1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Deputada independente
Publicidade

Deputada independente

Não há como deixar de lado as parvoíces publicadas na imprensa piauiense diariamente, não há. 

Ontem mesmo, foi um desses dias. 

O presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde, em entrevista ao jornalista Lucas Sousa do Portal AZ, disse que , a deputada estadual Lucy Soares, esposa do prefeito de Teresina Firmino Filho, é uma deputada “independente”.

Ficamos a matutar o que seria essa independência propalada por Júlio Arcoverde em relação à deputada Lucy Soares. 

Ah, Júlio Arcoverde também dissera, que desde a sua filiação ao Progressistas, Lucy Soares fez na condição de independente, embora o Partido que preside no Estado, continue e tenha ampliado a sua participação no governo do petista Wellington Dias,

Tudo acima relatado em apenas um jogo de cena, uma pantomima.

O que há de verdade em tudo isso?

Duas semanas atrás, a deputada Lucy Soares, juntamente com outros três deputados, empreendeu, desnecessariamente, uma viagem às cidades de Floriano e Picos, para ver com os próprios olhos um verdadeiro Inferno de Dante-primeira parte- que é o atendimento dispensado aos contribuintes nos hospitais estaduais dessas duas cidades do interior piauiense.

A deputada Lucy Soares, ao constatar as condições deploráveis em que se encontram aquelas “casas de saúde”, ficou estupefacta e num rasgo de sinceridade, comparou o Hospital Tibério Nunes a um matadouro. 

Qualquer um, ao contemplar cenas Dantescas, iguais às instalações daquele Hospital, faria a mesma observação. 

Tudo isso é passado. 

Voltando às declarações de Júlio Arcoverde em relação à ‘independência’ da deputada Lucy Soares, na realidade esse pequeno imbróglio decorre do simples fato do dono do Progressistas no Piauí e presidente nacional do Partido, Senador Ciro Nogueira-eleito por aclamação por seus pares- continuar com influência política no plano nacional, pois preside um partido com expressivas bancadas , tanto na Câmara como no Senado Federal, consequentemente mantendo as mesmas posições no novo mandato de Wellington Dias . 

Na prefeitura de Teresina manteve e ampliou os que já detinha na administração do prefeito Firmino Filho. 

Não é necessário dizer que Ciro Nogueira continua no jogo da política nacional e por ter alocado e empenhado até 2018 no governo Temer, muito dinheiro para o governo do Estado e para a prefeitura de Teresina, continua dando as cartas na política estadual. 

As críticas feitas e as que poderão advir ao Governo de Wellington Dias, feitas pela deputada Lucy Soares, não terão o condão de estremecer as relações políticas locais, já que o governador Wellington Dias, premido pelas circunstâncias da banca rota financeira instalada na máquina pública estadual, é refém mais do que nunca, do prestígio de Ciro Nogueira.

O resto é só diversionismo.

Não há como deixar de lado as parvoíces publicadas na imprensa piauiense diariamente, não há. 

Ontem mesmo, foi um desses dias. 

O presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde, em entrevista ao jornalista Lucas Sousa do Portal AZ, disse que , a deputada estadual Lucy Soares, esposa do prefeito de Teresina Firmino Filho, é uma deputada “independente”.

Ficamos a matutar o que seria essa independência propalada por Júlio Arcoverde em relação à deputada Lucy Soares. 

Ah, Júlio Arcoverde também dissera, que desde a sua filiação ao Progressistas, Lucy Soares fez na condição de independente, embora o Partido que preside no Estado, continue e tenha ampliado a sua participação no governo do petista Wellington Dias,

Tudo acima relatado em apenas um jogo de cena, uma pantomima.

O que há de verdade em tudo isso?

Duas semanas atrás, a deputada Lucy Soares, juntamente com outros três deputados, empreendeu, desnecessariamente, uma viagem às cidades de Floriano e Picos, para ver com os próprios olhos um verdadeiro Inferno de Dante-primeira parte- que é o atendimento dispensado aos contribuintes nos hospitais estaduais dessas duas cidades do interior piauiense.

A deputada Lucy Soares, ao constatar as condições deploráveis em que se encontram aquelas “casas de saúde”, ficou estupefacta e num rasgo de sinceridade, comparou o Hospital Tibério Nunes a um matadouro. 

Qualquer um, ao contemplar cenas Dantescas, iguais às instalações daquele Hospital, faria a mesma observação. 

Tudo isso é passado. 

Voltando às declarações de Júlio Arcoverde em relação à ‘independência’ da deputada Lucy Soares, na realidade esse pequeno imbróglio decorre do simples fato do dono do Progressistas no Piauí e presidente nacional do Partido, Senador Ciro Nogueira-eleito por aclamação por seus pares- continuar com influência política no plano nacional, pois preside um partido com expressivas bancadas , tanto na Câmara como no Senado Federal, consequentemente mantendo as mesmas posições no novo mandato de Wellington Dias . 

Na prefeitura de Teresina manteve e ampliou os que já detinha na administração do prefeito Firmino Filho. 

Não é necessário dizer que Ciro Nogueira continua no jogo da política nacional e por ter alocado e empenhado até 2018 no governo Temer, muito dinheiro para o governo do Estado e para a prefeitura de Teresina, continua dando as cartas na política estadual. 

As críticas feitas e as que poderão advir ao Governo de Wellington Dias, feitas pela deputada Lucy Soares, não terão o condão de estremecer as relações políticas locais, já que o governador Wellington Dias, premido pelas circunstâncias da banca rota financeira instalada na máquina pública estadual, é refém mais do que nunca, do prestígio de Ciro Nogueira.

O resto é só diversionismo.

Os proscritos Tem jeito?