1. Editorias
  2. Meio Ambiente
  3. MDR apresenta planos de recuperação para barragens no Piauí
Publicidade

MDR apresenta planos de recuperação para barragens no Piauí

Governo Federal realizará intervenções em 139 estruturas que demandam atenção, mas não apresentam risco iminente

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) apresentou nesta quarta-feira (6) os planos de ações para 139 barragens que serão recuperadas pelo Governo Federal. Os diagnósticos apontam medidas e estratégias necessárias à reabilitação de barramentos que reservam água para diversos usos em 14 estados, nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. 

Para o Piauí serão liberados 3,28 milhões para recuperação de cinco barragens. São elas: Marrecas, Caraíbas, Emparedado, Piaus e Caldeirão. Apesar de demandarem atenção, as estruturas não apresentam risco iminente de rompimento. 

"Estamos agindo para que os cuidados com barragens sejam concretos. A segurança da população é uma prioridade em quaisquer circunstâncias", destacou o ministro Gustavo Canuto.

Ministério apresenta planos de recuperação para barragens no Piauí (Foto: Ascom)

O Plano de Ações Estratégicas para Reabilitação de Barragens da União (Planerb) é resultado de uma cooperação técnica entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) no Brasil.

Orçamento

O ministro Gustavo Canuto explicou que, inicialmente, há R$ 50 milhões disponíveis na rubrica orçamentária do Ministério para as intervenções. O cronograma de execução das atividades ficará a cargo de cada órgão responsável pelas estruturas - Codevasf, Dnocs e a Secretaria Nacional de Segurança Hídrica (SNSH), do MDR. 

Fiscalização

Na última semana, preocupado com a situação de 3.386 barragens que apresentam riscos no País, o ministro Gustavo Canuto determinou às instituições federais fiscalizadoras que realizem vistorias nessas estruturas. Na condição de presidente do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), o titular da Pasta também estendeu o comunicado às entidades estaduais. Ao todo, 43 órgãos atuam na fiscalização de barramentos no Brasil. 

Acesse aqui a lista das barragens que serão recuperadas.

*Com informações do MDR

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) apresentou nesta quarta-feira (6) os planos de ações para 139 barragens que serão recuperadas pelo Governo Federal. Os diagnósticos apontam medidas e estratégias necessárias à reabilitação de barramentos que reservam água para diversos usos em 14 estados, nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. 

Para o Piauí serão liberados 3,28 milhões para recuperação de cinco barragens. São elas: Marrecas, Caraíbas, Emparedado, Piaus e Caldeirão. Apesar de demandarem atenção, as estruturas não apresentam risco iminente de rompimento. 

"Estamos agindo para que os cuidados com barragens sejam concretos. A segurança da população é uma prioridade em quaisquer circunstâncias", destacou o ministro Gustavo Canuto.

Ministério apresenta planos de recuperação para barragens no Piauí (Foto: Ascom)

O Plano de Ações Estratégicas para Reabilitação de Barragens da União (Planerb) é resultado de uma cooperação técnica entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) no Brasil.

Orçamento

O ministro Gustavo Canuto explicou que, inicialmente, há R$ 50 milhões disponíveis na rubrica orçamentária do Ministério para as intervenções. O cronograma de execução das atividades ficará a cargo de cada órgão responsável pelas estruturas - Codevasf, Dnocs e a Secretaria Nacional de Segurança Hídrica (SNSH), do MDR. 

Fiscalização

Na última semana, preocupado com a situação de 3.386 barragens que apresentam riscos no País, o ministro Gustavo Canuto determinou às instituições federais fiscalizadoras que realizem vistorias nessas estruturas. Na condição de presidente do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), o titular da Pasta também estendeu o comunicado às entidades estaduais. Ao todo, 43 órgãos atuam na fiscalização de barramentos no Brasil. 

Acesse aqui a lista das barragens que serão recuperadas.

*Com informações do MDR