1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Crime de apropriação indébita
Publicidade

Crime de apropriação indébita

O Superior Tribunal de Justiça- Justiça de Terceira Instância-condenou, no dia ontem, o governador do Estado do Amapá, Walder de Góes, à seis anos e seis meses de cadeia em regime semi-aberto.

Crime cometido pelo mandatário Amapaense, nada mais nada menos do que autorizar o desconto das parcelas dos empréstimos consignados contraídos pelos funcionários públicos estaduais e não repassá-los à rede bancária. 

Atitude irresponsável do governador Walder de Goés, merecidamente condenado pelo Superior Tribunal de Justiça, sem dúvida. 

Já em relação aos funcionários públicos Piauienses, esses servidores não passam por esses constrangimentos de terem os seus nomes negativados nas instituições protetoras de crédito, já que o Estado do Piauí não incorre em tais irresponsabilidades, tendo consequentemente o governador Wellington Dias absolutamente tranquilo de correr o risco de ser condenado por tais práticas , já que o Estado do Piauí repassa rigorosamente em dia, os descontos efetuados nos contracheques dos servidores à rede bancaria. 
 
É isso.
 

O Superior Tribunal de Justiça- Justiça de Terceira Instância-condenou, no dia ontem, o governador do Estado do Amapá, Walder de Góes, à seis anos e seis meses de cadeia em regime semi-aberto.

Crime cometido pelo mandatário Amapaense, nada mais nada menos do que autorizar o desconto das parcelas dos empréstimos consignados contraídos pelos funcionários públicos estaduais e não repassá-los à rede bancária. 

Atitude irresponsável do governador Walder de Goés, merecidamente condenado pelo Superior Tribunal de Justiça, sem dúvida. 

Já em relação aos funcionários públicos Piauienses, esses servidores não passam por esses constrangimentos de terem os seus nomes negativados nas instituições protetoras de crédito, já que o Estado do Piauí não incorre em tais irresponsabilidades, tendo consequentemente o governador Wellington Dias absolutamente tranquilo de correr o risco de ser condenado por tais práticas , já que o Estado do Piauí repassa rigorosamente em dia, os descontos efetuados nos contracheques dos servidores à rede bancaria. 
 
É isso.
 

A OPAS em Teresina O maior legado