Editorias
  1. Entretenimento
  2. Justiça determina que Safadão pague 40 salários mínimos de pensão alimentícia para filho
Publicidade

Justiça determina que Safadão pague 40 salários mínimos de pensão alimentícia para filho

Além disso, a atual esposa do cantor foi proibida de buscar a criança na escola

O cantor Wesley Safadão terá que pagar 40 salários mínimos de pensão alimentícia para o seu filho Yhudy, fruto de seu relacionamento com a digital influencer Mileide Mihaile. O valor foi decidido, nesta sexta-feira (27), durante a audiência de pensão de alimentos na 12ª Vara de Família do Fórum Clóvis Beviláqua. Com isso, Mileide, representante legal de Yhudy, vai receber mais de R$ 38 mil por mês. Antes da audiência, Safadão pagava oficialmente 10 salários mínimos. 

Além disso, a Justiça determinou que o cantor deverá pagar, anualmente, uma viagem internacional para o Yhudy com Mileide Mihaile, em primeira classe, que inclui babá e dez salários mínimos para as despesas.

A Justiça permitiu que Wesley Safadão pague a mensalidade e a matrícula do colégio de Yhudy e desconte do valor da pensão. O restante do valor será administrada pela mãe da criança, Mileide.

O cantor também pagará, sem descontar do valor da pensão, o plano de saúde e o imposto de renda de Yhudy. A Justiça determinou, ainda, que a atual esposa de Wesley Safadão, Thyane Dantas, não pode mais buscar a criança na escola.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa de Wesley Safadão informou que aguarda os advogados do cantor para se manifestar.

Publicidade