1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. A pirâmide maranhense
Publicidade

A pirâmide maranhense

Não poderia mesmo ter êxito um projeto milagroso de ganhos financeiros na ordem de 12 a 15 por cento ao mês, com taxa de administração variando entre cinco e oito por cento mensais, totalizando 20 por cento de custos efetivos. Por estas e outras razões, a última pirâmide financeira que ainda se sustenta no Brasil, assunto de notícias recentes, no vizinho Maranhão, está em via de ser destroçada pelo acúmulo de dívidas com os investidores, que se vêm às voltas com dificuldades em receber até mesmo a parte dos juros devidos ou prometidos, e muito menos o capital colocado no negócio. O fato é que políticos, magistrados, empresários, profissionais liberais, como os médicos e até agiotas, bem como gestores maranhenses e piauienses se entusiasmaram e passaram a investir em um negócio típico de agiotagem, comandado pelo médico Abdon Jr. que fez a alegria dessa gente por algum tempo. Todos sequiosos pelo ganho fácil. Mas o negócio se encontra sob investigação da polícia e do Ministério Público, porque é tido como uma das formas mais eficazes de fazer a lavagem de dinheiro e ocultação de ativos, típicos de organização criminosa. Muitos dos investidores não têm como justificar a origem dos recursos que colocaram no esquema e, da mesma maneira, não podem explicar a receita e ganhos mirabolantes do negócio. Já se tem notícia de que uma parte ou ramificação desse grupo investiu muito dinheiro em negócios através do Porto do Itaqui, uma verdadeira zona franca em aberto, o que significa dizer que a polícia federal vai ser chamada para o caso, se já não estiver fazendo as suas investigações, porque também envolve sonegação de impostos e evasão de divisas, ou até mesmo contrabando e tráfico. O negócio envolve mais de R$ 1 bilhão. Só para se ter uma ideia da bondade da Pirâmide Financeira, diversas pessoas chegaram tomar emprestado valores vultosos com conhecidos ‘juristas’ - os agiotas -  captando a cinco a seis por cento deles, e repassando para o negócio do Maranhão pelo dobro desse valor. Estes, decerto, serão alguns dos mais prejudicados, porque aqueles de quem foi tomado o dinheiro, originalmente, não vão aceitar as explicações esfarrapadas de quem tentou ganhar dinheiro apenas com a especulação financeira. Já se sabe que existem postos de gasolina, restaurantes e outros empreendimentos no Piauí e no Maranhão que foram montados ou tocados adiante com recursos provenientes desses negócios, que funcionam à margem do controle do governo, e, por serem pagamentos sempre em espécie, igualmente sem o controle do COAF, o que significa dizer, fora do alcance dos técnicos da Receita Federal e, em consequência, dos órgãos do Poder Judiciário e do Ministério Público. Com a avalanche dos saques, ou das tentativas de resgatar o dinheiro de cada um, fica somente a certeza de que este é mais um negócio misterioso que vai para as calendas, caso os órgãos de controle e de investigação sigam fazendo cara de paisagem pensando que essa coisa ocorreu lá nos Estados Unidos.

Chico Lucas corre contra o tempo para tornar o Instituto de Terras mais ágil e de fácil acesso à população (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

O peixe 

Setores da previdência vão investigar como está ocorrendo a relação entre os pescadores que se beneficiam do seguro do defeso. 
Há suspeitas de manipulação de listas entre sindicatos em cidades da região norte ribeirinhas ao Rio Parnaíba.

Interpi, agiliza

Até final de julho o Interpi estará com os processos totalmente digitalizados. Facilita tanto para o órgão como para quem tem interesse. 
O diretor do órgão, advogado Chico Lucas estima que no momento haja pelo menos cinco mil processos físicos, que deverão estar disponibilizados para acesso do público.

Aí tem!

Chico Lucas e sua assessoria certamente ainda não viram o salseiro que gestões bem anteriores a de José Omar e de Herbert Buenos Aires praticaram em relação as terras públicas, notadamente na região dos Cerrados. 
Coisa de levar negro para ver o sol quadrado.

Toga suja

Ontem, o Pleno do Tribunal de Justiça afastou o juiz Francisco Ferreira, por suposta prática de corrupção. 
O afastamento se dará até a conclusão do Processo Disciplinar Administrativo aberto para apurar as traquinagens de sua excelência.

ExpoTeresina

A Fundação Monsenhor Chaves está lançando o edital do Festival de Quadrilha Junina de Teresina, que prevê um apoio de R$ 30 mil para os grupos. As inscrições acontecem na sede da FMC. As três primeiras colocadas no festival receberão premiação em dinheiro e troféus.
A ExpoTeresina acontece de 21 a 30 de junho no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde. 
A entrada é gratuita! 

Fake News

Espalharam ontem um fake news de que a delegada de Polícia Civil Cassandra Moraes Souza havia sofrido um enfarte e levada para hospital. 
Essa canalhice, publicada inclusive em portal, foi divulgada no exato momento em que Cassandra se encontrava vendendo saúde, com aquele largo sorriso, trabalhando na delegacia do idoso.

Transporte

O governador Wellington Dias encaminhou o projeto Fique Legal de Moto para Assembleia Legislativa. O projeto prevê vantagens em relação às multas, juros, parcelamento e sistema de premiação para adimplência. 
Podem aderir ao programa somente o proprietário ou arrendatário do veículo e que tenha permissão para dirigir ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na Categoria A, AB, AC, AD ou AE.

Parceiros

Joice Hasselmann estava de cocó e trança com Átila Lira durante a inauguração da sede do PSL, deixando os seguidores de  Bolsonaro cada vez mais decepcionados. 
Eles querem saber o que verdadeiramente são e se terão chance de ocupar cargos no governo.

A 11ª 

A cena de Joice com os deputados federais não entusiasmou os bolsominions que foram recebê-la, na sexta-feira. 
Joice chegou a perguntar se poderia ser a décima primeira deputada pelo Piauí, para lutar por recursos para o Estado e, claro, seguir batendo em Wellington Dias.

O PSL na eleição

O vereador Luís André é otimista: aposta na eleição de pelo menos 20 prefeitos em 2020, pelo PSL.
Sem falar nos aliados.

Dupla exoneração

A fábrica de decretos de nomeação e exoneração de pessoas para cargos em comissão no governo do Piauí está precisando de um controle de qualidade. Na edição de 27 de maio do Diário Oficial, na página 7, lê-se decretos em que Lygia Maria Cavalcante Barbosa é exonerada dos cargos de Assessor Técnico II, símbolo DAS-3, e de Gerente de Monitoramento de Convênios Federais, símbolo DAS-3, da Secretaria de Planejamento.
Dois DAS para uma só pessoa, a um só tempo?

Ela sabe que sim

O presidente regional do Progressistas, Júlio Arcoverde, afirma que a deputada Lucy Soares atua de forma independente.
Lucy tem adotado um discurso que se assemelha ao da oposição ao governo de Wellington Dias. 
“Ela é independente para exercer o seu mandato”, assegurou.

Um empurrãozinho

Após a visita dos deputados aos hospitais do interior, que constataram calamidades, o secretário de saúde Florentino Neto visitou o hospital de Floriano e anunciou a liberação de R$ 10 milhões para reformas do hospital.
Inez já não é morta, a essas alturas?

O pai da criança

Há semanas o senador Elmano Férrer anuncia a visita do ministro de infraestrutura, Tarcísio Freitas, ao Piauí para visitar obras de duplicação de BRs e anunciar a obra da Ponte de Santa Filomena na próxima sexta-feira.
O senador Ciro Nogueira já anda dizendo que é ele quem está trazendo o ministro.

Ping-Pong
O maratonista prevenido

O sujeito está na cama com a amante quando ouve os passos do marido. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela. Ele reluta porque está caindo uma chuva forte, mas não tendo outro jeito, pula pelado mesmo, e cai na rua, no meio de uma maratona. Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito. Um outro corredor pergunta:

O corredor: “Você sempre corre assim, pelado?”
O amante: “Sim! Sou naturalista e gosto dessa sensação de liberdade…”
O corredor: “Mas sempre com uma camisinha na rola????
O amante: “Não, só quando está chovendo!

Colaboração: da imaginação popular nas redes sociais

Expressas

Nessa sexta-feira (07), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho, visitarão as obras de viaduto em Teresina.

A Prefeitura de Teresina abriu inscrições para seletivo de professores substitutos da rede Municipal. São 204 vagas para atuação em turmas dos anos finais do Ensino Fundamental.

O mercado do Renascença II passará por uma grande revitalização em sua estrutura, que deve iniciar no segundo semestre deste ano. 

Não poderia mesmo ter êxito um projeto milagroso de ganhos financeiros na ordem de 12 a 15 por cento ao mês, com taxa de administração variando entre cinco e oito por cento mensais, totalizando 20 por cento de custos efetivos. Por estas e outras razões, a última pirâmide financeira que ainda se sustenta no Brasil, assunto de notícias recentes, no vizinho Maranhão, está em via de ser destroçada pelo acúmulo de dívidas com os investidores, que se vêm às voltas com dificuldades em receber até mesmo a parte dos juros devidos ou prometidos, e muito menos o capital colocado no negócio. O fato é que políticos, magistrados, empresários, profissionais liberais, como os médicos e até agiotas, bem como gestores maranhenses e piauienses se entusiasmaram e passaram a investir em um negócio típico de agiotagem, comandado pelo médico Abdon Jr. que fez a alegria dessa gente por algum tempo. Todos sequiosos pelo ganho fácil. Mas o negócio se encontra sob investigação da polícia e do Ministério Público, porque é tido como uma das formas mais eficazes de fazer a lavagem de dinheiro e ocultação de ativos, típicos de organização criminosa. Muitos dos investidores não têm como justificar a origem dos recursos que colocaram no esquema e, da mesma maneira, não podem explicar a receita e ganhos mirabolantes do negócio. Já se tem notícia de que uma parte ou ramificação desse grupo investiu muito dinheiro em negócios através do Porto do Itaqui, uma verdadeira zona franca em aberto, o que significa dizer que a polícia federal vai ser chamada para o caso, se já não estiver fazendo as suas investigações, porque também envolve sonegação de impostos e evasão de divisas, ou até mesmo contrabando e tráfico. O negócio envolve mais de R$ 1 bilhão. Só para se ter uma ideia da bondade da Pirâmide Financeira, diversas pessoas chegaram tomar emprestado valores vultosos com conhecidos ‘juristas’ - os agiotas -  captando a cinco a seis por cento deles, e repassando para o negócio do Maranhão pelo dobro desse valor. Estes, decerto, serão alguns dos mais prejudicados, porque aqueles de quem foi tomado o dinheiro, originalmente, não vão aceitar as explicações esfarrapadas de quem tentou ganhar dinheiro apenas com a especulação financeira. Já se sabe que existem postos de gasolina, restaurantes e outros empreendimentos no Piauí e no Maranhão que foram montados ou tocados adiante com recursos provenientes desses negócios, que funcionam à margem do controle do governo, e, por serem pagamentos sempre em espécie, igualmente sem o controle do COAF, o que significa dizer, fora do alcance dos técnicos da Receita Federal e, em consequência, dos órgãos do Poder Judiciário e do Ministério Público. Com a avalanche dos saques, ou das tentativas de resgatar o dinheiro de cada um, fica somente a certeza de que este é mais um negócio misterioso que vai para as calendas, caso os órgãos de controle e de investigação sigam fazendo cara de paisagem pensando que essa coisa ocorreu lá nos Estados Unidos.

Chico Lucas corre contra o tempo para tornar o Instituto de Terras mais ágil e de fácil acesso à população (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

O peixe 

Setores da previdência vão investigar como está ocorrendo a relação entre os pescadores que se beneficiam do seguro do defeso. 
Há suspeitas de manipulação de listas entre sindicatos em cidades da região norte ribeirinhas ao Rio Parnaíba.

Interpi, agiliza

Até final de julho o Interpi estará com os processos totalmente digitalizados. Facilita tanto para o órgão como para quem tem interesse. 
O diretor do órgão, advogado Chico Lucas estima que no momento haja pelo menos cinco mil processos físicos, que deverão estar disponibilizados para acesso do público.

Aí tem!

Chico Lucas e sua assessoria certamente ainda não viram o salseiro que gestões bem anteriores a de José Omar e de Herbert Buenos Aires praticaram em relação as terras públicas, notadamente na região dos Cerrados. 
Coisa de levar negro para ver o sol quadrado.

Toga suja

Ontem, o Pleno do Tribunal de Justiça afastou o juiz Francisco Ferreira, por suposta prática de corrupção. 
O afastamento se dará até a conclusão do Processo Disciplinar Administrativo aberto para apurar as traquinagens de sua excelência.

ExpoTeresina

A Fundação Monsenhor Chaves está lançando o edital do Festival de Quadrilha Junina de Teresina, que prevê um apoio de R$ 30 mil para os grupos. As inscrições acontecem na sede da FMC. As três primeiras colocadas no festival receberão premiação em dinheiro e troféus.
A ExpoTeresina acontece de 21 a 30 de junho no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde. 
A entrada é gratuita! 

Fake News

Espalharam ontem um fake news de que a delegada de Polícia Civil Cassandra Moraes Souza havia sofrido um enfarte e levada para hospital. 
Essa canalhice, publicada inclusive em portal, foi divulgada no exato momento em que Cassandra se encontrava vendendo saúde, com aquele largo sorriso, trabalhando na delegacia do idoso.

Transporte

O governador Wellington Dias encaminhou o projeto Fique Legal de Moto para Assembleia Legislativa. O projeto prevê vantagens em relação às multas, juros, parcelamento e sistema de premiação para adimplência. 
Podem aderir ao programa somente o proprietário ou arrendatário do veículo e que tenha permissão para dirigir ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na Categoria A, AB, AC, AD ou AE.

Parceiros

Joice Hasselmann estava de cocó e trança com Átila Lira durante a inauguração da sede do PSL, deixando os seguidores de  Bolsonaro cada vez mais decepcionados. 
Eles querem saber o que verdadeiramente são e se terão chance de ocupar cargos no governo.

A 11ª 

A cena de Joice com os deputados federais não entusiasmou os bolsominions que foram recebê-la, na sexta-feira. 
Joice chegou a perguntar se poderia ser a décima primeira deputada pelo Piauí, para lutar por recursos para o Estado e, claro, seguir batendo em Wellington Dias.

O PSL na eleição

O vereador Luís André é otimista: aposta na eleição de pelo menos 20 prefeitos em 2020, pelo PSL.
Sem falar nos aliados.

Dupla exoneração

A fábrica de decretos de nomeação e exoneração de pessoas para cargos em comissão no governo do Piauí está precisando de um controle de qualidade. Na edição de 27 de maio do Diário Oficial, na página 7, lê-se decretos em que Lygia Maria Cavalcante Barbosa é exonerada dos cargos de Assessor Técnico II, símbolo DAS-3, e de Gerente de Monitoramento de Convênios Federais, símbolo DAS-3, da Secretaria de Planejamento.
Dois DAS para uma só pessoa, a um só tempo?

Ela sabe que sim

O presidente regional do Progressistas, Júlio Arcoverde, afirma que a deputada Lucy Soares atua de forma independente.
Lucy tem adotado um discurso que se assemelha ao da oposição ao governo de Wellington Dias. 
“Ela é independente para exercer o seu mandato”, assegurou.

Um empurrãozinho

Após a visita dos deputados aos hospitais do interior, que constataram calamidades, o secretário de saúde Florentino Neto visitou o hospital de Floriano e anunciou a liberação de R$ 10 milhões para reformas do hospital.
Inez já não é morta, a essas alturas?

O pai da criança

Há semanas o senador Elmano Férrer anuncia a visita do ministro de infraestrutura, Tarcísio Freitas, ao Piauí para visitar obras de duplicação de BRs e anunciar a obra da Ponte de Santa Filomena na próxima sexta-feira.
O senador Ciro Nogueira já anda dizendo que é ele quem está trazendo o ministro.

Ping-Pong
O maratonista prevenido

O sujeito está na cama com a amante quando ouve os passos do marido. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela. Ele reluta porque está caindo uma chuva forte, mas não tendo outro jeito, pula pelado mesmo, e cai na rua, no meio de uma maratona. Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito. Um outro corredor pergunta:

O corredor: “Você sempre corre assim, pelado?”
O amante: “Sim! Sou naturalista e gosto dessa sensação de liberdade…”
O corredor: “Mas sempre com uma camisinha na rola????
O amante: “Não, só quando está chovendo!

Colaboração: da imaginação popular nas redes sociais

Expressas

Nessa sexta-feira (07), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho, visitarão as obras de viaduto em Teresina.

A Prefeitura de Teresina abriu inscrições para seletivo de professores substitutos da rede Municipal. São 204 vagas para atuação em turmas dos anos finais do Ensino Fundamental.

O mercado do Renascença II passará por uma grande revitalização em sua estrutura, que deve iniciar no segundo semestre deste ano. 

Concurso para promotor Fiquemos de olho

Mais lidas desse blog