Editorias
  1. Polícia
  2. Estudante denuncia pichação em banheiro da UFPI: 'Vamos matar viado'
Publicidade

Estudante denuncia pichação em banheiro da UFPI: 'Vamos matar viado'

Estudantes estão assustados com algumas ameaças que se intensificaram por conta de divergências políticas

Estudantes do Centro de Ciências Agrárias do campus da Universidade Federal do Piauí, em Teresina, estão assustados com algumas ameaças que se intensificaram por conta de divergências políticas. Na manhã desta quarta-feira (10), um dos sanitários do CCA foi encontrado pichado com a seguinte frase: “Vamos matar viado”.

Foto: Reprodução

 Ao Portal AZ, um dos alunos, que preferiu não se identificar disse que essa não é a primeira ofensa homofóbica feita no Centro de Ciências Agrárias. Segundo ele, a coordenadora do curso de Medicina Veterinária já teria sido avisada sobre o assunto, mas ainda não se posicionou sobre o caso.

Ele conta ainda, que discussões políticas podem ter sido o gatilho das ameaças.

“O banheiro fica no CCA e a coordenadora não faz nada a respeito. Na semana acadêmica de Medicina Veterinária, um dos palestrantes utilizou a imagem de Ciro Gomes e por causa disso o CA [Centro Acadêmico] está sendo processado. Desde então, apoiadores contrários estão fazendo ameaças como esta, da foto”, relata o estudante.

Ainda de acordo com o estudante, já foram registradas outros tipos de ameaças como ataques ao movimento feminista e símbolos da suástica (imagem usada a partir do movimento Nazista, que a adotou como ícone do seu partido em 1920).  

“Pedimos que seja divulgado por que estamos com medo. O CCA não tem iluminação adequada e as aulas acabam tarde”, diz o estudante.

A reportagem tentou entrar em contato com a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, mas não obteve êxito. Sobre a questão da falta de iluminação no Centro de Ciências Agrárias, o setor responsável da universidade informou que o diretor do centro precisa enviar um memorando eletrônico para fazer a solicitação.