1. Blogs
  2. Atualidade Jurídica
  3. 2º BEC realiza sua passagem de comando dia 17; Justiça Itinerante volta com atendimento virtual
Publicidade

2º BEC realiza sua passagem de comando dia 17; Justiça Itinerante volta com atendimento virtual

C O N V I T E

Curriculum Vitae Cel Borlina

O Coronel Marcelo Florentino Borlina, nascido em 09 de abril de 1976, é natural de Porangaba/SP e filho da Sra Yolanda Florentino Borlina e do Sr Paulo Borlina.

Incorporou às fileiras do Exército em 13 de fevereiro de 1993 na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas / SP.

Em 1994 continuou os estudos na AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), em Rezende/ RJ, e recebeu o título de Cadete do Exército. Em 1997 concluiu a sua formação na AMAN como Bacharel em Ciências Militares da Arma de Engenharia, sendo declarado Aspirante a Oficial.

Ao longo de sua carreira, além do Curso de Formação de Oficiais de Engenharia da AMAN concluído em 1997, cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) em 2005 no Rio de Janeiro/RJ, como Capitão, e obteve o título de Mestre em Ciências Militares e, como Major, cursou a Escola de Comando e Estado – Maior do Exército (ECEME) em 2013/2014, também no Rio de Janeiro/RJ.

Desempenhou várias funções ao longo da carreira, dentre as quais se destacam:

- Comandante do Pelotão Especial de Engenharia e Comandante de Destacamento de Obras no 6º BEC, sediado em Boa Vista/Roraima, nos anos 1998 e 1999.

- Comandante da 1ª e 2ª Companhia de Engenharia de Construção no 8º BEC, sediado em Santarém/Pará, nos anos 2006 a 2008.

- Instrutor de Educação Física na Escola de Instrução Especializada no ano de 2004 e Instrutor de Engenharia na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais nos anos 2009 e 2010, ambos sediados no Rio de Janeiro/RJ.

- Comandante de Pelotão e Comandante da Companhia de Comando do 1º Grupamento de Engenharia, sediado em João Pessoa/Paraíba, nos anos 2000 a 2002 e nos anos 2011 a 2012.

- Integrou o Estado-Maior da 18 Brigada de Infantaria de Fronteira, sediado em Corumbá/Mato Grosso do Sul, no ano 2015.

- Integrou a Assessoria de Pessoal do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília/Distrito Federal, nos anos de 2018 e 2019.

- Fora do Brasil, participou da missão de desminagem humanitária em destacamentos fronteiriços na Nicarágua no ano de 2007 e também foi instrutor do Curso de Estado-Maior na Escola Superior de Guerra do Exército Peruano em Lima/Peru, nos anos de 2016 e 2017.

Foi promovido ao posto de Coronel do Exército em abril do corrente ano e é o atual Comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC) em Teresina-PI desde janeiro de 2020.

Das condecorações com que foi agraciado, destacam-se: a Medalha Militar de Prata; a Medalha do Pacificador, Medalha do Serviço Amazônico, Ordem do Mérito Judiciário Militar, Medalha do Mérito Policial Militar/PI, Medalha do Mérito Eleitoral Desembargador José Vidal de Freitas, Medalha do Mérito Renascença e Distintivo de Comando Prateado.

É casado com a Senhora Ana Letícia.

 O futuro Comandante (TC Staevie) está vindo da missão na Guatemala (América Central), onde fora instrutor da escola militar do Exército da Guatemala

O Cel Borlina, passará  o comando no dia 17 de Janeiro e irá  para o 1º Grupamento de Engenharia em João Pessoa/PB

Mensagem do Cel Borlina aos Piauienses:

Parabéns a todos os integrantes da família dos Heróis do Jenipapo!

Temos muito orgulho dessa história! Não vivemos em vão! Engenharia!

Como mensagem deixo minhas palavras de agradecimento pela forma que fomos recebidos e acolhidos nesta bela terra, além de eterna gratidão pelo apoio, pois o 2º BEC possui sua força de trabalho composta maioritariamente por militares e servidores civis piauienses, de todos os integrantes dessa bela e tradicional Instituição que é o Batalhão Heróis do Jenipapo.

Saio do 2º BEC, mas o 2º BEC não sairá do meu coração.

Justiça Itinerante volta com atendimento virtual

O Tribunal de Justiça do Piauí(TJ-PI), abriu nesta segunada feira  os trabalhos da Jornada da Justiça Itinerante no Estado. Diferentemente dos anos anteriores, a Justiça Itinerante terá atendimento exclusivamente por meio virtual devido ao  aumento de casos de contaminação pelo coronavírus no ano de 2022.

 A capital, Teresina, será a primeira cidade beneficiada com a prestação de serviços de reconhecimento de paternidade pelo projeto” Eu tenho Pai”, retificação de registro civil de nascimento, casamento e óbito, divórcio consensual, reconhecimento e dissolução de união estável, suprimento/justificação de óbito de maneira mais ágil.

Antes da pandemia da Covid-19, a Jornada durava apenas uma semana de cada mês, neste ano, a Jornada da Justiça terá um período de seis(6) meses de forma contínua, até 30 de junho, seguindo o mesmo formato do 2º do ano passado.

“Nossa meta é aumentar o número de pessoas atendidas pela Justiça Itinerante mesmo diante da pandemia, temos uma nova estrutura de atendimento, nesta nova modalidade, os atendimentos acontecem de forma contínua, e, consequentemente a população mais necessitada será beneficiada de forma segura”, destacou Roberta Sampaio, Analista Judiciária.

Para ter acesso aos serviços oferecidos pela Justiça Itinerante é necessário que o interessado faça agendamento prévio de forma virtual por meio  da Defensoria Itinerante através dos números:(86) 9 9443-4354; (86)9 9495-7298; (86) 3233-9805; (86)9 9404-7746 ou e-mail: [email protected]

Quanto aos atendimentos da Justiça Itinerante no interior do Estado, o município de Curral Novo do Piauí será o primeiro a ser beneficiado com ações  de forma presencial e apoio de outros parceiros no 24 de janeiro.

Informações sobre a documentação necessária, ou tirar dúvidas pelo WhatsApp: (86) 98837-4739

Fonte: 2º BEC / TJ-PI

Pensamento do dia.

Fonte: Marcos Martins

C O N V I T E

Curriculum Vitae Cel Borlina

O Coronel Marcelo Florentino Borlina, nascido em 09 de abril de 1976, é natural de Porangaba/SP e filho da Sra Yolanda Florentino Borlina e do Sr Paulo Borlina.

Incorporou às fileiras do Exército em 13 de fevereiro de 1993 na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas / SP.

Em 1994 continuou os estudos na AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), em Rezende/ RJ, e recebeu o título de Cadete do Exército. Em 1997 concluiu a sua formação na AMAN como Bacharel em Ciências Militares da Arma de Engenharia, sendo declarado Aspirante a Oficial.

Ao longo de sua carreira, além do Curso de Formação de Oficiais de Engenharia da AMAN concluído em 1997, cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) em 2005 no Rio de Janeiro/RJ, como Capitão, e obteve o título de Mestre em Ciências Militares e, como Major, cursou a Escola de Comando e Estado – Maior do Exército (ECEME) em 2013/2014, também no Rio de Janeiro/RJ.

Desempenhou várias funções ao longo da carreira, dentre as quais se destacam:

- Comandante do Pelotão Especial de Engenharia e Comandante de Destacamento de Obras no 6º BEC, sediado em Boa Vista/Roraima, nos anos 1998 e 1999.

- Comandante da 1ª e 2ª Companhia de Engenharia de Construção no 8º BEC, sediado em Santarém/Pará, nos anos 2006 a 2008.

- Instrutor de Educação Física na Escola de Instrução Especializada no ano de 2004 e Instrutor de Engenharia na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais nos anos 2009 e 2010, ambos sediados no Rio de Janeiro/RJ.

- Comandante de Pelotão e Comandante da Companhia de Comando do 1º Grupamento de Engenharia, sediado em João Pessoa/Paraíba, nos anos 2000 a 2002 e nos anos 2011 a 2012.

- Integrou o Estado-Maior da 18 Brigada de Infantaria de Fronteira, sediado em Corumbá/Mato Grosso do Sul, no ano 2015.

- Integrou a Assessoria de Pessoal do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília/Distrito Federal, nos anos de 2018 e 2019.

- Fora do Brasil, participou da missão de desminagem humanitária em destacamentos fronteiriços na Nicarágua no ano de 2007 e também foi instrutor do Curso de Estado-Maior na Escola Superior de Guerra do Exército Peruano em Lima/Peru, nos anos de 2016 e 2017.

Foi promovido ao posto de Coronel do Exército em abril do corrente ano e é o atual Comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC) em Teresina-PI desde janeiro de 2020.

Das condecorações com que foi agraciado, destacam-se: a Medalha Militar de Prata; a Medalha do Pacificador, Medalha do Serviço Amazônico, Ordem do Mérito Judiciário Militar, Medalha do Mérito Policial Militar/PI, Medalha do Mérito Eleitoral Desembargador José Vidal de Freitas, Medalha do Mérito Renascença e Distintivo de Comando Prateado.

É casado com a Senhora Ana Letícia.

 O futuro Comandante (TC Staevie) está vindo da missão na Guatemala (América Central), onde fora instrutor da escola militar do Exército da Guatemala

O Cel Borlina, passará  o comando no dia 17 de Janeiro e irá  para o 1º Grupamento de Engenharia em João Pessoa/PB

Mensagem do Cel Borlina aos Piauienses:

Parabéns a todos os integrantes da família dos Heróis do Jenipapo!

Temos muito orgulho dessa história! Não vivemos em vão! Engenharia!

Como mensagem deixo minhas palavras de agradecimento pela forma que fomos recebidos e acolhidos nesta bela terra, além de eterna gratidão pelo apoio, pois o 2º BEC possui sua força de trabalho composta maioritariamente por militares e servidores civis piauienses, de todos os integrantes dessa bela e tradicional Instituição que é o Batalhão Heróis do Jenipapo.

Saio do 2º BEC, mas o 2º BEC não sairá do meu coração.

Justiça Itinerante volta com atendimento virtual

O Tribunal de Justiça do Piauí(TJ-PI), abriu nesta segunada feira  os trabalhos da Jornada da Justiça Itinerante no Estado. Diferentemente dos anos anteriores, a Justiça Itinerante terá atendimento exclusivamente por meio virtual devido ao  aumento de casos de contaminação pelo coronavírus no ano de 2022.

 A capital, Teresina, será a primeira cidade beneficiada com a prestação de serviços de reconhecimento de paternidade pelo projeto” Eu tenho Pai”, retificação de registro civil de nascimento, casamento e óbito, divórcio consensual, reconhecimento e dissolução de união estável, suprimento/justificação de óbito de maneira mais ágil.

Antes da pandemia da Covid-19, a Jornada durava apenas uma semana de cada mês, neste ano, a Jornada da Justiça terá um período de seis(6) meses de forma contínua, até 30 de junho, seguindo o mesmo formato do 2º do ano passado.

“Nossa meta é aumentar o número de pessoas atendidas pela Justiça Itinerante mesmo diante da pandemia, temos uma nova estrutura de atendimento, nesta nova modalidade, os atendimentos acontecem de forma contínua, e, consequentemente a população mais necessitada será beneficiada de forma segura”, destacou Roberta Sampaio, Analista Judiciária.

Para ter acesso aos serviços oferecidos pela Justiça Itinerante é necessário que o interessado faça agendamento prévio de forma virtual por meio  da Defensoria Itinerante através dos números:(86) 9 9443-4354; (86)9 9495-7298; (86) 3233-9805; (86)9 9404-7746 ou e-mail: [email protected]

Quanto aos atendimentos da Justiça Itinerante no interior do Estado, o município de Curral Novo do Piauí será o primeiro a ser beneficiado com ações  de forma presencial e apoio de outros parceiros no 24 de janeiro.

Informações sobre a documentação necessária, ou tirar dúvidas pelo WhatsApp: (86) 98837-4739

Fonte: 2º BEC / TJ-PI

Pensamento do dia.

Fonte: Marcos Martins

Capes promove competição para alunos de alta capacidade; OAB Piauí abre inscrições para processo de escolha de desembargador do TRT-PI Veja as tabelas estaduais de pagamento do IPVA 2022; Enem: contribuição de mulheres nas ciências da saúde é tema de redação