Publicidade

Hilárias

Piada pronta da semana, aliás, duas. 

Começamos a semana, maravilhosamente, bem. 

A primeira é a entrevista recentemente concedida pelo governador Wellington Dias a uma emissora de TV, dizendo a pleno pulmões e de cenho carrancudo que, pode até existir igual, mas, em nenhum outro canto do Brasil, existe ou existirá, alguém como ele Wellington Dias, mais combativo e inimigo da corrupção na administração pública, quanto ele. Sem comentários. 

A segunda piada pronta fica por conta de servidores públicos federais, que atuam nos órgãos de fiscalização e controle dos recursos obtidos através dos impostos que pagamos, se posicionando em uma movimentada avenida da capital nesta manhã de segunda-feira, solicitando à população que os ajude no combate a ladroagem que aniquila sonhos de gerações de piauienses. 

Seria bastante cômico, se não fosse exageradamente trágico, assistir em vias públicas, servidores de órgãos que têm por dever constitucional zelar pela correta aplicação dos impostos que nos arrancam, apelando a essa mesma escalpelada população prenhe de deveres- que paga a carga tributária mais alta do mundo- que esses servidores tentem  transferir responsabilidades que lhes são afetas. 

É piada pronta além da conta. 

É isso.

Piada pronta da semana, aliás, duas. 

Começamos a semana, maravilhosamente, bem. 

A primeira é a entrevista recentemente concedida pelo governador Wellington Dias a uma emissora de TV, dizendo a pleno pulmões e de cenho carrancudo que, pode até existir igual, mas, em nenhum outro canto do Brasil, existe ou existirá, alguém como ele Wellington Dias, mais combativo e inimigo da corrupção na administração pública, quanto ele. Sem comentários. 

A segunda piada pronta fica por conta de servidores públicos federais, que atuam nos órgãos de fiscalização e controle dos recursos obtidos através dos impostos que pagamos, se posicionando em uma movimentada avenida da capital nesta manhã de segunda-feira, solicitando à população que os ajude no combate a ladroagem que aniquila sonhos de gerações de piauienses. 

Seria bastante cômico, se não fosse exageradamente trágico, assistir em vias públicas, servidores de órgãos que têm por dever constitucional zelar pela correta aplicação dos impostos que nos arrancam, apelando a essa mesma escalpelada população prenhe de deveres- que paga a carga tributária mais alta do mundo- que esses servidores tentem  transferir responsabilidades que lhes são afetas. 

É piada pronta além da conta. 

É isso.

Contestando Paulo Guedes O que ainda falta?