1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Acabou a emoção
Publicidade

Acabou a emoção

As primeiras emoções por conta da tragédia do Parque Rodoviário já foram ultrapassadas. Muito comovente, pois se viu o mundo em redor das vítimas do transbordamento da lagoa da Telemar que até matou gente inocente. O governador, o prefeito e outras autoridades estiveram fazendo discurso de pronto assistencialismo; O arcebispo de Teresina, padres e pastores fazendo suas orações. A Oração conforta a alma, o discurso as vezes gera a esperança, mas não se pode ficar apenas nisso. Tudo isso aí mostrou como é grande a solidariedade entre piauienses. Agora, entretanto, chegou o momento do planejamento e da resolução dos problemas de infraestrutura causados pela catástrofe. Em outras palavras, sai o CPF e entra o CNPJ. O que, efetivamente, a prefeitura de Teresina irá fazer, urgentemente, para resolver o problema de moradias destruídas? E o governo do Estado, além do discurso e do tapinha nas costas, da distribuição de cestas, irá definitivamente fazer por aquelas famílias? As empresas de Teresina, através de suas instituições, como o Clube de Diretores Lojistas, Associações Comercial, Industrial, enfim, de todos seus segmentos, podem e devem ajudar. Afinal, no meio daquela população atingida, tem funcionários, clientes e até fornecedores dessas empresas e instituições. O que não se deve permitir é a exploração política, barata, de alguns, que buscam a visibilidade em cima da desgraça alheia, sob pretexto de que estão ajudando os flagelados, como se isso fosse um nobre gesto, voluntário.

Jornalista Assis Moreira, piauiense, correspondente do Valor Econômico na Europa, onde mora (na Itália) há mais de 30 anos.

Helbert Maciel

O advogado Helbert Maciel vai se tornar cidadão piauiense e teresinense. Nascido no Rio de Janeiro, Maciel vive em Teresina há décadas. 
A cidadania piauiense foi proposta pelo deputado Wilson Brandão. O titulo e cidadão teresinense pelo vereador Enzo Samuel.
As datas ainda não foram definidas.

Niede, o filme

Pelo documentário divulgado em torno do lançamento do filme sobre Niede Guidon, e da Serra da Capivara em São Paulo, realizado semana passada, a impressão que fica é que a prefeitura de São Raimundo Nonato pagou tudo, todas as despesas. 
Mas pessoas próximas a Niede Guidon dizem que da prefeitura ‘no have nothing’, ou seja, nada, nada, nada mesmo.

Presenças

Chamou a atenção dos que ficaram aqui as presenças maciças da prefeita Carmelita, da irmã secretária Sádia, da irmã deputada federal Margarete Coelho no evento em São Paulo.
E São Raimundo Nonato estava debaixo dágua.

Assis Moreira

Antecedendo folga de uma semana na praia do Piauí, que coincidirá com a  Semana Santa, o jornalista Assis Moreira foi enviado pelo Valor Ecnômico à África do Sul onde cobriu a reunião anual do Novo Banco de Desenvolvimento, conhecido como O banco do Brics. 
A reunião foi na Cidade do Cabo.

Pois olha...

O Piauí e municípios podem apresentar bons projetos para financiamento pelo banco. O Banco do Brics tem U$ 2 bilhões para emprestar ao Brasil em 2019.
Mas os projetos precisam ser bem apresentados.

Contas não declaradas 

Os investigadores maranhenses já descobriram que para quem declarou patrimônio pessoal de apenas R$ 250 mil e gastos de menos de R$ 2 milhões na campanha, o deputado Júnior Lourenço tem mesmo com o que se preocupar. 

Contas não declaradas 2

A testemunha que vai depor esta semana na justiça maranhense fez um levantamento dos pagamentos sem licitação, na modalidade de emergência, pagos pela prefeitura de Miranda do Norte, tudo para cobrir os gastos da campanha do deputado.

Contas não declaradas 3

Os números são generosos e demonstram um esquema muito bem articulado  para arrecadar dinheiro para a campanha de Junior Lourenço, sob as bênçãos do agiota Pacovan. 
Somente  as empresas R.F. Magalhães Nogueira e S S. Construtora e Empreendimentos, receberam, no espaço de poucos dias, valores na ordem de  R$ 2.742.571,53; R$ 3.701.471,50; R$ 669.508,65; R$ 763.990,40 e R$ 476.281,20 , o que totaliza quase 8 milhões de reais.

Bulling 

Novata na Assembleia Legislativa, a deputada Teresa Britto está sendo tachada de antipática pelos colegas deputados e até por servidores da casa.
É só Teresa Britto tomar a palavra para que os parlamentares esvaziem as sessões. Maldade, pura.

Quem é o dono?

Segue o impasse entre o governo do Estado e a prefeitura de Teresina em torno da propriedade do estacionamento do ginásio verdão. A prefeitura diz ser a dona do local, porém, não consegue apresentar provas que comprove a posse.
Já o governo alega que o local sempre pertenceu ao Estado, tanto que a área, antes de ser construído o verdão, já foi local da Penitenciária Campo de Marte, antiga Penitenciária de Teresina.
Isso vai render.

Negócio ruim

O estacionamento entrou na PPP. Claro que a empresa ganhadora espera faturar explorando o espaço. 
Caso a PMT ganhe essa questão, é até capaz de o negócio vir a ser desfeito. E gente deixar de ganhar o seu.

Convites feitos

O ex-deputado Robert Rios avalia os convites do MDB e do PSD. E admite que prefere ficar mesmo no DEM. 
Afinal, está sem seus planos fortalecer o partido para as eleições municipais.

Quer distância

O ex-delegado da PF diz não ser da base e tampouco oposição do prefeito Firmino Filho, mas diz só querer mesmo é distância do senador Ciro Nogueira.
Que segundo Robert, está “até o gogó” investigado pela Lava Jato.

Ping-Pong

A vida é curta

O cineasta piauiense Douglas Machado estreia seu filme Cipriano, no cinema do Teresina Shopping. Na plateia, o padre Tony Batista e a jornalista Claudia Brandão. Três horas de filme. As portas, finalmente, se abrem e a multidão, atônita, sai do cinema. 

Claudia Brandão (para padre Tony): “O que o senhor achou do filme?...”
Padre Tony: “Minha fia, diga primeiro a sua impressão”.

Colaboração: João Cláudio Moreno

Expressas

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está convocando mais 69 candidatos aprovados no Processo Seletivo Edital 2/2017.

Os aprovados deverão comparecer a partir do dia 10 de abril, na sede da instituição, para que sejam providenciados os procedimentos para a sua contratação.

A partir de amanhã começa oficialmente em Teresina a campanha contra a gripe (Influenza A/H1N1). As doses da vacina ficarão disponíveis até o dia 31 de maio, quando a campanha se encerra. 

As primeiras emoções por conta da tragédia do Parque Rodoviário já foram ultrapassadas. Muito comovente, pois se viu o mundo em redor das vítimas do transbordamento da lagoa da Telemar que até matou gente inocente. O governador, o prefeito e outras autoridades estiveram fazendo discurso de pronto assistencialismo; O arcebispo de Teresina, padres e pastores fazendo suas orações. A Oração conforta a alma, o discurso as vezes gera a esperança, mas não se pode ficar apenas nisso. Tudo isso aí mostrou como é grande a solidariedade entre piauienses. Agora, entretanto, chegou o momento do planejamento e da resolução dos problemas de infraestrutura causados pela catástrofe. Em outras palavras, sai o CPF e entra o CNPJ. O que, efetivamente, a prefeitura de Teresina irá fazer, urgentemente, para resolver o problema de moradias destruídas? E o governo do Estado, além do discurso e do tapinha nas costas, da distribuição de cestas, irá definitivamente fazer por aquelas famílias? As empresas de Teresina, através de suas instituições, como o Clube de Diretores Lojistas, Associações Comercial, Industrial, enfim, de todos seus segmentos, podem e devem ajudar. Afinal, no meio daquela população atingida, tem funcionários, clientes e até fornecedores dessas empresas e instituições. O que não se deve permitir é a exploração política, barata, de alguns, que buscam a visibilidade em cima da desgraça alheia, sob pretexto de que estão ajudando os flagelados, como se isso fosse um nobre gesto, voluntário.

Jornalista Assis Moreira, piauiense, correspondente do Valor Econômico na Europa, onde mora (na Itália) há mais de 30 anos.

Helbert Maciel

O advogado Helbert Maciel vai se tornar cidadão piauiense e teresinense. Nascido no Rio de Janeiro, Maciel vive em Teresina há décadas. 
A cidadania piauiense foi proposta pelo deputado Wilson Brandão. O titulo e cidadão teresinense pelo vereador Enzo Samuel.
As datas ainda não foram definidas.

Niede, o filme

Pelo documentário divulgado em torno do lançamento do filme sobre Niede Guidon, e da Serra da Capivara em São Paulo, realizado semana passada, a impressão que fica é que a prefeitura de São Raimundo Nonato pagou tudo, todas as despesas. 
Mas pessoas próximas a Niede Guidon dizem que da prefeitura ‘no have nothing’, ou seja, nada, nada, nada mesmo.

Presenças

Chamou a atenção dos que ficaram aqui as presenças maciças da prefeita Carmelita, da irmã secretária Sádia, da irmã deputada federal Margarete Coelho no evento em São Paulo.
E São Raimundo Nonato estava debaixo dágua.

Assis Moreira

Antecedendo folga de uma semana na praia do Piauí, que coincidirá com a  Semana Santa, o jornalista Assis Moreira foi enviado pelo Valor Ecnômico à África do Sul onde cobriu a reunião anual do Novo Banco de Desenvolvimento, conhecido como O banco do Brics. 
A reunião foi na Cidade do Cabo.

Pois olha...

O Piauí e municípios podem apresentar bons projetos para financiamento pelo banco. O Banco do Brics tem U$ 2 bilhões para emprestar ao Brasil em 2019.
Mas os projetos precisam ser bem apresentados.

Contas não declaradas 

Os investigadores maranhenses já descobriram que para quem declarou patrimônio pessoal de apenas R$ 250 mil e gastos de menos de R$ 2 milhões na campanha, o deputado Júnior Lourenço tem mesmo com o que se preocupar. 

Contas não declaradas 2

A testemunha que vai depor esta semana na justiça maranhense fez um levantamento dos pagamentos sem licitação, na modalidade de emergência, pagos pela prefeitura de Miranda do Norte, tudo para cobrir os gastos da campanha do deputado.

Contas não declaradas 3

Os números são generosos e demonstram um esquema muito bem articulado  para arrecadar dinheiro para a campanha de Junior Lourenço, sob as bênçãos do agiota Pacovan. 
Somente  as empresas R.F. Magalhães Nogueira e S S. Construtora e Empreendimentos, receberam, no espaço de poucos dias, valores na ordem de  R$ 2.742.571,53; R$ 3.701.471,50; R$ 669.508,65; R$ 763.990,40 e R$ 476.281,20 , o que totaliza quase 8 milhões de reais.

Bulling 

Novata na Assembleia Legislativa, a deputada Teresa Britto está sendo tachada de antipática pelos colegas deputados e até por servidores da casa.
É só Teresa Britto tomar a palavra para que os parlamentares esvaziem as sessões. Maldade, pura.

Quem é o dono?

Segue o impasse entre o governo do Estado e a prefeitura de Teresina em torno da propriedade do estacionamento do ginásio verdão. A prefeitura diz ser a dona do local, porém, não consegue apresentar provas que comprove a posse.
Já o governo alega que o local sempre pertenceu ao Estado, tanto que a área, antes de ser construído o verdão, já foi local da Penitenciária Campo de Marte, antiga Penitenciária de Teresina.
Isso vai render.

Negócio ruim

O estacionamento entrou na PPP. Claro que a empresa ganhadora espera faturar explorando o espaço. 
Caso a PMT ganhe essa questão, é até capaz de o negócio vir a ser desfeito. E gente deixar de ganhar o seu.

Convites feitos

O ex-deputado Robert Rios avalia os convites do MDB e do PSD. E admite que prefere ficar mesmo no DEM. 
Afinal, está sem seus planos fortalecer o partido para as eleições municipais.

Quer distância

O ex-delegado da PF diz não ser da base e tampouco oposição do prefeito Firmino Filho, mas diz só querer mesmo é distância do senador Ciro Nogueira.
Que segundo Robert, está “até o gogó” investigado pela Lava Jato.

Ping-Pong

A vida é curta

O cineasta piauiense Douglas Machado estreia seu filme Cipriano, no cinema do Teresina Shopping. Na plateia, o padre Tony Batista e a jornalista Claudia Brandão. Três horas de filme. As portas, finalmente, se abrem e a multidão, atônita, sai do cinema. 

Claudia Brandão (para padre Tony): “O que o senhor achou do filme?...”
Padre Tony: “Minha fia, diga primeiro a sua impressão”.

Colaboração: João Cláudio Moreno

Expressas

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está convocando mais 69 candidatos aprovados no Processo Seletivo Edital 2/2017.

Os aprovados deverão comparecer a partir do dia 10 de abril, na sede da instituição, para que sejam providenciados os procedimentos para a sua contratação.

A partir de amanhã começa oficialmente em Teresina a campanha contra a gripe (Influenza A/H1N1). As doses da vacina ficarão disponíveis até o dia 31 de maio, quando a campanha se encerra. 

Operação natureza Sem obras

Mais lidas desse blog