1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Confusão imobiliária
Publicidade

Confusão imobiliária

A lei estadual sancionada semana passada, publicada nesta semana, e que relaciona 37 imóveis para venda, lista entre eles um prédio que pertence à Prefeitura de Teresina. O próprio anexo da Lei sancionada por Wellington Dias reconhece que há parecer da Procuradoria Geral do Estado informando que o pertence ao patrimônio do município de Teresina. O imóvel fica na rua Álvaro Mendes, 1431, centro, onde funcionou antes o Tribunal de Contas do Estado e depois o Fórum Central. Há pelo menos quatro anos o lugar é a própria imagem do abandono, embora esteja localizado a somente uma quadra do Palácio de Karnak, sede do governo, e encravado em uma área de maior valor na cidade. Uma fonte da Prefeitura diz que a lei estadual é esdrúxula. Autoriza o Estado a vender imóveis não regularizados, ou seja, imóveis sem propriedade registrada do Estado, o que não é o caso isolado como o espaço da sede do antigo TCE. Há vários imóveis na própria relação dos 37 em que há essa dificuldade da comprovação da titularidade. Isso evidência a desorganização do Estado em relação ao seu patrimônio imobiliário, que é vastíssimo. No caso do imóvel da prefeitura constando na relação da lei estadual, o prefeito Firmino Filho disse que acionou a Procuradoria Geral do Município para uma posição sobre o tema e em resposta ao órgão consultivo informou ao prefeito que o imóvel está em zona foreira e de domínio do município. Segundo a Procuradoria Geral do Município, ainda que o Estado alienasse não conseguiria entregar a titularidade para o adquirente. É preciso que das dezenas de assessores do governador apareça um que seja crítico e saiba diferenciar uma certidão de uma procuração. Ou um decreto de uma portaria.

Charles Silveira parece seguir a orientação de Firmino: não discute sucessão e muito menos sua eventual candidatura à prefeitura de Teresina (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Alô, Keiko!

A coluna recebeu denúncia segundo a qual, porque não foi pegar em casa, na viatura policial, a delegada titular de uma delegacia especial, um policial civil foi transferido para a Central de Flagrantes. Como sendo um castigo.
Os nomes em questão estão resguardados para conhecimento direto do delegado geral Luccy Keiko. 

Piada pronta

Diz o site humorístico Sensacionalista que a Polícia Federal prende hacker de mensagens que o ministro Sergio Moro não mandou. 
Esperar saber, então, o que a PF vai fazer quando chegar nas que Moro mandou.

Prova ilícita vale?

É do grupo ligado à Lava Jato a ideia do projeto de lei encaminhado à Câmara que acolhe num processo uma prova ilícita. Desde que colhida de boa fé.
Será que o ministro Moro continua pensando assim?

Edson Lobão

O ex-senador Edson Lobão recebeu título de ‘cidadão parnaibano’, anteontem. 
Diante do questionamento sobre que ‘serviços prestados’ à cidade, ele lembrou que foi autor da lei que incluiu o Piauí na Codevasf. 
Lembrou também que visitava muito a cidade no passado.

Lixo de ouro

O esquema do ‘lixo de ouro’ que levou o delegado Tiago Silva a prender um secretário da Prefeitura de Guadalupe e outras duas pessoas, ontem, pode ser detectado em quase todas as prefeituras piauienses. 
Solano Silva, aquele irrequieto e impossível denunciador das coisas erradas em Ribeira do Piauí, vem denunciando há muito tempo a licitação do ‘lixo de ouro’ do prefeito Arnaldo da Costa.
Mas tem uma bunda poderosa sentada no processo lá no TCE. Segundo ele diz.

Triste fim

Só se espera que Tiago Silva não tenha a mesma sorte (ou má sorte) do delegado Josimar, que apurou as malversarias em Ribeira do Piaui. 
Ele foi mandado embora da delegacia de lá porque o prefeito votava (à época) em deputada federal poderosa.

Ursa Marsha

Wellington Dias não pulou só uma fogueira. Ele tem que se apegar a tudo que são divindades porque escapou de ter sobre sua guarda o cadáver peludo da ursa Rowena (a conhecida ursa Marsha). 
Ela morreu no ‘santuário’ de São Paulo, para onde foi levada exatamente porque aqui, sob sol inclemente, poderia morrer de calor. Os ativistas ambientalistas iam tirar o couro do índio.
A bichinha morreu em consequência de um tumor no ovário. 

Apetite voraz

Ciro Nogueira, segundo o Antagonista, fez o Senado ressarci-lo de um ‘belo lanche’ que ele teria feito numa hamburgueria de Teresina que somou exatos R$ 161,00. 
Ele consumiu duas águas, uma coca-cola, uma cerveja, um chopp, duas porções de batatas fritas, um milk-shake e três sanduiches. 
A disposição alimentar do senador é igual a de fazer negócios. Tanto faz grande quanto pequeno.

Belo lanche

Mas como nas despesas o Senado não pode pagar pela bebida alcóolica, deve sobrar para o senador uns 90 reais, diz o Antagonista. 
Está aí, pois, um belo lanche de domingo.

Charles e a sucessão

Charles Silveira disse ontem que não discute a possibilidade de ser candidato a prefeito de Teresina. Mas isso não quer dizer que ele esteja tirando o time de campo.
“Eu não trato desse assunto, eu não discuto política mais, eu trato da fundação, a questão da política fica para os políticos”.
Está seguindo o chefe. Sucessão só a partir de janeiro.

De volta ao ninho

O prefeito Firmino Filho fez rasgados elogios ao ex-secretário de planejamento, Washington Bonfim. “Um nome técnico, qualificado e que hoje é referência em gestão pública no país”, disse.
Firmino dá a impressão de que gostaria ver Bonfim, que está no PP, de volta ao ninho tucano.

De casa nova

O vereador Nilson Cavalcanti, que está no Avante, confirma entendimento para se filiar ao PTB, de João Vicente Claudino. 
Nilson é suplente e está no exercício do mandato. Mas quer ouvir o prefeito Firmino Filho antes de bater o martelo.

Encontro de gestão

A prefeitura de Teresina realiza na manhã de hoje um encontro para tratar de gestão e aperfeiçoamento de seu quadro técnico. 
O evento acontece no Centro de Formação Odilon Nunes, na zona norte de Teresina. Estará o ex-secretário de educação da cidade de São Paulo (SP), Alexandre Schneider, que irá proferir palestra.

Inauguração

O governador Wellington Dias e o presidente da Agespisa, Genival Sales, inauguram hoje, o novo escritório da empresa na cidade de Esperantina. 
Foram aplicados R$ 127 mil na sede, que segue o novo padrão definido para todos os escritórios da empresa no interior.

Conectividade 

Na audiência com o vice-presidente da Anatel, Aníbal Diniz, o governador Wellington Dias apresentou o projeto Piauí Conectado, que deve ser expandido para todo o Nordeste, a partir da aprovação no Consórcio Nordeste, já neste mês de agosto. O projeto prevê uma cobertura abrangente nos nove estados da região, contemplando entre 80% a 90% da população.

Ping-Pong 
Reforma da Previdência!

O professor Gilmar Soares, da USP, repercute com o vice-prefeito Marcos Damasceno, do PT, a aprovação do texto base da reforma da Previdência

Gilmar Soares: “Nascer escravo e morrer livre (Lei dos Sexagenários, de 1885)”. Damasceno: “Nascer livre e morrer escravo (Reforma da Previdência, 2019)”.

Expressas 

Foi adiado para o dia três de agosto o início do funcionamento do Terminal de Integração Santa Lia, na zona Leste da cidade. 

A medida foi tomada por conta do atraso nos serviços de melhorias em algumas vias públicas, que vão facilitar o acesso dos ônibus ao terminal.

O Setor de Imagens e Gráficos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), gerido pela Fundação Municipal de Saúde, realizou este ano, de janeiro a junho, 64.581 exames de imagens.

A lei estadual sancionada semana passada, publicada nesta semana, e que relaciona 37 imóveis para venda, lista entre eles um prédio que pertence à Prefeitura de Teresina. O próprio anexo da Lei sancionada por Wellington Dias reconhece que há parecer da Procuradoria Geral do Estado informando que o pertence ao patrimônio do município de Teresina. O imóvel fica na rua Álvaro Mendes, 1431, centro, onde funcionou antes o Tribunal de Contas do Estado e depois o Fórum Central. Há pelo menos quatro anos o lugar é a própria imagem do abandono, embora esteja localizado a somente uma quadra do Palácio de Karnak, sede do governo, e encravado em uma área de maior valor na cidade. Uma fonte da Prefeitura diz que a lei estadual é esdrúxula. Autoriza o Estado a vender imóveis não regularizados, ou seja, imóveis sem propriedade registrada do Estado, o que não é o caso isolado como o espaço da sede do antigo TCE. Há vários imóveis na própria relação dos 37 em que há essa dificuldade da comprovação da titularidade. Isso evidência a desorganização do Estado em relação ao seu patrimônio imobiliário, que é vastíssimo. No caso do imóvel da prefeitura constando na relação da lei estadual, o prefeito Firmino Filho disse que acionou a Procuradoria Geral do Município para uma posição sobre o tema e em resposta ao órgão consultivo informou ao prefeito que o imóvel está em zona foreira e de domínio do município. Segundo a Procuradoria Geral do Município, ainda que o Estado alienasse não conseguiria entregar a titularidade para o adquirente. É preciso que das dezenas de assessores do governador apareça um que seja crítico e saiba diferenciar uma certidão de uma procuração. Ou um decreto de uma portaria.

Charles Silveira parece seguir a orientação de Firmino: não discute sucessão e muito menos sua eventual candidatura à prefeitura de Teresina (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Alô, Keiko!

A coluna recebeu denúncia segundo a qual, porque não foi pegar em casa, na viatura policial, a delegada titular de uma delegacia especial, um policial civil foi transferido para a Central de Flagrantes. Como sendo um castigo.
Os nomes em questão estão resguardados para conhecimento direto do delegado geral Luccy Keiko. 

Piada pronta

Diz o site humorístico Sensacionalista que a Polícia Federal prende hacker de mensagens que o ministro Sergio Moro não mandou. 
Esperar saber, então, o que a PF vai fazer quando chegar nas que Moro mandou.

Prova ilícita vale?

É do grupo ligado à Lava Jato a ideia do projeto de lei encaminhado à Câmara que acolhe num processo uma prova ilícita. Desde que colhida de boa fé.
Será que o ministro Moro continua pensando assim?

Edson Lobão

O ex-senador Edson Lobão recebeu título de ‘cidadão parnaibano’, anteontem. 
Diante do questionamento sobre que ‘serviços prestados’ à cidade, ele lembrou que foi autor da lei que incluiu o Piauí na Codevasf. 
Lembrou também que visitava muito a cidade no passado.

Lixo de ouro

O esquema do ‘lixo de ouro’ que levou o delegado Tiago Silva a prender um secretário da Prefeitura de Guadalupe e outras duas pessoas, ontem, pode ser detectado em quase todas as prefeituras piauienses. 
Solano Silva, aquele irrequieto e impossível denunciador das coisas erradas em Ribeira do Piauí, vem denunciando há muito tempo a licitação do ‘lixo de ouro’ do prefeito Arnaldo da Costa.
Mas tem uma bunda poderosa sentada no processo lá no TCE. Segundo ele diz.

Triste fim

Só se espera que Tiago Silva não tenha a mesma sorte (ou má sorte) do delegado Josimar, que apurou as malversarias em Ribeira do Piaui. 
Ele foi mandado embora da delegacia de lá porque o prefeito votava (à época) em deputada federal poderosa.

Ursa Marsha

Wellington Dias não pulou só uma fogueira. Ele tem que se apegar a tudo que são divindades porque escapou de ter sobre sua guarda o cadáver peludo da ursa Rowena (a conhecida ursa Marsha). 
Ela morreu no ‘santuário’ de São Paulo, para onde foi levada exatamente porque aqui, sob sol inclemente, poderia morrer de calor. Os ativistas ambientalistas iam tirar o couro do índio.
A bichinha morreu em consequência de um tumor no ovário. 

Apetite voraz

Ciro Nogueira, segundo o Antagonista, fez o Senado ressarci-lo de um ‘belo lanche’ que ele teria feito numa hamburgueria de Teresina que somou exatos R$ 161,00. 
Ele consumiu duas águas, uma coca-cola, uma cerveja, um chopp, duas porções de batatas fritas, um milk-shake e três sanduiches. 
A disposição alimentar do senador é igual a de fazer negócios. Tanto faz grande quanto pequeno.

Belo lanche

Mas como nas despesas o Senado não pode pagar pela bebida alcóolica, deve sobrar para o senador uns 90 reais, diz o Antagonista. 
Está aí, pois, um belo lanche de domingo.

Charles e a sucessão

Charles Silveira disse ontem que não discute a possibilidade de ser candidato a prefeito de Teresina. Mas isso não quer dizer que ele esteja tirando o time de campo.
“Eu não trato desse assunto, eu não discuto política mais, eu trato da fundação, a questão da política fica para os políticos”.
Está seguindo o chefe. Sucessão só a partir de janeiro.

De volta ao ninho

O prefeito Firmino Filho fez rasgados elogios ao ex-secretário de planejamento, Washington Bonfim. “Um nome técnico, qualificado e que hoje é referência em gestão pública no país”, disse.
Firmino dá a impressão de que gostaria ver Bonfim, que está no PP, de volta ao ninho tucano.

De casa nova

O vereador Nilson Cavalcanti, que está no Avante, confirma entendimento para se filiar ao PTB, de João Vicente Claudino. 
Nilson é suplente e está no exercício do mandato. Mas quer ouvir o prefeito Firmino Filho antes de bater o martelo.

Encontro de gestão

A prefeitura de Teresina realiza na manhã de hoje um encontro para tratar de gestão e aperfeiçoamento de seu quadro técnico. 
O evento acontece no Centro de Formação Odilon Nunes, na zona norte de Teresina. Estará o ex-secretário de educação da cidade de São Paulo (SP), Alexandre Schneider, que irá proferir palestra.

Inauguração

O governador Wellington Dias e o presidente da Agespisa, Genival Sales, inauguram hoje, o novo escritório da empresa na cidade de Esperantina. 
Foram aplicados R$ 127 mil na sede, que segue o novo padrão definido para todos os escritórios da empresa no interior.

Conectividade 

Na audiência com o vice-presidente da Anatel, Aníbal Diniz, o governador Wellington Dias apresentou o projeto Piauí Conectado, que deve ser expandido para todo o Nordeste, a partir da aprovação no Consórcio Nordeste, já neste mês de agosto. O projeto prevê uma cobertura abrangente nos nove estados da região, contemplando entre 80% a 90% da população.

Ping-Pong 
Reforma da Previdência!

O professor Gilmar Soares, da USP, repercute com o vice-prefeito Marcos Damasceno, do PT, a aprovação do texto base da reforma da Previdência

Gilmar Soares: “Nascer escravo e morrer livre (Lei dos Sexagenários, de 1885)”. Damasceno: “Nascer livre e morrer escravo (Reforma da Previdência, 2019)”.

Expressas 

Foi adiado para o dia três de agosto o início do funcionamento do Terminal de Integração Santa Lia, na zona Leste da cidade. 

A medida foi tomada por conta do atraso nos serviços de melhorias em algumas vias públicas, que vão facilitar o acesso dos ônibus ao terminal.

O Setor de Imagens e Gráficos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), gerido pela Fundação Municipal de Saúde, realizou este ano, de janeiro a junho, 64.581 exames de imagens.

O Dnocs em morte lenta Um quadro dramático

Mais lidas desse blog