1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Valiosas digitais
Publicidade

Valiosas digitais

Como o Estado do Piauí é prenhe de fatos inusitados! 

Inesperadamente, seis deputados estaduais eleitos em 2018, atualmente ocupando secretarias estaduais, resolvem em conjunto voltar a tomar assento nas suas respectivas cadeiras na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, sem dar conhecimento dessa decisão a quem os nomeou secretários, o governador Wellington Dias! 

Como a escumalha costuma afirmar que não existe almoço grátis, esses seis deputados, deixando de lado a hipocrisia que permeia o noticiário local, ao reassumirem os seus respectivos mandatos, irão apenas colocar as suas digitais nas solicitações do governador para que aprovem, sem discussão, empréstimos milionários de toda ordem. 

A esse respeito, deve ser levado a apreciação dos senhores deputados estaduais uma antecipação de receita a ser negociada com a rede bancária, com um deságio descomunal a favor do banco a ser escolhido, relativo à um milionário precatório do FUNDEB, já decidido em favor do Estado do Piauí, pelo Tribunal Regional Federal da primeira região em Brasilia. 

A lógica da tramoia é somente essa, já que sendo o suplente a apor a sua digital no voto que irá endividar ainda mais os escorchados pagadores de impostos deste Estado (no combo, existe outro jabuti) eles suplentes, é que iriam cerrar fileiras junto ao governador na hora aprazada da divisão do “butim”. 

A decisão desses seis altruístas deputados estaduais de, repentinamente, assumir os seus mandatos em uma ação coordenada, causou perplexidade até mesmo no eterno presidente do poder legislativo estadual, o deputado Themístocles Filho. 

É isso. 
 

Como o Estado do Piauí é prenhe de fatos inusitados! 

Inesperadamente, seis deputados estaduais eleitos em 2018, atualmente ocupando secretarias estaduais, resolvem em conjunto voltar a tomar assento nas suas respectivas cadeiras na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, sem dar conhecimento dessa decisão a quem os nomeou secretários, o governador Wellington Dias! 

Como a escumalha costuma afirmar que não existe almoço grátis, esses seis deputados, deixando de lado a hipocrisia que permeia o noticiário local, ao reassumirem os seus respectivos mandatos, irão apenas colocar as suas digitais nas solicitações do governador para que aprovem, sem discussão, empréstimos milionários de toda ordem. 

A esse respeito, deve ser levado a apreciação dos senhores deputados estaduais uma antecipação de receita a ser negociada com a rede bancária, com um deságio descomunal a favor do banco a ser escolhido, relativo à um milionário precatório do FUNDEB, já decidido em favor do Estado do Piauí, pelo Tribunal Regional Federal da primeira região em Brasilia. 

A lógica da tramoia é somente essa, já que sendo o suplente a apor a sua digital no voto que irá endividar ainda mais os escorchados pagadores de impostos deste Estado (no combo, existe outro jabuti) eles suplentes, é que iriam cerrar fileiras junto ao governador na hora aprazada da divisão do “butim”. 

A decisão desses seis altruístas deputados estaduais de, repentinamente, assumir os seus mandatos em uma ação coordenada, causou perplexidade até mesmo no eterno presidente do poder legislativo estadual, o deputado Themístocles Filho. 

É isso. 
 

Capacitando gerações Valiosas digitais