1. Blogs
  2. Blog da Cris
  3. Sabia que empregador também tem direitos na relação de emprego?
Publicidade

Sabia que empregador também tem direitos na relação de emprego?

Somos acostumados a acreditar que o Direito do Trabalho somente beneficia o empregado, não trazendo direitos ligados a figura do empregador. Mas, deixa eu te contar uma coisa, você sabia que isso não é verdade? Sabia que o empregador também tem direitos no contrato de trabalho?

Sabia que empregador também tem direitos na reação de emprego? (Foto: reprodução/internet)

Difícil de acreditar, não é? É importante que você saiba que existem direitos decorrentes do contrato para o empregador, ou seja, ele também tem uma certa proteção pelas mesmas leis que o empregado. 
Esses direitos, no entanto, para serem usados necessitam que o empregador observe de forma eficaz as entrelinhas do Direito do Trabalho, por isso, é interessante que ele busque um advogado consultivo, esse profissional poderá evitar os gastos na esfera judicial e administrativa.

A primeira informação importante que o empregador deve ter é que não é verdade que a maioria das demissões por justa causa irão se reverter contra o empregador na justiça do trabalho. Acredite, não é assim. 
Existem diversas situações em que a Justiça decide em favor do empregador, além do mais, criar na empresa uma conduta de respeito as regras, punindo o empregado até mesmo por pequenos atos que sejam passíveis de punição, ajuda na manutenção de um ambiente de trabalho saudável.

Uma segunda informação importante, é a possibilidade que o empregador tem de criar regulamentos internos que estabeleçam de forma clara e eficaz quais condutas são esperadas e quais são proibidas na empresa. Cuidado na elaboração desse regulamento, pois ele, em hipótese nenhuma, pode entrar na vida privada do empregado. Um exemplo, é proibir namoros ou casamento entre colegas de trabalho, o que o empregador pode fazer nesse caso, é proibir manifestações mais intimas no trabalho, tais como, beijos, carícias, brincadeiras intimas.

Então, vamos listar alguns direitos do empregador:

1.    o empregador tem o direito de exigir a prestação de serviço da forma ajustada no contrato;
2.    o empregador tem o direito de exigir que o empregado respeite a condição pessoal dos seus superiores hierárquicos, colegas de trabalho e clientes; 
3.    direito de dar advertência, suspensão e até mesmo demitir o funcionário que não observar as regras da empresa e das normas trabalhistas;
4.    direito de fiscalizar o ambiente de trabalho;
5.    direito de criar regras internas para serem praticadas no trabalho;
6.    direito de estabelecer o período de férias dos empregados;
7.    direito de nomear e retirar cargos de confiança;
8.    direito de colocar o teletrabalhador em sistema presencial sem o seu consentimento; 
9.    direito de demitir o empregado sem justa causa a qualquer momento, salvo se ele for estável;
10.    direito de lealdade do empregado, impedindo que ele faça concorrência ao empregador;
11.     direito de que o empregado mantenha sigilo das atividades, não divulgando informações importantes para empresa.
Quer saber os demais direitos dos empregadores? Procure seu advogado, porque cada atividade tem situações diferentes.
 

Somos acostumados a acreditar que o Direito do Trabalho somente beneficia o empregado, não trazendo direitos ligados a figura do empregador. Mas, deixa eu te contar uma coisa, você sabia que isso não é verdade? Sabia que o empregador também tem direitos no contrato de trabalho?

Sabia que empregador também tem direitos na reação de emprego? (Foto: reprodução/internet)

Difícil de acreditar, não é? É importante que você saiba que existem direitos decorrentes do contrato para o empregador, ou seja, ele também tem uma certa proteção pelas mesmas leis que o empregado. 
Esses direitos, no entanto, para serem usados necessitam que o empregador observe de forma eficaz as entrelinhas do Direito do Trabalho, por isso, é interessante que ele busque um advogado consultivo, esse profissional poderá evitar os gastos na esfera judicial e administrativa.

A primeira informação importante que o empregador deve ter é que não é verdade que a maioria das demissões por justa causa irão se reverter contra o empregador na justiça do trabalho. Acredite, não é assim. 
Existem diversas situações em que a Justiça decide em favor do empregador, além do mais, criar na empresa uma conduta de respeito as regras, punindo o empregado até mesmo por pequenos atos que sejam passíveis de punição, ajuda na manutenção de um ambiente de trabalho saudável.

Uma segunda informação importante, é a possibilidade que o empregador tem de criar regulamentos internos que estabeleçam de forma clara e eficaz quais condutas são esperadas e quais são proibidas na empresa. Cuidado na elaboração desse regulamento, pois ele, em hipótese nenhuma, pode entrar na vida privada do empregado. Um exemplo, é proibir namoros ou casamento entre colegas de trabalho, o que o empregador pode fazer nesse caso, é proibir manifestações mais intimas no trabalho, tais como, beijos, carícias, brincadeiras intimas.

Então, vamos listar alguns direitos do empregador:

1.    o empregador tem o direito de exigir a prestação de serviço da forma ajustada no contrato;
2.    o empregador tem o direito de exigir que o empregado respeite a condição pessoal dos seus superiores hierárquicos, colegas de trabalho e clientes; 
3.    direito de dar advertência, suspensão e até mesmo demitir o funcionário que não observar as regras da empresa e das normas trabalhistas;
4.    direito de fiscalizar o ambiente de trabalho;
5.    direito de criar regras internas para serem praticadas no trabalho;
6.    direito de estabelecer o período de férias dos empregados;
7.    direito de nomear e retirar cargos de confiança;
8.    direito de colocar o teletrabalhador em sistema presencial sem o seu consentimento; 
9.    direito de demitir o empregado sem justa causa a qualquer momento, salvo se ele for estável;
10.    direito de lealdade do empregado, impedindo que ele faça concorrência ao empregador;
11.     direito de que o empregado mantenha sigilo das atividades, não divulgando informações importantes para empresa.
Quer saber os demais direitos dos empregadores? Procure seu advogado, porque cada atividade tem situações diferentes.
 

Como colocar seus empregados de férias agora por causa da pandemia? O empregador não está pagando o meu salário; pode caracterizar rescisão indireta?