1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Até parece birra
Publicidade

Até parece birra

As repercussões veiculadas na imprensa no dia de ontem, sobre as eleições para renovação dos diretórios estadual e do município de Teresina do Partido dos Trabalhadores, trouxe ao proscênio, fatos inimagináveis tempos atrás. 

O suplente de deputado estadual petista Cícero Magalhães, eleito presidente do diretório municipal do PT, declarou que está fora do radar petista em Teresina, fazer coligação com o PSDB, nas eleições do próximo ano. 

Quem em sã consciência poderia aventar na história política Teresinense, essa possibilidade de Petistas e Tucanos, cerrarem fileiras numa disputa eleitoral? 

Até porque, de uma Câmara Municipal composta de vinte e nove vereadores e vereadoras, o PT, com a força dos tentáculos  da administração estadual, elegeu apenas dois vereadores na eleição de 2016. Força política muito pequena em Teresina. 

As tradicionais alianças partidárias do PT ao longo dos anos, sempre foram feitas com partidos ditos de esquerda, tais como PCdo B, PSOL , PCO, etc etc.

Portanto, somente a inesperada fala de Cícero Magalhães negando qualquer pretensão do PT compor com o PSDB, na eleição de 2020, causa 
perplexidade, já que, pelo que se noticiou no dia de ontem, setores petistas estariam cogitando abrir discussão sobre essa possibilidade. 

Será? 

P S

Ao eleger-se mais uma vez , como presidente estadual do PT, o deputado federal Assis Carvalho,  ratificou o poder de mando que exerce com mão de ferro, os destinos do PT no Estado do Piauí. 

É isso.

As repercussões veiculadas na imprensa no dia de ontem, sobre as eleições para renovação dos diretórios estadual e do município de Teresina do Partido dos Trabalhadores, trouxe ao proscênio, fatos inimagináveis tempos atrás. 

O suplente de deputado estadual petista Cícero Magalhães, eleito presidente do diretório municipal do PT, declarou que está fora do radar petista em Teresina, fazer coligação com o PSDB, nas eleições do próximo ano. 

Quem em sã consciência poderia aventar na história política Teresinense, essa possibilidade de Petistas e Tucanos, cerrarem fileiras numa disputa eleitoral? 

Até porque, de uma Câmara Municipal composta de vinte e nove vereadores e vereadoras, o PT, com a força dos tentáculos  da administração estadual, elegeu apenas dois vereadores na eleição de 2016. Força política muito pequena em Teresina. 

As tradicionais alianças partidárias do PT ao longo dos anos, sempre foram feitas com partidos ditos de esquerda, tais como PCdo B, PSOL , PCO, etc etc.

Portanto, somente a inesperada fala de Cícero Magalhães negando qualquer pretensão do PT compor com o PSDB, na eleição de 2020, causa 
perplexidade, já que, pelo que se noticiou no dia de ontem, setores petistas estariam cogitando abrir discussão sobre essa possibilidade. 

Será? 

P S

Ao eleger-se mais uma vez , como presidente estadual do PT, o deputado federal Assis Carvalho,  ratificou o poder de mando que exerce com mão de ferro, os destinos do PT no Estado do Piauí. 

É isso.

Capacitando gerações A Itararé petista