Publicidade

Tempo fechado

As intempéries que agora tiram o sono de gestores públicos no Estado e nos municípios podem estiar em breve, o mais tardar em maio, quem sabe até antes, na segunda quinzena de abril. Contudo, os efeitos danosos e deletérios das fortes chuvas, enxurradas e enchentes devem perdurar por um período muito maior que atual temporada chuvosa, a mais volumosa desde 2009, quando se rompeu a barragem de Algodões, cujos esqueletos e fantasmas até hoje assombram o governador Wellington Dias. No caso atual, a temporada de chuvas excessivas poderá erodir o capital político de prefeitos, considerando-se os mais atingidos na lista de 15 cidades do norte piauiense postas em situação de emergência por um volume de água que afoga qualquer popularidade. Se dependesse da oposição, a chuva seguiria. Como não segue o jeito é prolongar o assunto quando as águas baixarem. Ajuda nisso a degradação que a chuva costuma causar em casas, estruturas viárias urbanas e rurais, incremento de doenças e as naturais cobranças de quem padeceu sobre o quase-dilúvio. No caso do governo estadual, o pós-chuva vem em forma de cobranças quanto às condições de tráfego nas rodovias estaduais, o que requer dinheiro demais para um estado com recursos de menos. Para o estio, o tempo será fechado em se tratando de prefeituras e governo estadual.

Silvio Mendes vai fazer redução de estômago para controle do diabetes (Foto: reprodução)

Uespi

Resultou na criação de dois grupos de trabalho (um pelo Executivo, outro pelo Legislativo) a audiência pública realizada segunda-feira por solicitação da deputada Teresa Britto (PV) para solucionar os problemas da Uespi. Já é um grande avanço.

Ignorância

Tem hora que se vê e ouve cada sandice publicada seja nas redes sociais, seja na mídia tradicional, convencional, quando os tolos se metem a falar na reforma da previdência, fazendo, por exemplo, a pregação da defesa de um consenso.
Santa ignorância, reforma sempre foi e será para tirar direitos. Pode até criar outros direitos.

(Foto: reprodução internet)

Outra ignorância

É quando se discute os direitos da população rural e se diz que a proposta de Guedes quer cortar as aposentadorias. Ora, ora, o homem do campo nunca contribuiu e se ganhou a ‘aposentadoria’ encaixou-se nos benefícios dos direitos sociais.
O que se deve questionar hoje é sobre qual a fonte do tesouro que irá pagar e manter esses direitos.

Grilagem

Grupo empresarial paulista está envidando todos os esforços na justiça para reaver uma área de sua propriedade nos Cerrados piauienses griladas pelo famoso Rovilio Mascarello, um paranaense que se proclama dono de uma parte do Piauí.
O caso foi bater no Tribunal de Justiça.

Outro caso

A assessoria da Corregedoria Geral da Justiça esclarece que vem dando prioridade absoluta para melhoria da produtividade do Judiciário piauiense. É sobre a informação passada aqui, de que um juiz dos Cerrados vem sujando a toga nas questões de terras.
Fontes extraoficiais indicam que o tal magistrado está sendo removido da comarca. 
O nome do citado juiz foi encaminhado ao tribunal.

MP em Parnaíba

O Ministério Público ajuizou Acão Civil Pública, com pedido de liminar, para obrigar a Prefeitura de Parnaíba a investir na cidade os recursos provenientes de multas de trânsito, como determina o artigo 320 do Código Brasileiro de Trânsito.

Gracinha Moraes Souza (Foto: reprodução internet)

Ela mandou

No inquérito civil, ficou provado que foram desviados os recursos das multas de trânsito nos anos de 2017 e 2018 para “operação capina e tapa buracos” e, dizem, por ordem da poderosa Gracinha Moraes Souza.

Acidentes e mortes

O que se sabe é que o Ministério Público quer que a Justiça responsabilize civil e penalmente a secretária Gracinha por conta dos inúmeros acidentes e óbitos que vêm acontecendo no trânsito de Parnaíba. 
Acaba não, mundão!

Bariátrica

Como a coluna antecipou dias atrás, Silvio Mendes vai se submeter à faca. Ele deverá fazer uma cirurgia bariátrica para reduzir o peso e com isso controlar o diabetes. 
Ah, o ex-prefeito de Teresina também considera que uma cirurgia como essa faz a pessoa ter mais prazer pela vida.
E até ser candidato a prefeito da capital. 

Bom serviço

Olha só que bacana: o Instituto de Identificação do Piauí, cujas dificuldades de atendimento são conhecidas, tem um serviço de atendimento em domicílio para pessoas com dificuldade de locomoção. Pouca gente sabe, mas tem esse direito, o que é realmente louvável.

Ministério confirma foco de peste suína em fazenda (Foto: Rogério Albuquerque)

Peste suína 

É sério, muito sério, a exigência da peste suína no Piauí, segundo descobriu a agência sanitária do estado, confirmada pelo Ministério da Agricultura. 
E olha o detalhe sórdido: na fazenda de um agente do governo estadual.

Ping-Pong 

O dinheiro do sal

Campanha eleitoral em Campo Maior na década de 70. O eleitor Zé da Vaca procura o deputado federal João Clímaco de Almeida, o Joqueira, avisando que sua mãe morreu. 

Zé da Vaca: “Compadre Joqueira, preciso que o senhor me dê o dinheiro para enterrar a minha mãe...”
Joqueira: “Com certeza, compadre. Passe aqui na semana que vem...”
Zé da Vaca: “Então, compadre, me adiante aí o dinheiro do sal”. 
Joqueira: “Pra que o sal?”
Zé da Vaca: “Tem que salgar senão a velha não aguenta”.

Expressas

Teresina terá um dia de conscientização sobre a depressão pós-parto. Será em 6 de novembro, conforme lei municipal sancionada semana passada.

O ex-vereador Ananias Carvalho foi exonerado de um cargo de confiança que mantinha na Secretaria Municipal de Administração.

Ontem, depois de um dia sem chuva na véspera, Teresina voltou a receber água como se torneiras tivessem sido abertas no céu.

As intempéries que agora tiram o sono de gestores públicos no Estado e nos municípios podem estiar em breve, o mais tardar em maio, quem sabe até antes, na segunda quinzena de abril. Contudo, os efeitos danosos e deletérios das fortes chuvas, enxurradas e enchentes devem perdurar por um período muito maior que atual temporada chuvosa, a mais volumosa desde 2009, quando se rompeu a barragem de Algodões, cujos esqueletos e fantasmas até hoje assombram o governador Wellington Dias. No caso atual, a temporada de chuvas excessivas poderá erodir o capital político de prefeitos, considerando-se os mais atingidos na lista de 15 cidades do norte piauiense postas em situação de emergência por um volume de água que afoga qualquer popularidade. Se dependesse da oposição, a chuva seguiria. Como não segue o jeito é prolongar o assunto quando as águas baixarem. Ajuda nisso a degradação que a chuva costuma causar em casas, estruturas viárias urbanas e rurais, incremento de doenças e as naturais cobranças de quem padeceu sobre o quase-dilúvio. No caso do governo estadual, o pós-chuva vem em forma de cobranças quanto às condições de tráfego nas rodovias estaduais, o que requer dinheiro demais para um estado com recursos de menos. Para o estio, o tempo será fechado em se tratando de prefeituras e governo estadual.

Silvio Mendes vai fazer redução de estômago para controle do diabetes (Foto: reprodução)

Uespi

Resultou na criação de dois grupos de trabalho (um pelo Executivo, outro pelo Legislativo) a audiência pública realizada segunda-feira por solicitação da deputada Teresa Britto (PV) para solucionar os problemas da Uespi. Já é um grande avanço.

Ignorância

Tem hora que se vê e ouve cada sandice publicada seja nas redes sociais, seja na mídia tradicional, convencional, quando os tolos se metem a falar na reforma da previdência, fazendo, por exemplo, a pregação da defesa de um consenso.
Santa ignorância, reforma sempre foi e será para tirar direitos. Pode até criar outros direitos.

(Foto: reprodução internet)

Outra ignorância

É quando se discute os direitos da população rural e se diz que a proposta de Guedes quer cortar as aposentadorias. Ora, ora, o homem do campo nunca contribuiu e se ganhou a ‘aposentadoria’ encaixou-se nos benefícios dos direitos sociais.
O que se deve questionar hoje é sobre qual a fonte do tesouro que irá pagar e manter esses direitos.

Grilagem

Grupo empresarial paulista está envidando todos os esforços na justiça para reaver uma área de sua propriedade nos Cerrados piauienses griladas pelo famoso Rovilio Mascarello, um paranaense que se proclama dono de uma parte do Piauí.
O caso foi bater no Tribunal de Justiça.

Outro caso

A assessoria da Corregedoria Geral da Justiça esclarece que vem dando prioridade absoluta para melhoria da produtividade do Judiciário piauiense. É sobre a informação passada aqui, de que um juiz dos Cerrados vem sujando a toga nas questões de terras.
Fontes extraoficiais indicam que o tal magistrado está sendo removido da comarca. 
O nome do citado juiz foi encaminhado ao tribunal.

MP em Parnaíba

O Ministério Público ajuizou Acão Civil Pública, com pedido de liminar, para obrigar a Prefeitura de Parnaíba a investir na cidade os recursos provenientes de multas de trânsito, como determina o artigo 320 do Código Brasileiro de Trânsito.

Gracinha Moraes Souza (Foto: reprodução internet)

Ela mandou

No inquérito civil, ficou provado que foram desviados os recursos das multas de trânsito nos anos de 2017 e 2018 para “operação capina e tapa buracos” e, dizem, por ordem da poderosa Gracinha Moraes Souza.

Acidentes e mortes

O que se sabe é que o Ministério Público quer que a Justiça responsabilize civil e penalmente a secretária Gracinha por conta dos inúmeros acidentes e óbitos que vêm acontecendo no trânsito de Parnaíba. 
Acaba não, mundão!

Bariátrica

Como a coluna antecipou dias atrás, Silvio Mendes vai se submeter à faca. Ele deverá fazer uma cirurgia bariátrica para reduzir o peso e com isso controlar o diabetes. 
Ah, o ex-prefeito de Teresina também considera que uma cirurgia como essa faz a pessoa ter mais prazer pela vida.
E até ser candidato a prefeito da capital. 

Bom serviço

Olha só que bacana: o Instituto de Identificação do Piauí, cujas dificuldades de atendimento são conhecidas, tem um serviço de atendimento em domicílio para pessoas com dificuldade de locomoção. Pouca gente sabe, mas tem esse direito, o que é realmente louvável.

Ministério confirma foco de peste suína em fazenda (Foto: Rogério Albuquerque)

Peste suína 

É sério, muito sério, a exigência da peste suína no Piauí, segundo descobriu a agência sanitária do estado, confirmada pelo Ministério da Agricultura. 
E olha o detalhe sórdido: na fazenda de um agente do governo estadual.

Ping-Pong 

O dinheiro do sal

Campanha eleitoral em Campo Maior na década de 70. O eleitor Zé da Vaca procura o deputado federal João Clímaco de Almeida, o Joqueira, avisando que sua mãe morreu. 

Zé da Vaca: “Compadre Joqueira, preciso que o senhor me dê o dinheiro para enterrar a minha mãe...”
Joqueira: “Com certeza, compadre. Passe aqui na semana que vem...”
Zé da Vaca: “Então, compadre, me adiante aí o dinheiro do sal”. 
Joqueira: “Pra que o sal?”
Zé da Vaca: “Tem que salgar senão a velha não aguenta”.

Expressas

Teresina terá um dia de conscientização sobre a depressão pós-parto. Será em 6 de novembro, conforme lei municipal sancionada semana passada.

O ex-vereador Ananias Carvalho foi exonerado de um cargo de confiança que mantinha na Secretaria Municipal de Administração.

Ontem, depois de um dia sem chuva na véspera, Teresina voltou a receber água como se torneiras tivessem sido abertas no céu.

Operação natureza Imprevidência permanente

Mais lidas desse blog