Publicidade

Novos desafios

Ontem tomaram posse os novos parlamentares. No Piauí, 30 deputados estaduais eleitos e reeleitos, que já na segunda metade de fevereiro, devem se debruçar sobre a reforma administrativa que o governador Wellington Dias (PT) deve encaminhar – mais uma entre tantas que ele fez ao longo das três vezes anteriores em que governou o Estado. Parece tarefa mais simples, porque parece haver um consenso quanto à necessidade de passar a faca na estrutura administrativa hipertrofiada do governo, aliás, engordada por iniciativa de quem agora precisa empunhar a faca para fazer um corte profundo. Se localmente há mais chances de se fazer votações sem grandes embates, na administração federal a situação deve ser mais dura – a começar pela escolha, ontem, dos presidentes das Casas do Congresso. O que vem por aí é uma discussão muito forte sobre reformas inadiáveis e cuja aprovação requer do governo do presidente Bolsonaro enorme esforço para angariar o apoio dos parlamentares e partidos. Tarefa difícil de ser feita, considerando, sobretudo, a dificuldade de se obter um consenso tão necessário quanto às reformas para que o país se desenvolva.

O secretário de Segurança, Rubens Pereira, vai a encontro com o ministro Moro (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

Carinho e atenção

Os sinceros agradecimentos às inúmeras manifestações de carinho e afeto a este jornalista, enviadas pelos amigos, leitores e internautas, pela passagem do aniversário.
É sempre bom saber o quanto se é admirado e respeitado. Por isso, retribuo com o  mesmo carinho e afeto, sempre.

Amadorismo

O que ficou dessa disputa renhida pelo poder na Assembleia Legislativa do Piauí foi a constatação de que de um lado tinha um hábil profissional e do outro, dois amadores. 
Themístocles x Ciro Nogueira/Assis Carvalho.

Comemoração

Themístocles Filho nem teve tempo de comemorar sua vitória para a presidência da Assembleia Legislativa. 
Teve que pegar avião para festejar a posse do filho, Marco Aurélio, no mandato de deputado federal.
E como tinha convidados. Mesa em restaurante brasiliense de mais de 80 convidados.

Reforma

Vai ser uma degola geral nas coordenadorias criadas dois anos atrás como mimo ao MDB e outros aliados, mas deve vir por aí uma nova dessas repartições. A superintendência que cuida de privatização (parcerias e concessões, como prefere o governo) deverá ser transformada em uma coordenadoria.

Escapou

A Fundação Cepro escapou de ser degolada na reforma administrativa. Seguirá existindo, possivelmente com a escassez de recurso dos últimos tempos, mas possivelmente reforçada por algumas ações antes realizadas pela Seplan.

Infraestrutura

Havia a ideia de se enxugar as estruturas administrativas da administração direta que cuidam de infraestrutura, mas não há quem fale sobre o fim de secretarias como as de Cidades e Infraestrutura. O certo é que a Secretaria de Transportes deve seguir existindo, mais poderosa do que nunca.

Fim

Uma secretaria que pode ter seu fim decretado é a de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis. É que no Piauí a única coisa que andou para frente foi a parte final da sigla da pasta, e ainda assim sem que o governo fizesse grande esforços, a não ser anunciar que ajudou.
Ah, engordou os bolsos de quem por lá passou.

Fala, Wellington

Wellington Dias conseguiu adiar para terça-feira a leitura de seu relatório anual e mensagem para os deputados estaduais. Mas voltou atrás e vai fazer o discurso na segunda-feira, 4 de fevereiro.

Limite

Segunda-feira, Wellington Dias deve aproveitar sua ida à Assembleia Legislativa para, no primeiro contato com a nova composição da Casa, anunciar as medidas de reforma administrativa que pretende anunciar até 15 de fevereiro.

Com Moro

O pedido de adiamento era para abrir espaço na agenda para que o governador se reunisse com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Agora, quem representará o Piauí na reunião que debaterá a nova Lei Anticrime será o secretário da Segurança, Rubens Pereira.

Serenidade

Com a eleição de Themístocles Filho (MDB) decidida com antecedência e a votação sendo meramente uma formalidade, não houve em 2019 a explosão de alegria do correligionário do presidente, deputado estadual João Madison. Mas memes com vídeos e imagens animadas (GIFs) do deputado estavam ontem em todos os grupos de WhatsApp.

Voltas

O mundo dá voltas, como se sabe. Quatro anos atrás, Fabio Novo (PT) foi derrotado por um voto para a Presidência da Assembleia. Ontem, sem que houvesse disputa, ele foi escolhido primeiro secretário da Mesa Diretora presidida por Themístocles Filho, que lhe impingiu a derrota.

Hermes

Ontem, na posse dos 54 novos senadores, um piauiense estava na tela da TV Senado. O jornalista e apresentador Hermes Coelho, da TV Senado, foi quem ancorou a transmissão da solenidade dos novos integrantes da Casa.

Dead line

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Leste (SDU-Leste) deu ultimato para que a empresa Getel diga se pode ou não cumprir o contrato para a execução da obra da avenida Ulisses Marques, paralisada há três meses. Se não apresentar soluções, o contrato será desfeito.

Ping-Pong

A prova do crime

Em uma delegacia do interior do Piauí, pelos idos dos anos 50, o delegado convoca um rapaz que ‘mexeu’ com uma moça de família. Tal atitude teria que resultar em casamento. A moça também vai e conta sua história.

O delegado: “Tem como provar a sua história?”
A moça: “Tenho. Onde a gente fez o negócio tinha uma pedra”.
O delegado: “Pois vá pegar a pedra”.
O delegado (depois que a moça se afastou): “Você acha que ela traz a pedra?”
O rapaz: “Traz nada, doutor. Lá onde a gente ficou tinha um monte de pedras”
O delegado: “Moça, volte que ele já confessou o delito”.

Expressas

O Instituto de Previdência do Município registrou mais de 11 mil atendimentos só no mês de janeiro de 2019.

A Ponte Estaiada, localizada na zona Leste de Teresina, ficará iluminada nas cores laranja e azul, nos dias 3 e 4 de fevereiro.

A iluminação especial do ponto turístico acontece em alusão ao Dia Mundial do Câncer, celebrado no dia quatro deste mês.

Ontem tomaram posse os novos parlamentares. No Piauí, 30 deputados estaduais eleitos e reeleitos, que já na segunda metade de fevereiro, devem se debruçar sobre a reforma administrativa que o governador Wellington Dias (PT) deve encaminhar – mais uma entre tantas que ele fez ao longo das três vezes anteriores em que governou o Estado. Parece tarefa mais simples, porque parece haver um consenso quanto à necessidade de passar a faca na estrutura administrativa hipertrofiada do governo, aliás, engordada por iniciativa de quem agora precisa empunhar a faca para fazer um corte profundo. Se localmente há mais chances de se fazer votações sem grandes embates, na administração federal a situação deve ser mais dura – a começar pela escolha, ontem, dos presidentes das Casas do Congresso. O que vem por aí é uma discussão muito forte sobre reformas inadiáveis e cuja aprovação requer do governo do presidente Bolsonaro enorme esforço para angariar o apoio dos parlamentares e partidos. Tarefa difícil de ser feita, considerando, sobretudo, a dificuldade de se obter um consenso tão necessário quanto às reformas para que o país se desenvolva.

O secretário de Segurança, Rubens Pereira, vai a encontro com o ministro Moro (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

Carinho e atenção

Os sinceros agradecimentos às inúmeras manifestações de carinho e afeto a este jornalista, enviadas pelos amigos, leitores e internautas, pela passagem do aniversário.
É sempre bom saber o quanto se é admirado e respeitado. Por isso, retribuo com o  mesmo carinho e afeto, sempre.

Amadorismo

O que ficou dessa disputa renhida pelo poder na Assembleia Legislativa do Piauí foi a constatação de que de um lado tinha um hábil profissional e do outro, dois amadores. 
Themístocles x Ciro Nogueira/Assis Carvalho.

Comemoração

Themístocles Filho nem teve tempo de comemorar sua vitória para a presidência da Assembleia Legislativa. 
Teve que pegar avião para festejar a posse do filho, Marco Aurélio, no mandato de deputado federal.
E como tinha convidados. Mesa em restaurante brasiliense de mais de 80 convidados.

Reforma

Vai ser uma degola geral nas coordenadorias criadas dois anos atrás como mimo ao MDB e outros aliados, mas deve vir por aí uma nova dessas repartições. A superintendência que cuida de privatização (parcerias e concessões, como prefere o governo) deverá ser transformada em uma coordenadoria.

Escapou

A Fundação Cepro escapou de ser degolada na reforma administrativa. Seguirá existindo, possivelmente com a escassez de recurso dos últimos tempos, mas possivelmente reforçada por algumas ações antes realizadas pela Seplan.

Infraestrutura

Havia a ideia de se enxugar as estruturas administrativas da administração direta que cuidam de infraestrutura, mas não há quem fale sobre o fim de secretarias como as de Cidades e Infraestrutura. O certo é que a Secretaria de Transportes deve seguir existindo, mais poderosa do que nunca.

Fim

Uma secretaria que pode ter seu fim decretado é a de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis. É que no Piauí a única coisa que andou para frente foi a parte final da sigla da pasta, e ainda assim sem que o governo fizesse grande esforços, a não ser anunciar que ajudou.
Ah, engordou os bolsos de quem por lá passou.

Fala, Wellington

Wellington Dias conseguiu adiar para terça-feira a leitura de seu relatório anual e mensagem para os deputados estaduais. Mas voltou atrás e vai fazer o discurso na segunda-feira, 4 de fevereiro.

Limite

Segunda-feira, Wellington Dias deve aproveitar sua ida à Assembleia Legislativa para, no primeiro contato com a nova composição da Casa, anunciar as medidas de reforma administrativa que pretende anunciar até 15 de fevereiro.

Com Moro

O pedido de adiamento era para abrir espaço na agenda para que o governador se reunisse com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Agora, quem representará o Piauí na reunião que debaterá a nova Lei Anticrime será o secretário da Segurança, Rubens Pereira.

Serenidade

Com a eleição de Themístocles Filho (MDB) decidida com antecedência e a votação sendo meramente uma formalidade, não houve em 2019 a explosão de alegria do correligionário do presidente, deputado estadual João Madison. Mas memes com vídeos e imagens animadas (GIFs) do deputado estavam ontem em todos os grupos de WhatsApp.

Voltas

O mundo dá voltas, como se sabe. Quatro anos atrás, Fabio Novo (PT) foi derrotado por um voto para a Presidência da Assembleia. Ontem, sem que houvesse disputa, ele foi escolhido primeiro secretário da Mesa Diretora presidida por Themístocles Filho, que lhe impingiu a derrota.

Hermes

Ontem, na posse dos 54 novos senadores, um piauiense estava na tela da TV Senado. O jornalista e apresentador Hermes Coelho, da TV Senado, foi quem ancorou a transmissão da solenidade dos novos integrantes da Casa.

Dead line

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Leste (SDU-Leste) deu ultimato para que a empresa Getel diga se pode ou não cumprir o contrato para a execução da obra da avenida Ulisses Marques, paralisada há três meses. Se não apresentar soluções, o contrato será desfeito.

Ping-Pong

A prova do crime

Em uma delegacia do interior do Piauí, pelos idos dos anos 50, o delegado convoca um rapaz que ‘mexeu’ com uma moça de família. Tal atitude teria que resultar em casamento. A moça também vai e conta sua história.

O delegado: “Tem como provar a sua história?”
A moça: “Tenho. Onde a gente fez o negócio tinha uma pedra”.
O delegado: “Pois vá pegar a pedra”.
O delegado (depois que a moça se afastou): “Você acha que ela traz a pedra?”
O rapaz: “Traz nada, doutor. Lá onde a gente ficou tinha um monte de pedras”
O delegado: “Moça, volte que ele já confessou o delito”.

Expressas

O Instituto de Previdência do Município registrou mais de 11 mil atendimentos só no mês de janeiro de 2019.

A Ponte Estaiada, localizada na zona Leste de Teresina, ficará iluminada nas cores laranja e azul, nos dias 3 e 4 de fevereiro.

A iluminação especial do ponto turístico acontece em alusão ao Dia Mundial do Câncer, celebrado no dia quatro deste mês.

A fritura de Sérgio Moro Alertar não é fazer terrorismo

Mais lidas desse blog