1. Blogs
  2. Josenildo Melo
  3. A saga que move montanhas?
Publicidade

A saga que move montanhas?

Não; não mesmo. Qual a etimologia da palavra Saga? Informações públicas dão conta de que saga é uma palavra que significa lenda ou aventura, e consiste em descrições de histórias de personagens famosos de uma determinada cultura ou religião. As sagas também podem ser em forma de canção, que revela os atos heróicos. O mundo com suas várias correntes teológicas teimam em retratar Cristo apenas no contexto histórico; chegando até mesmo a alguns Padres dizerem em conversas reservadas que tudo indica apenas o lado histórico de Cristo Jesus: “Assim como a Igreja “fantasia” a vida dos santos fez o mesmo com a vida de Jesus Cristo” e esses que afirmam isso continuam no Clero!
       
Paulo, apóstolo (e estamos cada vez mais pesquisando sobre o mesmo) é o maior exemplo de clarividência de Jesus Cristo; Deus. Chega a ser “ato criminoso” alguns sacerdotes terem como missão destruir a fé em Cristo Jesus; Deus. Nossa, quantas críticas! E qual o motivo nobre escritor? A percepção cada vez maior de que os Leigos são a parcela relegada a apenas massa de manobra? Tudo o que é ensinado a este público costuma não ser verossímil? O que a cúpula da Igreja considera leigo? Leigo significa um indivíduo com pouco ou nenhum conhecimento em determinada matéria. A acepção tem origem no meio religioso quando se referia ao membro que não possuía os conhecimentos suficientes para determinadas funções dentro da organização religiosa a que pertencia. Na Igreja Católica, leigos são os cristãos que não fazem parte do clero, ou seja, não são ordenados nem fazem parte da hierarquia eclesiástica, mas participam ativamente de atividades ligadas à Igreja. O termo "leigo" deriva do Latim "laicus" cuja origem vem do Grego "laikós". É sinônimo de "laico" ou "laical", ou seja, que não pertence ou não está sujeito a nenhuma religião. Por exemplo: ensino leigo ou laico. Sabem qual a hipocrisia do momento? Oferecer o “cargo” de ministro extraordinário da eucaristia ao povão. E agora com direito a exposição pública!

Enquanto isso? Os excelentes Padres e bons diáconos permanentes vão ficando relegados a segundo plano. A Igreja Católica Apostólica Romana cada vez mais adere ao “protestantismo de segunda categoria”? Enquanto isso as Igrejas Reformadas continuam avançando e sem preocupações com crescimento desordenado. A Igreja de Cristo Jesus está com receio e medo das próximas décadas? Resolveu partir pro “ataque de forma desenfreada” e sem a mínima qualificação possível? Tem dioceses ordenando diáconos permanentes a torto e a direito? Alguns chegam ao ponto de cometerem erros grosseiros de português ao ler o evangelho de Cristo Jesus; Deus, publicamente. A que ponto chegou? Os Centros Universitários, Universidades Federais e Estaduais costumavam respeitar o Clero pela excelente formação acadêmica. E agora o que anda acontecendo? Que coisa!
         
Reza a lenda que a diferença entre Padre e Pastor era o aspecto intelectual-formativo. Muitos pastores de tradicionais igrejas evangélica parecem que passaram a aprofundar o conhecimento sobre as ciências e a cada dia evoluem sem perder o tino pela santidade e amor à Escritura. Imorais, inescrupulosos e verdadeiros criminosos estão acabando com a Igreja de Cristo Jesus?  Eis, isso SIM a saga de um péssimo Padre, Bispo, Arcebispo. Teresina já não é mais uma cidade que respira catolicidade! Fizeram dos templos verdadeiros centros comerciais? Tá difícil encontrar uma Missa bem celebrada?


 

Não; não mesmo. Qual a etimologia da palavra Saga? Informações públicas dão conta de que saga é uma palavra que significa lenda ou aventura, e consiste em descrições de histórias de personagens famosos de uma determinada cultura ou religião. As sagas também podem ser em forma de canção, que revela os atos heróicos. O mundo com suas várias correntes teológicas teimam em retratar Cristo apenas no contexto histórico; chegando até mesmo a alguns Padres dizerem em conversas reservadas que tudo indica apenas o lado histórico de Cristo Jesus: “Assim como a Igreja “fantasia” a vida dos santos fez o mesmo com a vida de Jesus Cristo” e esses que afirmam isso continuam no Clero!
       
Paulo, apóstolo (e estamos cada vez mais pesquisando sobre o mesmo) é o maior exemplo de clarividência de Jesus Cristo; Deus. Chega a ser “ato criminoso” alguns sacerdotes terem como missão destruir a fé em Cristo Jesus; Deus. Nossa, quantas críticas! E qual o motivo nobre escritor? A percepção cada vez maior de que os Leigos são a parcela relegada a apenas massa de manobra? Tudo o que é ensinado a este público costuma não ser verossímil? O que a cúpula da Igreja considera leigo? Leigo significa um indivíduo com pouco ou nenhum conhecimento em determinada matéria. A acepção tem origem no meio religioso quando se referia ao membro que não possuía os conhecimentos suficientes para determinadas funções dentro da organização religiosa a que pertencia. Na Igreja Católica, leigos são os cristãos que não fazem parte do clero, ou seja, não são ordenados nem fazem parte da hierarquia eclesiástica, mas participam ativamente de atividades ligadas à Igreja. O termo "leigo" deriva do Latim "laicus" cuja origem vem do Grego "laikós". É sinônimo de "laico" ou "laical", ou seja, que não pertence ou não está sujeito a nenhuma religião. Por exemplo: ensino leigo ou laico. Sabem qual a hipocrisia do momento? Oferecer o “cargo” de ministro extraordinário da eucaristia ao povão. E agora com direito a exposição pública!

Enquanto isso? Os excelentes Padres e bons diáconos permanentes vão ficando relegados a segundo plano. A Igreja Católica Apostólica Romana cada vez mais adere ao “protestantismo de segunda categoria”? Enquanto isso as Igrejas Reformadas continuam avançando e sem preocupações com crescimento desordenado. A Igreja de Cristo Jesus está com receio e medo das próximas décadas? Resolveu partir pro “ataque de forma desenfreada” e sem a mínima qualificação possível? Tem dioceses ordenando diáconos permanentes a torto e a direito? Alguns chegam ao ponto de cometerem erros grosseiros de português ao ler o evangelho de Cristo Jesus; Deus, publicamente. A que ponto chegou? Os Centros Universitários, Universidades Federais e Estaduais costumavam respeitar o Clero pela excelente formação acadêmica. E agora o que anda acontecendo? Que coisa!
         
Reza a lenda que a diferença entre Padre e Pastor era o aspecto intelectual-formativo. Muitos pastores de tradicionais igrejas evangélica parecem que passaram a aprofundar o conhecimento sobre as ciências e a cada dia evoluem sem perder o tino pela santidade e amor à Escritura. Imorais, inescrupulosos e verdadeiros criminosos estão acabando com a Igreja de Cristo Jesus?  Eis, isso SIM a saga de um péssimo Padre, Bispo, Arcebispo. Teresina já não é mais uma cidade que respira catolicidade! Fizeram dos templos verdadeiros centros comerciais? Tá difícil encontrar uma Missa bem celebrada?


 

A VELHA MÍDIA QUEBROU? Temor e dores. O pânico toma conta?