1. Blogs
  2. Josenildo Melo
  3. Vivendo da Providência
Publicidade

Vivendo da Providência

O que diferencia o cristão do mundano? O posicionamento. O acreditar com esperança. Estatísticas mostram que os que alimentam a fé diariamente; resistem com firmeza às tentações do mundo. Palavras alimentadoras de vida ajudam; principalmente ao amanhecer. Temos verificado que a programação das emissoras de rádio e TVs católicas fazem muito isso diariamente. Viver da providência faz parte da cultura cristã? O trabalho faz parte da cultura cristã. A crença no viver da providência advém muitas vezes da negativa dos que são próximos. Quanta lavagem de dinheiro acontece na caridade? Somente Deus sabe. Certo mesmo é que sem a caridade cristã muitos estariam morrendo de fome ou de desespero. O exercício da caridade está retornando com o Papa Francisco!

Do latim carĭtas, caridade é uma virtude teologal da religião cristã que consiste em amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a si mesmo. Trata-se, portanto, de um amor sem segundos interesses. Para o cristianismo, a caridade é uma das três virtudes teologais, assim como a fé e a esperança. O cristão ama Deus por Ele mesmo e ao próximo por amor a Deus. A caridade implica que o fim de todas as ações seja o amor. O termo “caridade” pode ser usado como sinônimo de filantropia, cuja etimologia remete para o “amor à humanidade”. Pelo amor que sente pelo gênero humano, o filantropo ajuda os outros sem pedir nada em troca e sem ter interesse na resposta do outro. A caridade (ou filantropia) pode desenvolver-se de forma individual, através de um grupo informal ou de uma organização. A caridade também pode entender-se como sendo a esmola que se dá aos pobres ou, em geral, como a atitude solidária com o sofrimento alheio. Faça caridade!

Existe exploração em nome do viver da providência? Tem dúvidas disso? Quantos vivem de enganar doadores? A reflexão do dia é: como conseguem dormir ou viverem sem a dor de tirarem justamente de quem mais precisa de ajuda? Você pensa que todo cristão é honesto? Muito cuidado com o seu dinheiro. O mais importante da caridade é ter a certeza do dinheiro aplicado. Verifique onde o seu dinheiro foi destinado. Os filmes americanos costumam enfatizar que o melhor lugar pra lavar dinheiro são as Igrejas. Mas e o lenga lenga de que as Igrejas estão sempre em déficit? O Jesuíta Papa Francisco vem pegando pesado sobre a vida dos purpurados; está nomeando somente pessoas que se afastam da vida luxuosa e realmente vivem sua vocação de servir a quem realmente mais precisa!

Dia de São Narciso, foi Bispo de Jerusalém e, quando se deu tal fato, devia ter quase cem anos de idade. Narciso não era judeu e teria nascido no ano 96. Homem austero, penitente, humilde, simples e puro, sabe-se que presidiu com Teófilo de Cesareia a um concílio onde foi aprovada a determinação de se celebrar sempre a Páscoa num Domingo. Dia também de São Feliciano, mártir de Cartago. Sabe-se pouco sobre a vida deste Santo, que viveu em Cartago, na atual Tunísia, no século III. Provavelmente pagão Feliciano converteu-se ao cristianismo e, precisamente por causa da sua fé, sofreu o martírio por mãos dos que odiavam a Igreja. Viver da providência traz humildade e segurança. Acreditar em Cristo Jesus também é acreditar que tudo ele realmente providencia no tempo certo!
 

O que diferencia o cristão do mundano? O posicionamento. O acreditar com esperança. Estatísticas mostram que os que alimentam a fé diariamente; resistem com firmeza às tentações do mundo. Palavras alimentadoras de vida ajudam; principalmente ao amanhecer. Temos verificado que a programação das emissoras de rádio e TVs católicas fazem muito isso diariamente. Viver da providência faz parte da cultura cristã? O trabalho faz parte da cultura cristã. A crença no viver da providência advém muitas vezes da negativa dos que são próximos. Quanta lavagem de dinheiro acontece na caridade? Somente Deus sabe. Certo mesmo é que sem a caridade cristã muitos estariam morrendo de fome ou de desespero. O exercício da caridade está retornando com o Papa Francisco!

Do latim carĭtas, caridade é uma virtude teologal da religião cristã que consiste em amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a si mesmo. Trata-se, portanto, de um amor sem segundos interesses. Para o cristianismo, a caridade é uma das três virtudes teologais, assim como a fé e a esperança. O cristão ama Deus por Ele mesmo e ao próximo por amor a Deus. A caridade implica que o fim de todas as ações seja o amor. O termo “caridade” pode ser usado como sinônimo de filantropia, cuja etimologia remete para o “amor à humanidade”. Pelo amor que sente pelo gênero humano, o filantropo ajuda os outros sem pedir nada em troca e sem ter interesse na resposta do outro. A caridade (ou filantropia) pode desenvolver-se de forma individual, através de um grupo informal ou de uma organização. A caridade também pode entender-se como sendo a esmola que se dá aos pobres ou, em geral, como a atitude solidária com o sofrimento alheio. Faça caridade!

Existe exploração em nome do viver da providência? Tem dúvidas disso? Quantos vivem de enganar doadores? A reflexão do dia é: como conseguem dormir ou viverem sem a dor de tirarem justamente de quem mais precisa de ajuda? Você pensa que todo cristão é honesto? Muito cuidado com o seu dinheiro. O mais importante da caridade é ter a certeza do dinheiro aplicado. Verifique onde o seu dinheiro foi destinado. Os filmes americanos costumam enfatizar que o melhor lugar pra lavar dinheiro são as Igrejas. Mas e o lenga lenga de que as Igrejas estão sempre em déficit? O Jesuíta Papa Francisco vem pegando pesado sobre a vida dos purpurados; está nomeando somente pessoas que se afastam da vida luxuosa e realmente vivem sua vocação de servir a quem realmente mais precisa!

Dia de São Narciso, foi Bispo de Jerusalém e, quando se deu tal fato, devia ter quase cem anos de idade. Narciso não era judeu e teria nascido no ano 96. Homem austero, penitente, humilde, simples e puro, sabe-se que presidiu com Teófilo de Cesareia a um concílio onde foi aprovada a determinação de se celebrar sempre a Páscoa num Domingo. Dia também de São Feliciano, mártir de Cartago. Sabe-se pouco sobre a vida deste Santo, que viveu em Cartago, na atual Tunísia, no século III. Provavelmente pagão Feliciano converteu-se ao cristianismo e, precisamente por causa da sua fé, sofreu o martírio por mãos dos que odiavam a Igreja. Viver da providência traz humildade e segurança. Acreditar em Cristo Jesus também é acreditar que tudo ele realmente providencia no tempo certo!
 

Coluna do Arimatéia Azevedo Conduzido pelo espírito santo