1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Depois do tri Metropolitano, Campo Largo mantém base e voltará a disputar o Estadual
Publicidade

Depois do tri Metropolitano, Campo Largo mantém base e voltará a disputar o Estadual

Time busca o título Estadual e ainda vai disputar a Liga Nordeste no final do ano

No último domingo (09) o ginásio Verdão recebeu a final do Campeonato Metropolitano. Em quadra, Campo Largo e AABB reeditaram a final do ano passado e mais uma vez o Campo Largo levantou o título de campeão pelo terceiro ano consecutivo. 


Equipe após a conquista do tri (Foto: divulgação/Instagram)

Na fase de grupos, o Campo Largo terminou com a segunda melhor campanha, ficando atrás apenas da AABB, e a melhor do grupo A. Nas quartas foi o primeiro a garantir classificação ao vencer o Piauí por 3 a 0. 

Na semifinal bateu o Cajuina e na final venceu a até então invicta AABB por 3 a 0 e ergueu o título do tricampeonato. Depois disso, o Campo Largo ainda foi premiado com o melhor goleiro da competição, Wemerson e a artilharia com oito gols do cearense Franscisco Anderson, o Titota. 

Com isso, o time conquistou a vaga para disputar a Liga Nordeste de 2019 e segundo o presidente do clube, Jairo Leitão, o time voltará a disputar o Estadual, competição que não pode disputar ano passado devido a problemas pessoas do presidente do clube. 


Campo Largo (Foto: divulgação/Instagram)

Para essas duas competições, Jairo informou que o time deve mantér a base e que apenas peças pontuais serão contratadas depois de uma analise com o técnico. Para Jairo, o que vem demostrando a hegemonia do Metropolitano nos últimos anos é a manutenção das peças o que vem refletindo na união da equipe. 

“Nós mantivemos a base dos dois anos, trouxemos os mesmos jogadores e o nosso obejtivo era o tricampeonato. Fizemos uma campanha boa. Perdemos apenas uma partida, pois nela tinhamos seis desfalques, mas serviu como exemplo para gente. Focamos mais e conseguimos ser campeões. Tudo isso se deve a união dos atletas e principalmente ao nosso treinador, o Clemilton, que é um treinador experiente. Agora vamos a Liga Nordeste e o Estadual. Vamos disputar todo o calendário, com tudo que tivermos direito”, afirmou. 


Equipe Sub-20 foi campeão Metropolitana de 2019 (Foto: divulgação/Instagram)

Visando continuar com a hegemonia, o Campo Largo vem investindo na base Sub-20. Jairo calcula que em dois anos, os atletas que hoje são tricampeões Metropolitano e Bi piauiense possam render frutos na categoria adulto. 

Na categoria adulto, o time vai disputar o Estadual, confirmado para iniciar em agosto, e a Liga Nordeste, com previsão para novembro. Atualmente, o Campo Largo tem na sua história a taça do 1º turno Estadual e vice campeonato do segundo turno Estadual de 2015. 

No último domingo (09) o ginásio Verdão recebeu a final do Campeonato Metropolitano. Em quadra, Campo Largo e AABB reeditaram a final do ano passado e mais uma vez o Campo Largo levantou o título de campeão pelo terceiro ano consecutivo. 


Equipe após a conquista do tri (Foto: divulgação/Instagram)

Na fase de grupos, o Campo Largo terminou com a segunda melhor campanha, ficando atrás apenas da AABB, e a melhor do grupo A. Nas quartas foi o primeiro a garantir classificação ao vencer o Piauí por 3 a 0. 

Na semifinal bateu o Cajuina e na final venceu a até então invicta AABB por 3 a 0 e ergueu o título do tricampeonato. Depois disso, o Campo Largo ainda foi premiado com o melhor goleiro da competição, Wemerson e a artilharia com oito gols do cearense Franscisco Anderson, o Titota. 

Com isso, o time conquistou a vaga para disputar a Liga Nordeste de 2019 e segundo o presidente do clube, Jairo Leitão, o time voltará a disputar o Estadual, competição que não pode disputar ano passado devido a problemas pessoas do presidente do clube. 


Campo Largo (Foto: divulgação/Instagram)

Para essas duas competições, Jairo informou que o time deve mantér a base e que apenas peças pontuais serão contratadas depois de uma analise com o técnico. Para Jairo, o que vem demostrando a hegemonia do Metropolitano nos últimos anos é a manutenção das peças o que vem refletindo na união da equipe. 

“Nós mantivemos a base dos dois anos, trouxemos os mesmos jogadores e o nosso obejtivo era o tricampeonato. Fizemos uma campanha boa. Perdemos apenas uma partida, pois nela tinhamos seis desfalques, mas serviu como exemplo para gente. Focamos mais e conseguimos ser campeões. Tudo isso se deve a união dos atletas e principalmente ao nosso treinador, o Clemilton, que é um treinador experiente. Agora vamos a Liga Nordeste e o Estadual. Vamos disputar todo o calendário, com tudo que tivermos direito”, afirmou. 


Equipe Sub-20 foi campeão Metropolitana de 2019 (Foto: divulgação/Instagram)

Visando continuar com a hegemonia, o Campo Largo vem investindo na base Sub-20. Jairo calcula que em dois anos, os atletas que hoje são tricampeões Metropolitano e Bi piauiense possam render frutos na categoria adulto. 

Na categoria adulto, o time vai disputar o Estadual, confirmado para iniciar em agosto, e a Liga Nordeste, com previsão para novembro. Atualmente, o Campo Largo tem na sua história a taça do 1º turno Estadual e vice campeonato do segundo turno Estadual de 2015.