Publicidade

O tiro no pé

Através de áudios com palavras ameaçadoras,  desrespeitosas, a nova investida do engenheiro Jivago Castro, ainda remanescente da morte da estudante Fernanda Lages, ganhou contornos de descontrole e ódio injustificados, centralizando uma série de ataques criminosos e diretos a este jornalista , aos promotores Ubiraci Roca e Eliardo Cabral (este último, já aposentado) e ao advogado Lucas Villa, contratado da família de Fernanda. Jivago enviou, por aplicativo de whattsapp, áudios bem nítidos em que afirma que perdeu sua honra quando foi acusado de envolvimento na morte da estudante, e admite querer vingança contra os promotores, o jornalista e o advogado. Contra Lucas Villa ele desafia-o para não ingressar na disputa da presidência da seccional local da OAB, ou estará logo abaixo do palanque, esperando-o. Pergunta-se: para que? A ameaça de morte é aberta: seria uma facada, pelo mau exemplo de Minas Gerais?  Ou um tiro no peito do advogado?  Mais que isso, contra os promotores, a agressão gratuita e desvairada transborda para a idiotia, com o palavreado chulo e rasteiro que importa em difamação, injúria e novas ameaças de morte (“essas porcarias não deveriam estar por aqui”; “vou colocar essas porcarias no saco”; “vou quebrar tudim -sic- de porrada, vem na frente Ubiraci, vem...”), além de pregar, abertamente, a propagação das leviandades, das infâmias e ameaças, importando em danos materiais e morais, claríssimos. A reação dos promotores foi imediata, através da Associação do Ministério Público, em que afirma “tomar todas as providências no sentido de que as ofensas e ameaças proferidas sejam severamente punidas”. Até hoje, sete anos depois, não se tem certeza se a ação penal que apura o cruel, covarde assassinato de Fernanda Lages chegará, um dia, a ser concluída. Mas, diante dos toscos episódios protagonizados pelo engenheiro, não é preciso dizer muito, mas apenas que esse senhor acaba de dar um tiro certeiro. No próprio pé. 

O candidato Luciano Nunes não teme investigação no gabinete do pai, no TCE, sobre suspeita de ter se transformado em comitê eleitoral

Data AZ

Coligação partidária Mudar para Cuidar da Nossa Gente resolveu tentar evitar a divulgação da pesquisa Data AZ realizada semana passada em Teresina, de intenção de voto para governador, senador, deputados federal e estadual. 
Alega erros técnicos no formulário.

Cartórios

O Tribunal de Justiça colocou em pauta, mais uma vez, o Mandado de Segurança do concurso de cartórios no Piauí. 
E, mais uma vez (não se irrite ou não ria, leitor), foi adiado.

Pressa! Para que?

Esse adiamento (desta vez, porque parte dos senhores desembargadores não compareceu) só confirma a afirmação do relator do MS, desembargador Joaquim Santana: ‘não tenho pressa”. 
Já se passaram cinco anos.

Sinderm

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina informa que no dia 19 de abril de 2017 protocolou na Prefeitura, por meio do ofício nº 095/2017, mais de 100 reivindicações para melhorias nas condições de trabalho, incluindo a criação de uma equipe paritária entre PMT e Sindserm para acompanhar e resolver os casos de assédio e opressão nos locais de trabalho. 
A reivindicação não foi atendida.

Fato ou fake?

Surgiram umas histórias de que tem zarpado de um aeroporto nos arredores de Brasília alguns aviões para o Piauí – e certamente para outros Estados – carregados de malas de dinheiro. 
Para ser ou que está sendo usado na campanha eleitoral. 

O motivo

Amigos bem próximos do deputado Marcelo Castro tem se mostrado preocupados com os desatinos do sobrinho dele, Jivago Castro, com ameaças contra os promotores de Justiça Ubiraci Rocha, Eliardo Carvalho, o advogado Lucas Villa e contra este jornalista. 
Acham que o sobrinho vai terminar prejudicando o candidato ao Senado.

O motivo 2

De fato, os encarregados da imagem de Marcelo acham que requentar os fatos ligados a morte de Fernanda Lages, como Jivago está fazendo,  pode ser a grande manifestação contrária a candidatura do tio.
Que já está capengando. 

Defesa

Só para se ter uma ideia da gravidade das manifestações do engenheiro contra os promotores, a associação do Ministério Público saiu em defesa dos ofendidos anunciando que adotará as medidas cabíveis contra o agressor. 
Para a associação, Jivago termina atacando a todos os membros do Ministério Público.

Intimidação

Também o advogado Lucas Villa diz, em vídeo, parafraseando o lendário Sobral Pinto que “a advocacia não é profissão para os covardes”, mostrando com isso que não se intimidará com as ameaças feitas por Jivago.
“Não aceitarei que ninguém jamais intimide a mim ou à classe a que pertenço”, avisa.

Coletiva do caos

Seis candidatos ao governo do Estado convocaram entrevista coletiva para o anúncio do caos. Lá se falou de tudo: de operações policiais à possibilidade do Estado atrasar salário de servidor. Teve um que levantou e pediu a renuncia do governador.
Esse parece não acreditar no poder do eleitor. 

Estou tranquilo

O deputado e candidato a governador, Luciano Nunes (PSDB), disse estar tranquilo com a investigação do MPF que quer saber se o gabinete de seu pai no Tribunal de Contas do Estado, virou uma espécie de comitê de campanha do tucano.
"Estou absolutamente tranquilo, podem investigar a vontade", disse.

Tolerância Zero

O TRE reuniu 82 juízes eleitorais das diversas comarcas do Estado. A recomendação do Desembargador Presidente, Sebastião Ribeiro Martins, foi para os magistrados terem "tolerância zero" contra a compra de votos e fake News.

Mais mortes

O Sindicado dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi) realizou pesquisa para apurar dados sobre os homicídios ocorridos no Estado no período que compreende os seis primeiros meses de 2018.
Segundo a pesquisa, nos primeiros seis meses do ano, o Piauí registrou 320 homicídios.

Mais mortes 2

São mortes que, em grande maioria, são ocasionadas por acerto de contas, execuções, discussões, latrocínios e crimes passionais.
O número atual apresenta um aumento visível quando comparado com os dados do mesmo período do ano passado, pois no primeiro semestre de 2017 o número ficou em 293 mortes.

Eleitorado

Impressionante, nas pesquisas de intenção de voto Bolsonaro tem tido mais votos das mulheres que Marina Silva. 
O Ibope mostrou na sua última pesquisa que 18% do eleitorado feminino estão com o candidato. 
Apenas 14% dizem votar em Marina.

Ping-Pong 

A interpelação

Xico Prime repercute matéria sobre interpelação judicial do conselheiro Kennedy Barros ao organizador do grupo de WhatsApp . Um dos membros do grupo, Robert Rios sai em defesa.
Robert: “ninguém é obrigado a responder interpelação judicial...”
O Xico: “Quem irá responder  serão os seus companheiros da Polícia Federal”.

Expressas 

O Tribunal de Justiça do Piauí e a Escola Judiciária realizarão no dia 21 de setembro das 8h às 13h, o Workshop Judicialização da Saúde – provocações e diretrizes.

 O evento acontecerá no Auditório do prédio Anexo do TJ-PI e as inscrições podem ser feitas no site da EJUD.

Começa hoje a Semana Nacional de Trânsito que tem o objetivo de conscientizar as pessoas para a necessidade de posturas e atitudes corretas ao dirigir. 

Bem na foto Metástase corruptora

Mais lidas desse blog