1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Alto lá, presidente!
Publicidade

Alto lá, presidente!

A declaração do presidente Bolsonaro sobre os governadores do Nordeste se dirigirem a Curitiba porque lá estaria o presidente deles precisa ser encarada como algo muito grave. O Brasil é uma Federação e o presidente da República, por menos que goste de seus desafetos, não pode permitir-se a tratar governadores de estados como inimigos ou usar a força de seu cargo para adoção de medidas que possam resultar em prejuízos para as populações dos estados atingidos por eventuais represálias. Um pouco da prática republicana do federalismo, aliás, ajudar a dissipar esse tipo de ranço revanchista. Um exemplo é a própria formação do Congresso Nacional, que dá peso igual aos Estados e ao Distrito Federal quando uma de suas casas, o Senado, tem três representantes por unidade da Federação. Ademais, a transferência de valores financeiros resultantes de políticas públicas de saúde e educação, por exemplo, não é um favor que a União faz aos Estados e Municípios. Finalmente, deve-se lembrar o senhor presidente que o sucesso de seu governo perpassa por conversações com os Estados em áreas fundamentais para todos os entes federados, como o equilíbrio fiscal, obtido com reformas que para passar no Congresso também carecem do apoio dos governadores.

João Henrique toma posse hoje como o presidente nacional do Sebrae (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

Prorrogações

Helder Jacobina (Educação) começou 2019 prorrogando contratos da Seduc. O secretário assinou ao menos 11 aditivos a contratos antigos da secretaria com diversas empresas.

Prorrogações 2

No DER, o diretor-geral Castro Neto estreou 2019 com oito aditamentos a contratos antigos.
É no aditivo que a coisa rende. E, às vezes, complica. 

Abre o olho 

Não é segredo, Themístocles Filho tem um pedido de Impeachment de Wellington Dias guardado. Nunca colocou em pauta. 
Em diversas vezes ele não só fez aprovar matérias de interesse do governador como rechaçou iniciativas da oposição. 
Então, Wellington quer trocar o certo pelo duvidoso para ficar refém desse trio, ávido por poder e dinheiro? 

Previdência

Tem-se uma ideia de quão é preocupante o desequilíbrio financeiro causado pelo peso de pensões e aposentadorias no Piauí quando, na primeira edição de 2019 do Diário Oficial, são publicadas as portarias mandando para a inatividade 57 servidores estaduais.

Vistoria

O Detran deverá credenciar empresas para a vistoria de 1.184.891 veículos em 41 cidades do Piauí. O credenciamento será feito em dois lotes. No primeiro, as quatro cidades com frotas acima de 40 mil veículos e no segundo, 37 cidades com frotas abaixo de 40 mil.

Frota

O grosso da vistoria vai ser feio em Teresina (495.594 veículos), Parnaíba (103.328), Picos (72.661) e Floriano (43.885).

Aliás

Ao divulgar os números da frota em cidades nas quais fará credenciamento de empresas para vistoria veicular, o Detran expôs alguns detalhes estatísticos: Picos, com 78 mil moradores, tem praticamente um veículo para cada morador. Parnaíba, Teresina e Floriano têm um veículo para cada dois habitantes.

Quem fica

Embora a definição do desenho da administração estadual só se vá saber em fevereiro, após a posse dos deputados estaduais, federais e senadores, já se pode adiantar que Fábio Abreu deverá voltar a comandar a Secretaria da Segurança Pública no Piauí.
Apesar de se saber como ele deixou o setor. Bem entregue aos bandidos. 

Quem vai

Merlong Solano, que está interinamente respondendo pela Secretaria de Governo, vai exercer mandato de deputado federal, em Brasília. Com isso, a possibilidade de Wellington Dias convocar mais um suplente de deputado federal é grande, abrindo vaga para a convocação de Paes Landim.

JH no Sebrae

João Henrique de Almeida Sousa toma posse nesta segunda-feira na presidência nacional do Sebrae. Será às 17 horas, na sede do órgão, em Brasília. Eleito presidente do Sebrae no dia 29 de novembro, por indicação do ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro dos Transportes terá como primeiro desafio no cargo demover o governo Bolsonaro da ideia de reduzir os recursos financeiros do Sistema S, que inclui o Sebrae.

Judiciário

Outra posse que deve ser bastante concorrida é a dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça, os desembargadores Sebastião Ribeiro Martins (presidente), Haroldo Rehem (vice), Hilo de Almeida Sousa (corregedor) e Othon Lustosa (vice-corregedor). 
Será às 10 horas com a presença de todo o mundo político local.

Luto

Oeiras perdeu sexta-feira passada uma grande referência cultural. Artista de enorme talento, a musicista Petinha Amorim foi uma das fundadoras do grupo Bandolins de Oeiras, que levou o nome e a musicalidade da nossa cidade para todo o Brasil.

Posto

Deve começar em breve a temporada 2019 das licitações para a aquisição de combustível. Não é pouca coisa não. Considerando que em 2018 a média de valores licitados superou fácil a casa de R$ 500 mil, está-se falando de uma fortuna de R$ 112 milhões.

Ping-Pong

Exclusão por medo

Prefeito pela terceira vez de Teresina, Wall Ferraz (1993) trava discussão áspera com seu secretário de Comunicação, Zózimo Tavares, na frente do chefe de gabinete, Romildo Mafra, campeão de levar 'esfregas' do prefeito. O clima fica conturbado. Zózimo sai da sala resmungando para Romildo.

Zózimo: "Eu não tenho medo de presidente da República, de general, de governador, de senador, de deputado federal e....nem de vereador..."
Romildo: "Mas tem de prefeito, pois acabou de excluí-lo da relação".

Originalmente publicada em 2 de novembro de 2006.

Expressas

Com previsão de chuvas em menor escala em janeiro que em dezembro, estão sossegados os prefeitos que tiveram problemas com o aguaceiro do mês passado.
 
Mas se a chuva a menor traz alivio para prefeitos com cidades de drenagem ruim, um veranico agora poderá ser desastroso para a agricultura.
 
Professores vão pressionar o governo estadual a dar o reajuste de 4,71% do piso nacional do magistério.

A declaração do presidente Bolsonaro sobre os governadores do Nordeste se dirigirem a Curitiba porque lá estaria o presidente deles precisa ser encarada como algo muito grave. O Brasil é uma Federação e o presidente da República, por menos que goste de seus desafetos, não pode permitir-se a tratar governadores de estados como inimigos ou usar a força de seu cargo para adoção de medidas que possam resultar em prejuízos para as populações dos estados atingidos por eventuais represálias. Um pouco da prática republicana do federalismo, aliás, ajudar a dissipar esse tipo de ranço revanchista. Um exemplo é a própria formação do Congresso Nacional, que dá peso igual aos Estados e ao Distrito Federal quando uma de suas casas, o Senado, tem três representantes por unidade da Federação. Ademais, a transferência de valores financeiros resultantes de políticas públicas de saúde e educação, por exemplo, não é um favor que a União faz aos Estados e Municípios. Finalmente, deve-se lembrar o senhor presidente que o sucesso de seu governo perpassa por conversações com os Estados em áreas fundamentais para todos os entes federados, como o equilíbrio fiscal, obtido com reformas que para passar no Congresso também carecem do apoio dos governadores.

João Henrique toma posse hoje como o presidente nacional do Sebrae (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

Prorrogações

Helder Jacobina (Educação) começou 2019 prorrogando contratos da Seduc. O secretário assinou ao menos 11 aditivos a contratos antigos da secretaria com diversas empresas.

Prorrogações 2

No DER, o diretor-geral Castro Neto estreou 2019 com oito aditamentos a contratos antigos.
É no aditivo que a coisa rende. E, às vezes, complica. 

Abre o olho 

Não é segredo, Themístocles Filho tem um pedido de Impeachment de Wellington Dias guardado. Nunca colocou em pauta. 
Em diversas vezes ele não só fez aprovar matérias de interesse do governador como rechaçou iniciativas da oposição. 
Então, Wellington quer trocar o certo pelo duvidoso para ficar refém desse trio, ávido por poder e dinheiro? 

Previdência

Tem-se uma ideia de quão é preocupante o desequilíbrio financeiro causado pelo peso de pensões e aposentadorias no Piauí quando, na primeira edição de 2019 do Diário Oficial, são publicadas as portarias mandando para a inatividade 57 servidores estaduais.

Vistoria

O Detran deverá credenciar empresas para a vistoria de 1.184.891 veículos em 41 cidades do Piauí. O credenciamento será feito em dois lotes. No primeiro, as quatro cidades com frotas acima de 40 mil veículos e no segundo, 37 cidades com frotas abaixo de 40 mil.

Frota

O grosso da vistoria vai ser feio em Teresina (495.594 veículos), Parnaíba (103.328), Picos (72.661) e Floriano (43.885).

Aliás

Ao divulgar os números da frota em cidades nas quais fará credenciamento de empresas para vistoria veicular, o Detran expôs alguns detalhes estatísticos: Picos, com 78 mil moradores, tem praticamente um veículo para cada morador. Parnaíba, Teresina e Floriano têm um veículo para cada dois habitantes.

Quem fica

Embora a definição do desenho da administração estadual só se vá saber em fevereiro, após a posse dos deputados estaduais, federais e senadores, já se pode adiantar que Fábio Abreu deverá voltar a comandar a Secretaria da Segurança Pública no Piauí.
Apesar de se saber como ele deixou o setor. Bem entregue aos bandidos. 

Quem vai

Merlong Solano, que está interinamente respondendo pela Secretaria de Governo, vai exercer mandato de deputado federal, em Brasília. Com isso, a possibilidade de Wellington Dias convocar mais um suplente de deputado federal é grande, abrindo vaga para a convocação de Paes Landim.

JH no Sebrae

João Henrique de Almeida Sousa toma posse nesta segunda-feira na presidência nacional do Sebrae. Será às 17 horas, na sede do órgão, em Brasília. Eleito presidente do Sebrae no dia 29 de novembro, por indicação do ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro dos Transportes terá como primeiro desafio no cargo demover o governo Bolsonaro da ideia de reduzir os recursos financeiros do Sistema S, que inclui o Sebrae.

Judiciário

Outra posse que deve ser bastante concorrida é a dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça, os desembargadores Sebastião Ribeiro Martins (presidente), Haroldo Rehem (vice), Hilo de Almeida Sousa (corregedor) e Othon Lustosa (vice-corregedor). 
Será às 10 horas com a presença de todo o mundo político local.

Luto

Oeiras perdeu sexta-feira passada uma grande referência cultural. Artista de enorme talento, a musicista Petinha Amorim foi uma das fundadoras do grupo Bandolins de Oeiras, que levou o nome e a musicalidade da nossa cidade para todo o Brasil.

Posto

Deve começar em breve a temporada 2019 das licitações para a aquisição de combustível. Não é pouca coisa não. Considerando que em 2018 a média de valores licitados superou fácil a casa de R$ 500 mil, está-se falando de uma fortuna de R$ 112 milhões.

Ping-Pong

Exclusão por medo

Prefeito pela terceira vez de Teresina, Wall Ferraz (1993) trava discussão áspera com seu secretário de Comunicação, Zózimo Tavares, na frente do chefe de gabinete, Romildo Mafra, campeão de levar 'esfregas' do prefeito. O clima fica conturbado. Zózimo sai da sala resmungando para Romildo.

Zózimo: "Eu não tenho medo de presidente da República, de general, de governador, de senador, de deputado federal e....nem de vereador..."
Romildo: "Mas tem de prefeito, pois acabou de excluí-lo da relação".

Originalmente publicada em 2 de novembro de 2006.

Expressas

Com previsão de chuvas em menor escala em janeiro que em dezembro, estão sossegados os prefeitos que tiveram problemas com o aguaceiro do mês passado.
 
Mas se a chuva a menor traz alivio para prefeitos com cidades de drenagem ruim, um veranico agora poderá ser desastroso para a agricultura.
 
Professores vão pressionar o governo estadual a dar o reajuste de 4,71% do piso nacional do magistério.

Um cúmplice silêncio TCE-PI sob nova direção

Mais lidas desse blog