1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Diego Hypólito fica fora da final do solo em etapa da Copa do Mundo
Publicidade

Diego Hypólito fica fora da final do solo em etapa da Copa do Mundo


Diego Hypólito não conseguiu avançar na Copa do Mundo (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Diego Hypólito voltou a disputar competições internacionais após dois anos. O resultado, entretanto, não foi o esperado. Representando a equipe brasileira de Ginástica Artística, o atleta não passou da qualificatória no solo, terminou na 17ª colocação com a pontuação de 12.433 e ficou de fora da final da etapa da Copa do Mundo por aparelhos em Baku, no Azerbaijão.

Em sua conta no Instagram, o ginasta lamentou o resultado, explicou a sua ausência na decisão, mas manteve a confiança na continuidade do trabalho. “Oi galera do Brasil! Infelizmente não me classifiquei para a final, pois na última acrobacia faltou rotação então o exercício não vale e aí sou mais descontado que uma queda! Agradeço a torcida e próxima semana tem mais em Doha! Obrigado Deus por tudo nas derrotas encontro a vitória pessoal!”, escreveu.

Na etapa do solo, quem avançou à final na primeira posição foi o israelita Artem Dolgopyat, que anotou 14.400. O finlandês Emil Soravuo fez 14.133 e foi seguido pelo australiano Christopher Remkes. A decisão acontece no próximo sábado. Já Diego volta a competir apenas na semana seguinte a etapa da Copa do Mundo em Doha, no Catar.


Diego Hypólito não conseguiu avançar na Copa do Mundo (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Diego Hypólito voltou a disputar competições internacionais após dois anos. O resultado, entretanto, não foi o esperado. Representando a equipe brasileira de Ginástica Artística, o atleta não passou da qualificatória no solo, terminou na 17ª colocação com a pontuação de 12.433 e ficou de fora da final da etapa da Copa do Mundo por aparelhos em Baku, no Azerbaijão.

Em sua conta no Instagram, o ginasta lamentou o resultado, explicou a sua ausência na decisão, mas manteve a confiança na continuidade do trabalho. “Oi galera do Brasil! Infelizmente não me classifiquei para a final, pois na última acrobacia faltou rotação então o exercício não vale e aí sou mais descontado que uma queda! Agradeço a torcida e próxima semana tem mais em Doha! Obrigado Deus por tudo nas derrotas encontro a vitória pessoal!”, escreveu.

Na etapa do solo, quem avançou à final na primeira posição foi o israelita Artem Dolgopyat, que anotou 14.400. O finlandês Emil Soravuo fez 14.133 e foi seguido pelo australiano Christopher Remkes. A decisão acontece no próximo sábado. Já Diego volta a competir apenas na semana seguinte a etapa da Copa do Mundo em Doha, no Catar.