1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Capacitando gerações
Publicidade

Capacitando gerações

Desde do advento da primeira administração municipal de Teresina, sob a batuta do professor Wall Ferraz, 1985, o setor educacional do município tomou um impulso muito grande, sejam na melhorias físicas das unidades escolares, como também as condições salariais do magistério, condição indispensável para um feedback perfeito. 

De lá para cá, todos os prefeitos que passaram pelo Palácio da Cidade deram a sua parcela de contribuição para que a Edução Pública do município despontasse como a melhor do Nordeste. 

Esse árduo trabalho de aplicação com correção dos recursos destinados à Educação em Teresina, indo do maternal à nona série do ensino básico, nos últimos anos, tornou a capital do Estado do Piauí uma referência nacional no processo de ensino-aprendizagem. 

Diz um dito popular que Deus ajuda quem cedo madruga, sendo assim, o município de Teresina, segundo noticiado no dia de ontem, foi contemplado com um ‘ Nihil obstat ‘ do Ministério da Economia do governo do Presidente Bolsonaro, para que possa contrair junto ao NBD, banco de fomento dos países que compõem os BRICS( Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) empréstimo da ordem de US$ 50 milhões .

Esses recursos se destinam à construção de mais oito escolas de tempo integral, que irão somar-se às dezesseis já existentes no município de Teresina. 

Para o Prefeito Firmino Filho, a implantação das escolas de tempo integral e a expansão de matrículas na educação infantil é um ponta da Agenda 2030 da ONU. “É nosso propósito”, diz Firmino Filho, trabalharmos sempre no sentido de assegurar uma educação inclusiva, de qualidade, garantindo oportunidade de aprendizagem para todos, concluiu o alcaide Teresinense. 

A continuar nessa perspectiva de priorizar a educação pública municipal, propiciando as ferramentas imprescindíveis para que o processo educacional não sofra solução de continuidade, a cidade de Teresina será um verdadeiro farol a iluminar os caminhos da educação pública brasileira. 

Esse trabalho da Secretaria de Educação Municipal, que já produz resultados nos exames nacionais sobre a qualidade do ensino nas capitais brasileiras, há de contar sempre com o apoio da população Teresinense, pois não é segredo para ninguém que sem uma educação de qualidade para todos, só nos restará a barbárie, com todas as suas cruéis implicações. 

É isso. 

P.S: Com informações do Portal Cidade Verde.com

Desde do advento da primeira administração municipal de Teresina, sob a batuta do professor Wall Ferraz, 1985, o setor educacional do município tomou um impulso muito grande, sejam na melhorias físicas das unidades escolares, como também as condições salariais do magistério, condição indispensável para um feedback perfeito. 

De lá para cá, todos os prefeitos que passaram pelo Palácio da Cidade deram a sua parcela de contribuição para que a Edução Pública do município despontasse como a melhor do Nordeste. 

Esse árduo trabalho de aplicação com correção dos recursos destinados à Educação em Teresina, indo do maternal à nona série do ensino básico, nos últimos anos, tornou a capital do Estado do Piauí uma referência nacional no processo de ensino-aprendizagem. 

Diz um dito popular que Deus ajuda quem cedo madruga, sendo assim, o município de Teresina, segundo noticiado no dia de ontem, foi contemplado com um ‘ Nihil obstat ‘ do Ministério da Economia do governo do Presidente Bolsonaro, para que possa contrair junto ao NBD, banco de fomento dos países que compõem os BRICS( Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) empréstimo da ordem de US$ 50 milhões .

Esses recursos se destinam à construção de mais oito escolas de tempo integral, que irão somar-se às dezesseis já existentes no município de Teresina. 

Para o Prefeito Firmino Filho, a implantação das escolas de tempo integral e a expansão de matrículas na educação infantil é um ponta da Agenda 2030 da ONU. “É nosso propósito”, diz Firmino Filho, trabalharmos sempre no sentido de assegurar uma educação inclusiva, de qualidade, garantindo oportunidade de aprendizagem para todos, concluiu o alcaide Teresinense. 

A continuar nessa perspectiva de priorizar a educação pública municipal, propiciando as ferramentas imprescindíveis para que o processo educacional não sofra solução de continuidade, a cidade de Teresina será um verdadeiro farol a iluminar os caminhos da educação pública brasileira. 

Esse trabalho da Secretaria de Educação Municipal, que já produz resultados nos exames nacionais sobre a qualidade do ensino nas capitais brasileiras, há de contar sempre com o apoio da população Teresinense, pois não é segredo para ninguém que sem uma educação de qualidade para todos, só nos restará a barbárie, com todas as suas cruéis implicações. 

É isso. 

P.S: Com informações do Portal Cidade Verde.com

E era para não reagir? Perderam de vez o pudor