1. Blogs
  2. Opinião
  3. Verificabilidade exequível constatatória?
Publicidade

Verificabilidade exequível constatatória?

Tem um velho provérbio popular que expressa o que de fato acontece na Política Piauiense? Á água só corre pro mar. Que águas estão correndo em direção ao mar neste momento?  Primeiro vamos ao esclarecimento vocabular. O que é mesmo o significado da palavra exeqüível? É algo possível de executar. A etimologia da palavra advém do latim exequi+vel. Que também significa algo que pode ser realizado, desenvolvido ou feito. Exequível é o que se consegue executar, é o que oferece as condições necessárias para sua realizaç& atilde;o possível.  Em entrelinhas; é possível a execução de um projeto de ruptura de poder local? Basta apenas quererem; pois as condições reais estarão postas?

E a verificabilidade exeqüível constatatória de ruptura de poder local está em andamento? Sinais são evidentes. As falas ditas nos últimos dias; não são falas aleatórias e nem pessoais; tudo indica que são falas de âmbito plural coletivo e requerem análise prudencial. E tem como reunir forças suficientes? Não existe momento melhor pra que de fato isso aconteça. Vejamos! Por mais que ditos maleáveis políticos tentem se posicionar; não existe a menor possibilidade do poder nacional compor com o poder local. E de onde advirão composições que possam ameaçar o poder local? De onde sempre vieram; de dentro do próprio poder local. Quem em sã consciência deixaria benefícios valorosos em nome de uma dita lealdade? Em política; não existe esta menor possibilidade já dizia o grande intelectual italiano. As águas só correm em pro mar!

Mas onde anda a verificabilidade exeqüível constatatória? Dois de dez já é um avanço. De dois pra dez pode ser apenas questão de tempo? Queiram ou não, aceitem ou não, os melhores estrategistas de Jair Messias Bolsonaro são do quadro militar. Vocês já viram militar adentrar a algo e não triunfar? Todo bom estrategista militar sempre vence. E ainda mais nos dias atuais; onde alguns estão em fragalhos e não possuem praticamente mais nada a oferecer. Pessoal; uma fala de uma comunicadora não representa tanta coisa; mas a fala sábia de uma líder pode e sempre representa muito em termos arquitetais de configurações de poder. Em política; o segredo é percepção a longo prazo. E porque o escolhido pra uma conversa reservada é um grande sonhador em tornar-se líder máximo estadual? Porque é justamente daí que pode advir o racha!

O jogo de xadrez é um jogo fácil? Se fosse todos aprenderiam; e lógico que todos podem aprender, basta apenas dedicação total. Engana-se quem imagina que a turma lá de cima não sabe jogar muito bem o xadrez político? A verificabilidade exeqüível constatatória indica que sabem jogar. Tudo se resume a questão de tempo! Em termos de poder existe uma máxima: nada dura para sempre! Até mesmo o Império Romano ruiu. E qual o perigo de tudo isso? Resultar não apenas em perca de funções públicas, mas, sobretudo penalidades. Tudo que está oculto um d ia será revelado?

A verificabilidade exeqüível constatatória do último final de semana significa que vem tormentas por aí? Isso ninguém pode prever. Certo mesmo é que pedras começam a serem movidas estrategicamente no tabuleiro do xadrez. Quem viver verá!

Tem um velho provérbio popular que expressa o que de fato acontece na Política Piauiense? Á água só corre pro mar. Que águas estão correndo em direção ao mar neste momento?  Primeiro vamos ao esclarecimento vocabular. O que é mesmo o significado da palavra exeqüível? É algo possível de executar. A etimologia da palavra advém do latim exequi+vel. Que também significa algo que pode ser realizado, desenvolvido ou feito. Exequível é o que se consegue executar, é o que oferece as condições necessárias para sua realizaç& atilde;o possível.  Em entrelinhas; é possível a execução de um projeto de ruptura de poder local? Basta apenas quererem; pois as condições reais estarão postas?

E a verificabilidade exeqüível constatatória de ruptura de poder local está em andamento? Sinais são evidentes. As falas ditas nos últimos dias; não são falas aleatórias e nem pessoais; tudo indica que são falas de âmbito plural coletivo e requerem análise prudencial. E tem como reunir forças suficientes? Não existe momento melhor pra que de fato isso aconteça. Vejamos! Por mais que ditos maleáveis políticos tentem se posicionar; não existe a menor possibilidade do poder nacional compor com o poder local. E de onde advirão composições que possam ameaçar o poder local? De onde sempre vieram; de dentro do próprio poder local. Quem em sã consciência deixaria benefícios valorosos em nome de uma dita lealdade? Em política; não existe esta menor possibilidade já dizia o grande intelectual italiano. As águas só correm em pro mar!

Mas onde anda a verificabilidade exeqüível constatatória? Dois de dez já é um avanço. De dois pra dez pode ser apenas questão de tempo? Queiram ou não, aceitem ou não, os melhores estrategistas de Jair Messias Bolsonaro são do quadro militar. Vocês já viram militar adentrar a algo e não triunfar? Todo bom estrategista militar sempre vence. E ainda mais nos dias atuais; onde alguns estão em fragalhos e não possuem praticamente mais nada a oferecer. Pessoal; uma fala de uma comunicadora não representa tanta coisa; mas a fala sábia de uma líder pode e sempre representa muito em termos arquitetais de configurações de poder. Em política; o segredo é percepção a longo prazo. E porque o escolhido pra uma conversa reservada é um grande sonhador em tornar-se líder máximo estadual? Porque é justamente daí que pode advir o racha!

O jogo de xadrez é um jogo fácil? Se fosse todos aprenderiam; e lógico que todos podem aprender, basta apenas dedicação total. Engana-se quem imagina que a turma lá de cima não sabe jogar muito bem o xadrez político? A verificabilidade exeqüível constatatória indica que sabem jogar. Tudo se resume a questão de tempo! Em termos de poder existe uma máxima: nada dura para sempre! Até mesmo o Império Romano ruiu. E qual o perigo de tudo isso? Resultar não apenas em perca de funções públicas, mas, sobretudo penalidades. Tudo que está oculto um d ia será revelado?

A verificabilidade exeqüível constatatória do último final de semana significa que vem tormentas por aí? Isso ninguém pode prever. Certo mesmo é que pedras começam a serem movidas estrategicamente no tabuleiro do xadrez. Quem viver verá!

Estava tudo muito calmo e tranquilo? Perseguição como “crime moral”