Editorias
  1. Cidades
  2. Programa Lixo Zero registra aumento de 15% nas notificações em setembro
Publicidade

Programa Lixo Zero registra aumento de 15% nas notificações em setembro

Zona leste tem maior número de notificados pela presença de empresas ligadas ao ramo alimentício

O Programa Lixo Zero segue realizando ações de fiscalização em todas as zonas de Teresina, nos turnos manhã e tarde, com o intuito de evitar o descarte irregular de resíduos e a formação de lixões a céu aberto. De acordo com levantamento das ações de setembro, houve um aumento de 15,8% nas notificações e uma redução de 18,9% no número de autuações em relação ao mês de agosto.

Ao todo, foram realizadas 66 notificações, 53 autuações, 7 conduções ao Ponto de Recolhimento de Resíduos (PRR) e 6 infrações de trânsito no último mês.

O levantamento ainda apontou que as infrações cometidas por pessoas jurídicas prevaleceram sobre as pessoas físicas, sendo 64% cometidas por aquelas contra 36% cometidas por estas. No total, foram registradas 132 infrações; destas, 50 foram na zona leste, 29 na zona norte, 10 na zona sudeste e 43 na zona sul.

O coordenador do programa Lixo Zero, Felipe Gomes, explica que os fiscais do programa buscam identificar os infratores e inicialmente os notificam, para que regularizem a forma de descarte dos seus resíduos. Além disso, passam orientações gerais sobre disposição irregular de lixo. Em casos reincidentes, os fiscais só então procedem com a autuação.

“Pela primeira vez em 18 meses a quantidade de notificações lavradas foi maior que a de autuações. Isso revela uma atenção especial que vem sendo dada pelo Programa quanto ao acondicionamento inadequado de resíduos que ocorre, principalmente, nos canteiros centrais e calçadas de muitas avenidas desta capital, dentre as quais, destacam-se as Avenidas Jóquei Clube e Higino Cunha. A maior quantidade de notificações foi destinada a comerciantes, que em sua maioria cumpriram as exigências previstas nas respectivas notificações, evitando a necessidade de autuações”, comentou.

Felipe Gomes ainda esclarece que a zona leste apresenta o maior número de notificados, pela presença de empresas ligadas ao ramo alimentício, como restaurantes e bares concentrados principalmente nos bairros Jóquei e Fátima. Já na zona Sul, infrações reincidentes resultaram em uma maior quantidade de autuações. “No caso da Rua Jacob Martins, bairro Santa Luzia e a Rua Murilo Braga, bairro Macaúba, por exemplo, são locais que possuem vistoria sistemática com constantes casos de disposição irregular resultando em uma frequência maior de autuações”.

Publicidade