Elmano Férrer (PODE), resultou em uma publicação do Senado que trata exclusivamente de um plano de política nacional de segurança de barragens.
O parlamentar foi o relator do programa que surge para avaliar a estrutura dos reservatórios após o rompimento da barragem de Brumadinho, Minas Gerais.

Falando nisso...

Elmano cita como exemplo de descaso e tragédia anunciada, o açude Aldeia, na cidade de São Raimundo Nonato, que segundo ele, nunca sofreu manutenção. “Foi o primeiro açude construído pelo Dnocs no Piauí em 1911 e nunca foi vistoriado, nunca foi feita uma fiscalização”.

Conversa fiada

De Salvador, na Bahia, onde curte o carnaval ao lado da esposa, a conselheira do TCE, Lilian, o ex-governador Wilson Martins (PSB), deu uma pausa no descanso para negar informação que circulou em rede social de que ele iria para o PSL.
Como diz o título desta nota, Wilsão considerou a  notícia ‘conversa fiada!.

Conversa fiada 2

As especulações indicavam que Wilson não só iria para o partido do presidente Jair Bolsonaro como também levaria consigo o sobrinho, o ex-deputado Rodrigo Martins. “Não existe isso, pura conversa fiada”, repete.

Turma do batom

Após a saída de Fábio Sérvio do comando do PSL, militantes da sigla no Estado ventilam o nome da advogada Rubenita Lessa e da médica Adriana Sousa, ambas filiadas ao partido e com história de militância na direita no Piauí para assumir o lugar dele.
O vereador de Teresina, Luís André e empresário Elizeu Aguiar também disputam o posto, além do veterano deputado federal Átila Lira, que já disse que não quer e agora voltou a dizer que quer.

Sob nova direção

O deputado estadual Evaldo Gomes, que deixou o PTC porque a legenda não atingiu a cláusula de barreira, assume na manhã de hoje, a presidência do diretório regional do Solidariedade.
O ato acontece a partir das 10h no gabinete do deputado na Assembleia Legislativa do Piauí.

Quem vai

Evaldo Gomes leva consigo, o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcus Vinicius e a deputada federal Marina Santos, que inclusive, já está filiada na legenda.

Processo

O jornalista Telsírio Alencar diz que não vai desistir e nem quer acordo na ação que moveu contra a executiva nacional do partido, onde ele pede R$ 38 milhões ao presidente da sigla, Paulinho da Força em ação por danos morais.
Telsírio alega que foi expulso do partido sem direito ao contraditório e ampla defesa. 
Se ganhar, Telsirio vai quadruplicar a sua criação de galinha índio gigante.

Ping Pong

Tenho convicção

Crucificada nas redes sociais por comentário infeliz onde afirmou que a morte do neto do ex-presidente Lula de 7 anos de idade foi uma vingança de Deus pelos crimes cometidos pelo avô, a pianista Carla Ramos é entrevistada na TV.

Repórter: “Mas, a senhora se arrepende?”
Carla Ramos: “De quê? Eu tenho convicção”.
Repórter: “Mas foi Deus quem lhe disse isso?”

Expressas

Com salários de R$ 6,5 mil, prefeitura de Alegre do Piauí abre inscrições para concurso com mais de 80 vagas. Os aprovados atuarão em secretarias do município.

O Corpo de Bombeiros fez 85 atendimentos no Carnaval em todo Piauí. Os números estão relacionados ao período de 1º a 5 de março deste ano.

O STF decidirá no próximo dia 13 de março, a competência da Justiça Eleitoral em conduzir inquéritos contra investigados na Operação Lava Jato.

Aproveitando o período carnavalesco, longe da badalação e lendo ‘Crime e Castigo’ (de Fiódor Dostoievski), por orientação de um mestre em Direito Penal, extraio essa espetacular história do personagem Raskolnikov, no qual o autor, profundo conhecedor da gênesis da alma humana, ao formatar a psiquê do personagem, que é um relapso estudante de Direito, e que prosaicamente, se considera um ser humano superior aos outros mortais, dotou-o de características peculiares: racionalista, frio, calculista, introspectivo, autodeterminado. Ao ponto de, quando é questionado pela dona da fétida pensão onde residia em San Peterburg, por que ele não faz nada na vida, retruca: “faço a atividade mais difícil – penso”.  Raskolnikov, sem nenhuma ajuda de quem quer que seja, planeja e executa o crime perfeito. Assassina uma agiota e uma irmã dela, que tinha déficit comportamental (à época chamada de débil mental). O objetivo do duplo assassinato é roubar dinheiro e joias. Não deixa vestígios que sejam desvendados pela perícia criminal. Nas tensas centenas de páginas de Crime e Castigo, Raskolnikov reflete entre o que entende por ‘o certo e o errado’, o ‘correto e o incorreto’, o ‘ético e o antiético’. O epicentro de suas dúvidas o leva à exaustão física e moral. No enredo surge a prostituta Sônia, uma personagem que o convence a considerar a possibilidade da confissão dos seus crimes. Febril, sem conseguir dormir ou alimentar-se, atormentado, decide confessar o crime. De repente, inesperadamente, uma onda de tranquilidade, leva-o a um profundo sono (nunca antes conseguido). Para Dostoievski, assumir e confessar o crime praticado compensa. Alivia a alma. 

Rubenita Lessa e Adriana Sousa: quem presidirá o PSL no Piauí?

Delegada nutella

Sobre a informação de que duas delegadas da Polícia Civil do Piauí haviam sido assaltadas na semana passada, a coluna publica essa pérola, enviada pelo advogado Albejane Lima: “As delegadas atualmente, quase todas são ‘Nutella’, pensam apenas em duas coisas: no salário e tirar fotos para o Instagram. A finalidade da função foi deixada de lado e pelo jeito a bandidagem já percebeu isso também.”

Julgamentos

Dia 13 o STF decide o que é crime ou caixa 2, sobre os vários inquéritos abertos pela Polícia Federal envolvendo políticos do país inteiro recebendo propina. 
Entre os inúmeros processos tem um do senador Marcelo Castro, por ter recebido R$ 1 milhão para votar em Eduardo Cunha, na disputa da presidência da Câmara dos Deputados.
Esse não dispensa nem na disputa interna da casa dele.

A instância

A Procuradoria Geral da República não aceitou a tese do ministro Lewandoviski de que os R$ 1 milhão abocanhados por Marcelo Castro são considerados ‘caixa 2’. 
E, portanto, não quer que o processo vá para o TRE-PI como se fosse crime eleitoral. Raquel Dodge quer o senador sendo investigado e julgado no âmbito do Supremo.

Lavagem de dinheiro

Marcelo Castro, Ciro Nogueira e maioria dos investigados são processados pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, porque receberam recursos em forma de propina e usar o dinheiro para custear suas campanhas políticas, sem declarar os valores à Justiça Eleitoral.
Nada a ver com Caixa 2.

Carnaval

A Secretaria de Saúde divulga que cerca de 7 mil pessoas foram atendidas nos hospitais estaduais em Teresina e no interior, de sábado até as primeiras horas de ontem. 
Mas em apenas duas cidades, Parnaíba e Floriano, foram atendidas mais de 3 mil e 500 pessoas.
Mais da metade dos atendimentos em todo o Estado.

Relatório das barragens

O trabalho do senador Elmano Férrer (PODE), resultou em uma publicação do Senado que trata exclusivamente de um plano de política nacional de segurança de barragens.
O parlamentar foi o relator do programa que surge para avaliar a estrutura dos reservatórios após o rompimento da barragem de Brumadinho, Minas Gerais.

Falando nisso...

Elmano cita como exemplo de descaso e tragédia anunciada, o açude Aldeia, na cidade de São Raimundo Nonato, que segundo ele, nunca sofreu manutenção. “Foi o primeiro açude construído pelo Dnocs no Piauí em 1911 e nunca foi vistoriado, nunca foi feita uma fiscalização”.

Conversa fiada

De Salvador, na Bahia, onde curte o carnaval ao lado da esposa, a conselheira do TCE, Lilian, o ex-governador Wilson Martins (PSB), deu uma pausa no descanso para negar informação que circulou em rede social de que ele iria para o PSL.
Como diz o título desta nota, Wilsão considerou a  notícia ‘conversa fiada!.

Conversa fiada 2

As especulações indicavam que Wilson não só iria para o partido do presidente Jair Bolsonaro como também levaria consigo o sobrinho, o ex-deputado Rodrigo Martins. “Não existe isso, pura conversa fiada”, repete.

Turma do batom

Após a saída de Fábio Sérvio do comando do PSL, militantes da sigla no Estado ventilam o nome da advogada Rubenita Lessa e da médica Adriana Sousa, ambas filiadas ao partido e com história de militância na direita no Piauí para assumir o lugar dele.
O vereador de Teresina, Luís André e empresário Elizeu Aguiar também disputam o posto, além do veterano deputado federal Átila Lira, que já disse que não quer e agora voltou a dizer que quer.

Sob nova direção

O deputado estadual Evaldo Gomes, que deixou o PTC porque a legenda não atingiu a cláusula de barreira, assume na manhã de hoje, a presidência do diretório regional do Solidariedade.
O ato acontece a partir das 10h no gabinete do deputado na Assembleia Legislativa do Piauí.

Quem vai

Evaldo Gomes leva consigo, o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcus Vinicius e a deputada federal Marina Santos, que inclusive, já está filiada na legenda.

Processo

O jornalista Telsírio Alencar diz que não vai desistir e nem quer acordo na ação que moveu contra a executiva nacional do partido, onde ele pede R$ 38 milhões ao presidente da sigla, Paulinho da Força em ação por danos morais.
Telsírio alega que foi expulso do partido sem direito ao contraditório e ampla defesa. 
Se ganhar, Telsirio vai quadruplicar a sua criação de galinha índio gigante.

Ping Pong

Tenho convicção

Crucificada nas redes sociais por comentário infeliz onde afirmou que a morte do neto do ex-presidente Lula de 7 anos de idade foi uma vingança de Deus pelos crimes cometidos pelo avô, a pianista Carla Ramos é entrevistada na TV.

Repórter: “Mas, a senhora se arrepende?”
Carla Ramos: “De quê? Eu tenho convicção”.
Repórter: “Mas foi Deus quem lhe disse isso?”

Expressas

Com salários de R$ 6,5 mil, prefeitura de Alegre do Piauí abre inscrições para concurso com mais de 80 vagas. Os aprovados atuarão em secretarias do município.

O Corpo de Bombeiros fez 85 atendimentos no Carnaval em todo Piauí. Os números estão relacionados ao período de 1º a 5 de março deste ano.

O STF decidirá no próximo dia 13 de março, a competência da Justiça Eleitoral em conduzir inquéritos contra investigados na Operação Lava Jato.

A polícia das águas Déficit no Iaspi e Plamta

Mais lidas desse blog