1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. O Brasil sem rumo
Publicidade

O Brasil sem rumo

A falta de compromisso do Congresso Nacional com seus eleitores e com o Brasil impressiona até os mais desatentos. Se fosse descrito por um homem do campo, ele diria que esses senhores vivem em outro país, e que acreditam que continuarão a "tirar o leite" de uma vaca que está morta. A vaca chamada Brasil. Ouvindo-se da área econômica, se sabe, claramente, que o Brasil quebrou e a Previdência faliu; o Centrão chantageia o presidente da república, o PT e as siglas agregadas ficam contra a nova previdência, depois de ter dado de presente 13 milhões de desempregados para o novo governo e de não ter feito nenhuma reforma, mesmo conhecendo o problemão que ajudou a construir. E mais, qual o plano alternativo da oposição? Mas parece que o Congresso não tem compromisso com soluções, e sim com seus umbigos, gordos da burocracia infernal.  Deputados e senadores trabalham mal e porcamente de terça a quinta-feira como se o Brasil  não estivesse na maior crise das últimas décadas. Muito comodamente, os congressistas programam suas reuniões para após o carnaval; depois do feriadão; depois da quaresma; após o dia do trabalhador. E não trabalham, conspiram enquanto o país se derrete economicamente e os desempregados acordam na madrugada para disputar com fome, um salário medíocre nas filas dos desempregados. Esse é o país sem rumo.

Advogado Lucas Villa esclarece sobre acusação de proteção a ‘figura importante’ no caso Fernanda Lages (Foto: Divulgação)

Caso Fernanda

O advogado Lucas Villa acionou os órgãos de segurança para investigarem a denúncia do controlador do grupo de WhatsApp que atende pela alcunha de Xico Prime, Marciano Arraes, segundo a qual, ele (Villa) teria impedido que uma figura importante da sociedade fosse investigada no curso das investigações sobre o assassinato da estudante Fernanda Lages. 
O caso é sério.

Investiguem

Este jornalista até hoje sofre ameaças por conta da atuação firme na divulgação dos fatos relacionados ao cruel e frio assassinato da estudante.
Não há, pois, de se aceitar que a denúncia em questão caia no vazio. A Polícia e o Ministério Público precisam entrar no caso, urgentemente.

Prints

A Polícia Civil até agora não divulgou o resultado das investigações sobre se houve vazamento de prints ou montagem de conversas desse grupo chamado Xico Prime, denunciados dias atrás.
Nos diálogos, sempre envolvendo Marciano, há nítida manifestação de achaques e ataques a autoridades, que precisam ser imediatamente esclarecidos se é verdadeiros ou falsos.
Até mesmo para resguardar a honra dos citados.

TCE, o calo

Técnicos do TCE estão com lupa na mão para verificar as nomeações feitas pelo governador Wellington Dias. 
A missão é saber se, uma vez que diz não ter condições de dar aumento salarial, o governo pode nomear comissionados.

Fatiamento de cargos

Os critérios adotados para a formação desse novo governo saltam aos olhos de tão esquisitos. Dos 224 municípios somente de 60 deles os políticos vão fazer suas indicações.
Antigamente, se fazia na base do mais votado que, como o sistema de voto não é distrital, o deputado termina sendo votado de Luís Correia, no litoral a Cristalândia, no extremo sul.

Sobra pra ele

E, lógico, antigamente, faziam a partilha dos cargos que lhes cabiam com os seus mais importantes cabos eleitorais. De norte a sul. Avaliar as indicações apenas pelas lideranças de 60 municípios, pode apostar que muita gente vai xingar o governador.
Ou seja, só vai sobrar para Wellington.

Quem fica com a CCJ

Por entendimento das lideranças, o Progressistas continuará presidindo a CCJ. E, como disse o deputado João Madison, o presidente deve ser Júlio Arcoverde, que vai voltar do passeio que deu até a Semel e reassumir seu mandato. 

Mão Santa encanta

Mão Santa está sendo disputadíssimo. Já entrou na briga o Solidariedade, que o quer com uma ficha de filiação. O primeiro a se manifestar pelo concurso do prefeito em suas fileiras foi o Democratas, o partido do ex-deputado federal Heráclito Fortes.

Voo direto

Olha só como está o prestigio dos petistas no Governo Federal: Ministro quando pende pras bandas daqui, esquece que o Piauí tem governador, vai direto para Parnaíba.

Página virada, é?

Júlio César esteve ontem com Wellington Dias e disse que a perda do controle do seu grupo político sobre a Agência de Pesquisa Agropecuária (Adapi) é uma ‘pagina virada’.
Deve ter conseguido outras compensações.

Desinteresse

Bonita é a frase do deputado Georgiano: “vamos continuar contribuindo para o governo, independente de cargos”.
Acredite, vão sim.

Esclareça-se

O Armazém Paraíba, de SOCIC, continuará atuando no varejo com foco nos setores de confecções, tecidos, calçados, cama, mesa e banho, nos estados do Pará e parte do Maranhão. A negociação com a Magazine Luiza envolve apenas a cessão de 48 pontos, na sua grande maioria imóveis próprios, nas regiões acima mencionadas.

Júlio, ministro

Ganharia o Piauí se, de fato, o deputado federal Júlio César Lima viesse a ser convidado para ministro do Governo Bolsonaro. 
Ganharia o Piauí e, também, o nordeste que, não tem qualquer representante na equipe do capitão.

Ping-Pong
Rompimento político

O vice-prefeito de Dom Inocêncio-PI, Marcos Damasceno (PT), depois de dois anos de governo rompe politicamente com a prefeita Maria das Virgens (PP), segundo ele por não concordar com os rumos da gestão. Em viagem para o interior do município, é abordado por um eleitor.

O eleitor: “Na avaliação do senhor, a prefeita vai bem?”
Damasceno: “Ela vai bem... o povo é que vai mal!”

Expressas

Acontece nos dias 17 a 19 de maio, no Palácio da Música, o II Festival de Sanfonas de Teresina.

Chicabana é mais uma atração confirmada para a ExpoTeresina. O evento acontece de 21 a 30 de Junho no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde.

Fundação Municipal de Saúde convoca 89 aprovados em teste seletivo. Os classificados deverão comparecer até amanhã na sede do órgão.

A falta de compromisso do Congresso Nacional com seus eleitores e com o Brasil impressiona até os mais desatentos. Se fosse descrito por um homem do campo, ele diria que esses senhores vivem em outro país, e que acreditam que continuarão a "tirar o leite" de uma vaca que está morta. A vaca chamada Brasil. Ouvindo-se da área econômica, se sabe, claramente, que o Brasil quebrou e a Previdência faliu; o Centrão chantageia o presidente da república, o PT e as siglas agregadas ficam contra a nova previdência, depois de ter dado de presente 13 milhões de desempregados para o novo governo e de não ter feito nenhuma reforma, mesmo conhecendo o problemão que ajudou a construir. E mais, qual o plano alternativo da oposição? Mas parece que o Congresso não tem compromisso com soluções, e sim com seus umbigos, gordos da burocracia infernal.  Deputados e senadores trabalham mal e porcamente de terça a quinta-feira como se o Brasil  não estivesse na maior crise das últimas décadas. Muito comodamente, os congressistas programam suas reuniões para após o carnaval; depois do feriadão; depois da quaresma; após o dia do trabalhador. E não trabalham, conspiram enquanto o país se derrete economicamente e os desempregados acordam na madrugada para disputar com fome, um salário medíocre nas filas dos desempregados. Esse é o país sem rumo.

Advogado Lucas Villa esclarece sobre acusação de proteção a ‘figura importante’ no caso Fernanda Lages (Foto: Divulgação)

Caso Fernanda

O advogado Lucas Villa acionou os órgãos de segurança para investigarem a denúncia do controlador do grupo de WhatsApp que atende pela alcunha de Xico Prime, Marciano Arraes, segundo a qual, ele (Villa) teria impedido que uma figura importante da sociedade fosse investigada no curso das investigações sobre o assassinato da estudante Fernanda Lages. 
O caso é sério.

Investiguem

Este jornalista até hoje sofre ameaças por conta da atuação firme na divulgação dos fatos relacionados ao cruel e frio assassinato da estudante.
Não há, pois, de se aceitar que a denúncia em questão caia no vazio. A Polícia e o Ministério Público precisam entrar no caso, urgentemente.

Prints

A Polícia Civil até agora não divulgou o resultado das investigações sobre se houve vazamento de prints ou montagem de conversas desse grupo chamado Xico Prime, denunciados dias atrás.
Nos diálogos, sempre envolvendo Marciano, há nítida manifestação de achaques e ataques a autoridades, que precisam ser imediatamente esclarecidos se é verdadeiros ou falsos.
Até mesmo para resguardar a honra dos citados.

TCE, o calo

Técnicos do TCE estão com lupa na mão para verificar as nomeações feitas pelo governador Wellington Dias. 
A missão é saber se, uma vez que diz não ter condições de dar aumento salarial, o governo pode nomear comissionados.

Fatiamento de cargos

Os critérios adotados para a formação desse novo governo saltam aos olhos de tão esquisitos. Dos 224 municípios somente de 60 deles os políticos vão fazer suas indicações.
Antigamente, se fazia na base do mais votado que, como o sistema de voto não é distrital, o deputado termina sendo votado de Luís Correia, no litoral a Cristalândia, no extremo sul.

Sobra pra ele

E, lógico, antigamente, faziam a partilha dos cargos que lhes cabiam com os seus mais importantes cabos eleitorais. De norte a sul. Avaliar as indicações apenas pelas lideranças de 60 municípios, pode apostar que muita gente vai xingar o governador.
Ou seja, só vai sobrar para Wellington.

Quem fica com a CCJ

Por entendimento das lideranças, o Progressistas continuará presidindo a CCJ. E, como disse o deputado João Madison, o presidente deve ser Júlio Arcoverde, que vai voltar do passeio que deu até a Semel e reassumir seu mandato. 

Mão Santa encanta

Mão Santa está sendo disputadíssimo. Já entrou na briga o Solidariedade, que o quer com uma ficha de filiação. O primeiro a se manifestar pelo concurso do prefeito em suas fileiras foi o Democratas, o partido do ex-deputado federal Heráclito Fortes.

Voo direto

Olha só como está o prestigio dos petistas no Governo Federal: Ministro quando pende pras bandas daqui, esquece que o Piauí tem governador, vai direto para Parnaíba.

Página virada, é?

Júlio César esteve ontem com Wellington Dias e disse que a perda do controle do seu grupo político sobre a Agência de Pesquisa Agropecuária (Adapi) é uma ‘pagina virada’.
Deve ter conseguido outras compensações.

Desinteresse

Bonita é a frase do deputado Georgiano: “vamos continuar contribuindo para o governo, independente de cargos”.
Acredite, vão sim.

Esclareça-se

O Armazém Paraíba, de SOCIC, continuará atuando no varejo com foco nos setores de confecções, tecidos, calçados, cama, mesa e banho, nos estados do Pará e parte do Maranhão. A negociação com a Magazine Luiza envolve apenas a cessão de 48 pontos, na sua grande maioria imóveis próprios, nas regiões acima mencionadas.

Júlio, ministro

Ganharia o Piauí se, de fato, o deputado federal Júlio César Lima viesse a ser convidado para ministro do Governo Bolsonaro. 
Ganharia o Piauí e, também, o nordeste que, não tem qualquer representante na equipe do capitão.

Ping-Pong
Rompimento político

O vice-prefeito de Dom Inocêncio-PI, Marcos Damasceno (PT), depois de dois anos de governo rompe politicamente com a prefeita Maria das Virgens (PP), segundo ele por não concordar com os rumos da gestão. Em viagem para o interior do município, é abordado por um eleitor.

O eleitor: “Na avaliação do senhor, a prefeita vai bem?”
Damasceno: “Ela vai bem... o povo é que vai mal!”

Expressas

Acontece nos dias 17 a 19 de maio, no Palácio da Música, o II Festival de Sanfonas de Teresina.

Chicabana é mais uma atração confirmada para a ExpoTeresina. O evento acontece de 21 a 30 de Junho no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde.

Fundação Municipal de Saúde convoca 89 aprovados em teste seletivo. Os classificados deverão comparecer até amanhã na sede do órgão.

Fábrica de cimento Um ano perdido

Mais lidas desse blog