1. Editorias
  2. Municípios
  3. Carreta com cimento asfáltico de petróleo tomba e danifica pista
Publicidade

Carreta com cimento asfáltico de petróleo tomba e danifica pista

Produto escorreu pela via causando prejuízos ao solo e vegetação

(Atualizada às 18h)

Uma carreta com cimento asfáltico de petróleo tombou em uma curva entre os municípios de Canto do Buriti e Eliseu Martins na tarde desta quinta-feira (11). 

Carreta tomba e derrama produto na pista (Foto: divulgação)

Segundo o gerente de fiscalização da Semar, Renato Nogueira, o produto escorreu pela pista e está sendo depositado na faixa de domínio da rodovia, danificando o solo e a vegetação. A carreta transportava o produto de Maracanaú (CE) em direção ao município de Bom Jesus (PI).

“Nossa equipe vai mensurar esse dano melhor quando o caminhão for retirado da pista. Enquanto isso, estamos tomando todas as medidas de segurança e sinalização necessárias, orientado os motoristas e garantindo que os riscos operacionais sejam minimizados”.

 Produto danificou o solo e a vegetação  (Foto: divulgação)

Ainda de acordo com Nogueira, deve haver aplicação de sanções (multas) caso fique comprovado descumprimento da legislação ambiental.

“Já contactamos o proprietário para que ele apresente a licença ambiental obrigatória para esse tipo de transporte. Se ele não tiver licença, deve sofrer uma multa pelo transporte irregular, podendo responder também pelo dano ambiental causado", ressalta.

(Atualizada às 18h)

Uma carreta com cimento asfáltico de petróleo tombou em uma curva entre os municípios de Canto do Buriti e Eliseu Martins na tarde desta quinta-feira (11). 

Carreta tomba e derrama produto na pista (Foto: divulgação)

Segundo o gerente de fiscalização da Semar, Renato Nogueira, o produto escorreu pela pista e está sendo depositado na faixa de domínio da rodovia, danificando o solo e a vegetação. A carreta transportava o produto de Maracanaú (CE) em direção ao município de Bom Jesus (PI).

“Nossa equipe vai mensurar esse dano melhor quando o caminhão for retirado da pista. Enquanto isso, estamos tomando todas as medidas de segurança e sinalização necessárias, orientado os motoristas e garantindo que os riscos operacionais sejam minimizados”.

 Produto danificou o solo e a vegetação  (Foto: divulgação)

Ainda de acordo com Nogueira, deve haver aplicação de sanções (multas) caso fique comprovado descumprimento da legislação ambiental.

“Já contactamos o proprietário para que ele apresente a licença ambiental obrigatória para esse tipo de transporte. Se ele não tiver licença, deve sofrer uma multa pelo transporte irregular, podendo responder também pelo dano ambiental causado", ressalta.