Editorias
  1. Turismo
  2. Recife é o destino preferido dos piauienses para passar o carnaval
Publicidade

Recife é o destino preferido dos piauienses para passar o carnaval

Programar uma viagem ajuda a minimizar os riscos de contratempos e permite que você aproveite mais

Poucas coisas na vida são tão boas quanto viajar. Nos últimos anos, os piauienses descobriram isso e não perdem a oportunidade para cair na estrada. Durante as férias, carnaval ou feriados é comum aproveitar para conhecer novos lugares, mas para isso acontecer de forma segura e tranquila deve haver um planejamento de rota e financeiro.

Praias em Recife (Foto: Reprodução)

Jaqueline Val, proprietária de uma agencia de câmbio e turismo explicou que nunca foi fácil trabalhar com turismo no Piauí, mas que as pessoas já estão mais adeptas a aderir viagens através das agências de turismo.

“Fazer uma viagem não é uma necessidade básica do cliente, ela é mais voltada para o bem estar. Nós fazemos um trabalho diferenciado, bem pessoal, no qual a gente busca esses sonhos do cliente, então a gente não espera a pessoa vir atrás da agencia, nós vamos e mostramos para ele o nosso trabalho. Como não é uma prioridade para maioria das pessoas, elas muitas vezes nem sabem qual destino ir, é ai que começamos a construir esse sonho”, explica.

Os destinos mais procurados pelos turistas podem variar bastante e depende muito do grupo que vai viajar. Já no período de carnaval o destino mais procurado pelos piauienses é Recife.

“Temos procura pelo turismo de pesca, de mergulho, de praia dentro do Brasil. Já fora, as pessoas querem a neve e ultimamente elas têm buscado o sul de Portugal onde existe uma cidade onde a qualidade de vida é bem melhor, então por curiosidade elas querem ir. Mas no carnaval com certeza o destino mais buscado é Recife, capital do nordeste número um no carnaval, estamos com quase 100% dos pacotes vendidos. Isso se dá pelo fato da cidade está mais segura nos últimos anos”, afirma Jaqueline.

Carnaval em Recife (Foto: Reprodução)

Programar uma viagem ajuda a minimizar os riscos de contratempos, permitindo que o folião aproveite mais e, segundo Jaqueline Val é o primeiro passo para uma viagem de sucesso.

“Planejar sempre e mesmo assim você corre risco de imprevistos. Então se ocorrer algum contratempo você consegue resolver, principalmente se você está com uma agência de viagem. O planejamento é o inicio de tudo. Também é fundamental que você conheça os costumes do local para onde está indo para não passar por nenhum mal entendido ou aborrecimento”, conclui Jaqueline.

Segundo levantamento da agência virtual de turismo ViajaNet, que apurou o volume de vendas de passagens aéreas nacionais entre 2017 e 2018, as viagens domésticas cresceram 47,7% nos últimos 12 meses. O mesmo levantamento apontou ainda que o volume de viagens internacionais também teve um aumento, de 0,79% em vendas de passagens áreas entre 2017 e 2018. A cidade de Miami, na Flórida (EUA), é o destino mais desejado pelos brasileiros, com 8,28% da preferência.

Sossego com a família x Folia com os amigos

Para quem procura ficar mais tranquilo no período da folia de momo, a opção mais apropriada são os resorts e serras, como por exemplo onde geralmente a família da jornalista Kleidianne Nogueira costuma passar.

“Eu uso muito a internet para pesquisar nossos destinos e geralmente vai a família completa, com cunhados, primos e sobrinhos. Então decidido o destino à gente já procura hotel e os passeios que podemos fazer durante a viagem, é uma preferencia da família programar nossos roteiros. Somos apaixonados pelo Ceará, onde numa mesma viagem podemos aproveitar serra e a praia, mas sempre buscando destinos tranquilos”, conta.

Kleidianne Nogueira com a família no Ceará. (Foto: Arquivo Pessoal)

Já a engenheira de alimentos Rosana Santos vai em busca de um destino mais animado para o período de carnaval. Local bastante conhecido dos teresinenses, Luís Correia.

“Quero aproveitar o período de carnaval para conhecer uma pouco mais do litoral do Piauí e me divertir com um grupo de amigos. Sou acostumada com fazendas, por ter sido criada no interior do Maranhão, então sempre busco locais diferentes do que já conheci”, explica.