1. Blogs
  2. Josenildo Melo
  3. Vem aí a operação covidão?
Publicidade

Vem aí a operação covidão?

Já estamos na Pós-Pandemia. Eis o motivo do Artigo.  A Rádio Jovem Pan vem fazendo uma campanha diferenciada. Primeiro foi Roberto Jefferson em uma entrevista esclarecedora. Ontem a presença de José Roberto Guzzo (ícone do bom Jornalismo). Seguindo a mesma linha do ex-deputado, Guzzo enfatiza a crise de abstinência que vive os políticos tradicionais. Respiradores teriam sido comprados através de uma loja de vinhos? Vem aí a operação do Covidão. O excelente Ministro da Justiça Sérgio Moro quer investigação total e em TUDO! A Operação da Polícia Federal terá prioridade máxima!

Na pós-Pandemia o Presidente Jair Messias Bolsonaro já indicou o Almirante Flávio Rocha pra acompanhar a transição no Ministério da Saúde e por estes dias vai nomear o General Pazuello pra ser o número 2 do Ministério. O que tudo isso significa? O Governo Federal quer o Ministro da Saúde Nelson Teich cuidando exclusivamente do combate ao coronavírus. E o Ministro anterior não cuidava? Dando aquelas entrevistas show você acredita que estava cuidando? O novo Ministro trabalha e de forma serena!

O Pós-Pandemia está acontecendo de que forma? Mas isso é no Mundo todo? Lógico, por outros países é que começaram a normalidade. Não dar nem mais pra citar as cidades e os países que já abriram seus comércios de forma responsável e acreditando em sua população. Nos Mosteiros existe uma lógica: o hábito faz o monge. E não é a vestimenta; é o hábito da rotina. O Brasileiro responsável não sai hoje de sua casa sem máscara; o bom Brasileiro não sai de casa sem álcool; o bom Brasileiro assim que chega em casa, imediatamente toma um bom banho e demorado. Eis a nova realidade do BRASIL.

E os Hospitais de Campanha? Provavelmente se tornarão permanentes. O “colapso” da saúde já existia. Quem disse isso? Os mais simples sempre viviam reclamando que não encontravam nada nos serviços de saúde. O mínimo encontrava e isso é questão de justiça afirmar. Agora o máximo? A segurança plena? O resguardo necessário pra não ter medo extremo da morte? Não encontrava, não encontra e não encontrará? Acreditamos que essa realidade vai mudar. Mas pra que isso aconteça é necessário o combate à Corrupção. Que a reflexão tenha trazido dor de consciência e que pensem na coletividade!

A Rede de Rádios Jovem Pan está com um acréscimo considerável na audiência. Pode se dizer que hoje é a rádio que virou TV. José Roberto Guzzo afirma em entrevista enfaticamente que NENHUM POLÍTICO ESTÁ PENSANDO EM SALVAR VIDAS, estão pensando é em tirar proveito do momento devido a abstinência. Nenhum não é exagero? Olha José Roberto Guzzo é um homem tarimbado e experiente. Guzzo afirma que 40% (quarenta por cento do congresso) respondem a processos. Mais isso não é motivo de generalização? Podemos dizer que o NENHUM pode ser força de expressão?

Nem desejamos entrar no mérito desta questão. Quem vive Brasília começa a conceder entrevistas e quem somos nós pra duvidarmos deles? Certa vez um Padre que tentava evangelizar o congresso disse: Eles ouvem, atendem bem, mas não acredito que vivam o que Jesus Cristo ensinou. Tá vendo! As cabeças brancas compreendem Brasília!             

Já estamos na Pós-Pandemia. Eis o motivo do Artigo.  A Rádio Jovem Pan vem fazendo uma campanha diferenciada. Primeiro foi Roberto Jefferson em uma entrevista esclarecedora. Ontem a presença de José Roberto Guzzo (ícone do bom Jornalismo). Seguindo a mesma linha do ex-deputado, Guzzo enfatiza a crise de abstinência que vive os políticos tradicionais. Respiradores teriam sido comprados através de uma loja de vinhos? Vem aí a operação do Covidão. O excelente Ministro da Justiça Sérgio Moro quer investigação total e em TUDO! A Operação da Polícia Federal terá prioridade máxima!

Na pós-Pandemia o Presidente Jair Messias Bolsonaro já indicou o Almirante Flávio Rocha pra acompanhar a transição no Ministério da Saúde e por estes dias vai nomear o General Pazuello pra ser o número 2 do Ministério. O que tudo isso significa? O Governo Federal quer o Ministro da Saúde Nelson Teich cuidando exclusivamente do combate ao coronavírus. E o Ministro anterior não cuidava? Dando aquelas entrevistas show você acredita que estava cuidando? O novo Ministro trabalha e de forma serena!

O Pós-Pandemia está acontecendo de que forma? Mas isso é no Mundo todo? Lógico, por outros países é que começaram a normalidade. Não dar nem mais pra citar as cidades e os países que já abriram seus comércios de forma responsável e acreditando em sua população. Nos Mosteiros existe uma lógica: o hábito faz o monge. E não é a vestimenta; é o hábito da rotina. O Brasileiro responsável não sai hoje de sua casa sem máscara; o bom Brasileiro não sai de casa sem álcool; o bom Brasileiro assim que chega em casa, imediatamente toma um bom banho e demorado. Eis a nova realidade do BRASIL.

E os Hospitais de Campanha? Provavelmente se tornarão permanentes. O “colapso” da saúde já existia. Quem disse isso? Os mais simples sempre viviam reclamando que não encontravam nada nos serviços de saúde. O mínimo encontrava e isso é questão de justiça afirmar. Agora o máximo? A segurança plena? O resguardo necessário pra não ter medo extremo da morte? Não encontrava, não encontra e não encontrará? Acreditamos que essa realidade vai mudar. Mas pra que isso aconteça é necessário o combate à Corrupção. Que a reflexão tenha trazido dor de consciência e que pensem na coletividade!

A Rede de Rádios Jovem Pan está com um acréscimo considerável na audiência. Pode se dizer que hoje é a rádio que virou TV. José Roberto Guzzo afirma em entrevista enfaticamente que NENHUM POLÍTICO ESTÁ PENSANDO EM SALVAR VIDAS, estão pensando é em tirar proveito do momento devido a abstinência. Nenhum não é exagero? Olha José Roberto Guzzo é um homem tarimbado e experiente. Guzzo afirma que 40% (quarenta por cento do congresso) respondem a processos. Mais isso não é motivo de generalização? Podemos dizer que o NENHUM pode ser força de expressão?

Nem desejamos entrar no mérito desta questão. Quem vive Brasília começa a conceder entrevistas e quem somos nós pra duvidarmos deles? Certa vez um Padre que tentava evangelizar o congresso disse: Eles ouvem, atendem bem, mas não acredito que vivam o que Jesus Cristo ensinou. Tá vendo! As cabeças brancas compreendem Brasília!             

Acha que não existe Cristofobia? Todos sabem o seu limite?