1. Blogs
  2. Josenildo Melo
  3. O livro de Deuteronômio
Publicidade

O livro de Deuteronômio

Ainda tem desculpas pra não ler a Sagrada Escritura diariamente? O clima está propício pra melhor das leituras! Semana com jeitão de feriado; clima agradável e ameno; dependendo do local onde esteja o silêncio impera. Mas escolhi outros livros pra ler? A sagrada escritura deve ser o principal de todos os seus livros. Acredita que o povo de Deus somente ler a Bíblia? Em média em um bom feriado a leitura flui em torno de três livros. A Sagrada Escritura é o norte até mesmo pra leitura de outros livros. Saiba um pouco mais hoje, sobre o livro de deuteronômio. O que é mesmo o livro de Deuteronômio?

Segundo a Revista Vida Pastoral o Deuteronômio é o quinto livro da Bíblia. Faz parte de um conjunto de cinco livros chamado Pentateuco, também conhecido como Torá ou Lei sagrada. A palavra Deuteronômio vem da língua grega. Deuteronômio significa “Segunda Lei”: deutero (segunda), nomos (lei). Na Bíblia hebraica, o nome do livro do Deuteronômio é Debarim, que significa “Palavras”, por ser esta a primeira palavra do livro, que começa assim: “[Estas são as] Palavras que Moisés dirigiu a todo Israel no outro lado do Jordão” (Dt 1,1). O nome Deuteronômio também tem a ver com a ordem de Deus para os reis de Israel. Ele disse: Quando subir ao trono, ele [o rei] mandará escrever num livro, para seu próprio uso, uma cópia desta lei, ditada pelos sacerdotes levitas. Ela ficará sempre com ele, que a lerá todos os dias de sua vida, para que aprenda a temer a Yhwh seu Deus, observando todas as palavras desta lei e colocando estes estatutos em prática (Dt 17,18-19).

Falar de apenas um assunto não abusa? Esse é o pensamento do dataísmo. Sabe o que significa dataísmo? Quando queríamos saber alguma informação para nos ajudar a decidir, recorríamos antigamente ao consultor, ao professor, ao chefe, ao vendedor, à enciclopédia ou até ao Pastor da paróquia. Tínhamos como base de conhecimento as grandes religiões, como o Cristianismo e o Islamismo; mas muita coisa está mudando. O conhecimento sobre o bem e o mal, bem como a tomada de decisões no dia a dia, vêm agora, cada vez mais, com o apoio de alguma aplicação de software e menos do conhecimento adquirido pessoalmente ou, diretamente, de outras pessoas, livros ou instituições clássicas. Google, Facebook, Linkedin, Wikipédia ou até os sites de meteorologia e o Youtube começam a ser de maior confiança e rapidez do que os antigos métodos de consulta e análise. Esta nova espécie de religião, apelidada de dataísmo pelo famoso escritor da obra Homo Deus, o israelita Yuval Harari, está entrando lentamente nas nossas vidas. Cuidado!  Smartphone e a Internet são as principais ferramentas dos dataístas.

De acordo com Carlos Mesters & Francisco Orofino o Deuteronômio trata de temas fundamentais para a fé e a espiritualidade do povo de Deus. O tema central está bem expresso nesta frase do próprio livro: Ouve, ó Israel: Yhwh nosso Deus é o único Yhwh! Portanto, amarás a Yhwh teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua força. Que estas palavras que hoje te ordeno estejam em teu coração! Tu as inculcarás aos teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando em teu caminho, deitado e de pé. Tu as atarás também à tua mão como um sinal, e serão como um frontal entre os teus olhos; tu as escreverás nos umbrais da tua casa, e nas tuas portas (Dt 6,4-9).

Ainda tem desculpas pra não ler a Sagrada Escritura diariamente? O clima está propício pra melhor das leituras! Semana com jeitão de feriado; clima agradável e ameno; dependendo do local onde esteja o silêncio impera. Mas escolhi outros livros pra ler? A sagrada escritura deve ser o principal de todos os seus livros. Acredita que o povo de Deus somente ler a Bíblia? Em média em um bom feriado a leitura flui em torno de três livros. A Sagrada Escritura é o norte até mesmo pra leitura de outros livros. Saiba um pouco mais hoje, sobre o livro de deuteronômio. O que é mesmo o livro de Deuteronômio?

Segundo a Revista Vida Pastoral o Deuteronômio é o quinto livro da Bíblia. Faz parte de um conjunto de cinco livros chamado Pentateuco, também conhecido como Torá ou Lei sagrada. A palavra Deuteronômio vem da língua grega. Deuteronômio significa “Segunda Lei”: deutero (segunda), nomos (lei). Na Bíblia hebraica, o nome do livro do Deuteronômio é Debarim, que significa “Palavras”, por ser esta a primeira palavra do livro, que começa assim: “[Estas são as] Palavras que Moisés dirigiu a todo Israel no outro lado do Jordão” (Dt 1,1). O nome Deuteronômio também tem a ver com a ordem de Deus para os reis de Israel. Ele disse: Quando subir ao trono, ele [o rei] mandará escrever num livro, para seu próprio uso, uma cópia desta lei, ditada pelos sacerdotes levitas. Ela ficará sempre com ele, que a lerá todos os dias de sua vida, para que aprenda a temer a Yhwh seu Deus, observando todas as palavras desta lei e colocando estes estatutos em prática (Dt 17,18-19).

Falar de apenas um assunto não abusa? Esse é o pensamento do dataísmo. Sabe o que significa dataísmo? Quando queríamos saber alguma informação para nos ajudar a decidir, recorríamos antigamente ao consultor, ao professor, ao chefe, ao vendedor, à enciclopédia ou até ao Pastor da paróquia. Tínhamos como base de conhecimento as grandes religiões, como o Cristianismo e o Islamismo; mas muita coisa está mudando. O conhecimento sobre o bem e o mal, bem como a tomada de decisões no dia a dia, vêm agora, cada vez mais, com o apoio de alguma aplicação de software e menos do conhecimento adquirido pessoalmente ou, diretamente, de outras pessoas, livros ou instituições clássicas. Google, Facebook, Linkedin, Wikipédia ou até os sites de meteorologia e o Youtube começam a ser de maior confiança e rapidez do que os antigos métodos de consulta e análise. Esta nova espécie de religião, apelidada de dataísmo pelo famoso escritor da obra Homo Deus, o israelita Yuval Harari, está entrando lentamente nas nossas vidas. Cuidado!  Smartphone e a Internet são as principais ferramentas dos dataístas.

De acordo com Carlos Mesters & Francisco Orofino o Deuteronômio trata de temas fundamentais para a fé e a espiritualidade do povo de Deus. O tema central está bem expresso nesta frase do próprio livro: Ouve, ó Israel: Yhwh nosso Deus é o único Yhwh! Portanto, amarás a Yhwh teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua força. Que estas palavras que hoje te ordeno estejam em teu coração! Tu as inculcarás aos teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando em teu caminho, deitado e de pé. Tu as atarás também à tua mão como um sinal, e serão como um frontal entre os teus olhos; tu as escreverás nos umbrais da tua casa, e nas tuas portas (Dt 6,4-9).

O Governo avança e avançará?