Editorias
  1. AZ Esporte
  2. Em segundo teste na temporada, Oliveira Canindé espera River mais solto
Publicidade

Em segundo teste na temporada, Oliveira Canindé espera River mais solto

Time viaja à São Luís para enfrentar o Moto Club (MA) em segundo amistoso

O primeiro amistoso do River na temporada serviu para ligar o alerta ao time piauiense. Buscando extrair o melhor da equipe, técnica e taticamente, o técnico Oliveira Canindé realizou na tarde de ontem (10), o penúltimo treino antes do embarque a São Luís, para o jogo de volta contra o Moto Club (MA). 

Oliveira Canindé espera um time mais preparado (Foto: Jade Araujo/Portal AZ)

E durante a semana, as dificuldades encontradas no último jogo foram trabalhadas. Depois de ter ficado no 0 a 0 em Teresina, levando em conta as condições de um primeiro teste, o técnico Oliveira Canindé espera mais do time no segundo teste.

- Nesse segundo (amistoso) nós já vamos estar um pouco mais soltos. No primeiro tivemos muitas dificuldades, mas eu já espero que apresentemos um futebol maior do que apresentado no último jogo. Então o jogo contra o Moto Club vai exigir muito de nós, nos sabemos disso. Mas é necessário fazermos o nosso melhor, tentarmos de todas as maneiras segurarmos o máximo a equipe que vai iniciar o jogo né, para que nós tenhamos uma equipe, se não no ponto ideal, pelo menos aproximado daquilo que seria o ideal, no que diz respeito a ritmo de jogo. 

- Nós por sermos a equipe que somos, por vestir a camisa que vestimos e por representarmos a torcida que nós representamos é necessário fazermos mais e muito melhor para convencermos o torcedor que somos capazes de representar o time.

O River tem a sexta (11), o último treino antes do embarque que está marcado para depois do almoço. O amistoso contra o Moto Club (MA) será no sábado (12). Esse será p último teste antes da estreia no Estadual marcada para o dia 20 de janeiro, no Estádio Pedro Alelaf, contra o Parnahyba.

DESFALQUES

Dois atletas desfalcam o River no amistoso: o atacante Eduardo e o lateral-esquerdo Biro Biro. Ambos os atletas estão entregues ao departamento médico com uma contratura muscular. Ausentes no primeiro amistoso em Teresina, devem seguir da mesma foram em São Luís.


Biro Biro e Eduardo seguem em recuperação (Foto: Jade Araujo/Portal AZ)

O técnico Oliveira Canindé destacou a importância dos dois atletas, mas deixou claro que vai entrar aquele que estiver em melhores condições na posição. 

- O Biro é mais difícil. Tentamos coloca-lo no treino na quarta e ele estava meio receoso de participar e quando você não participa dos trabalhos físicos fica muito difícil você colocar esse atleta para jogar. É uma perca que talvez tenhamos para esse último amistoso e até mesmo para iniciar a competição, já que outros atletas vão estar em ritmo melhor do que o dele. Já o Eduardo eu comecei todos os trabalhos olhando para ele como titular absoluto da posição. Ele tinha correndo por fora o Igor, o Rhuann e o Matheus voltando da Copa São Paulo. Então nós teremos uma briga bem sadia pela posição ali da frente. O que tiver melhor vai jogar independente do nome. Eu olho para todos com os mesmos olhos. 

ESTADUAL


Estadual será o primeiro desafio de 2019 (Foto: Jade Araujo/Portal AZ)

Na entrevista coletiva, Oliveira Canindé também destacou o que viu no amistoso da última quinta (10) entre 4 de Julho e Parnahyba. Enfrentando o time do litoral na estreia do Campeonato Estadual, o técnico riverino avaliou os atletas do Parnahyba bem como a história do clube como fatores importantes. 

- Ontem mesmo eu assisti o jogo contra o Parnhayba, muito bem montada a equipe, tem uma base muito boa, alguns jogadores que já trabalharam comigo, são competitivos né, jogadores que brigam, se entregam e querem o resultado a todo custo. Então com certeza oferecerá muitas dificuldades ao River. O Parnhayba também é uma equipe que briga por títulos e não poderia ser diferente já que é uma equipe acostumada a vencer também.