Editorias
  1. AZ Esporte
  2. Promotoria exige R$ 7 mi de youtuber por ofensa a Mbappé
Publicidade

Promotoria exige R$ 7 mi de youtuber por ofensa a Mbappé

Julio Cocielo é acusado de racismo por conta de uma publicação polêmica no Twitter durante a Copa do Mundo

O youtuber Julio Cocielo foi acusado pelos promotores de Direitos Humanos Eduardo Valério e Bruno Orsini Simonetti por conta da polêmica na Copa do Mundo em relação ao francês Mbappé. A justiça cobra R$ 7 milhões de Cocielo.

Promotoria exige R$ 7 milhões de youtuber por ofensa a Mbappé (Foto: ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / AFP)
Foto: LANCE!

A polêmica aconteceu durante a Copa do Mundo, quando Cocielo fez uma publicação no Twitter, que gerou bastante revolta nas redes sociais: "Mbappé conseguiria fazer uns (sic) arrastão top na praia".

"Trata-se de um jovem jogador negro, francês de ascendência camaronesa, de compleição física robusta e que mostrou, nos jogos da seleção francesa na Copa da Rússia, impressionantes velocidade e explosão, daí advindo, em notória manifestação de racismo, a sua associação com os assaltantes negros, na ótica do autor) que praticam crimes de roubo nas praias brasileiras, sobretudo fluminenses, sempre sob contínua e desabalada corrida", destacaram os promotores.

Além disso, os promotores anexaram no relatório outras postagens polêmicas do youtuber entre o período de 2010 até 2018. Cocielo é acusado de violar direitos fundamentais e o Tratado Internacional de Direitos Humanos.

Publicidade