1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. O mineral Vanádio
Publicidade

O mineral Vanádio

O  presidente Bolsonaro, em suas várias lives diárias, escolheu no dia de ontem o Estado do Piauí para escarnecer-nos no esporte que pratica como poucos.

No seu escarnecimento mais recente, reportou-se o presidente de todos os brasileiros a respeito da exploração de um mineral denominado Vanádio- já é explorado na Bahia na cidade de Maracás, adicionado à produção do aço, o deixa mais leve e resistente- por australianos no município de Anísio de Abreu. 

O governo do Estado emitiu nota publicada pelo jornal Folha de São Paulo, edição deste sábado, informando que uma empresa solicitou apenas licença para pesquisa e desde de 2017 não renovou interesse. 

Não há porque duvidar.

A nota do governo do Estado diz ainda que, caso o pedido seja renovado, será prontamente atendido. 

Bolsonaro no seu estilo galhofeiro e debochado afirmou que o Estado do Piauí é o mais pobre da federação e, até agora, não teria dado licença ambiental para a exploração do minério. 

Por seu turno, o governo do Estado do Piauí informa na mesma nota enviada ao jornal FSP que os índices de pobreza existentes no Estado do Piauí-segundo dados do IBGE- são suplantados por nove unidades federadas. 

A credibilidade da informação ficaria mais aceitável se o governo Piauiense tivesse nominado esses estados onde a pobreza é bem maior do que a aqui existente. 

É isso.

Veja o vídeo aqui

O  presidente Bolsonaro, em suas várias lives diárias, escolheu no dia de ontem o Estado do Piauí para escarnecer-nos no esporte que pratica como poucos.

No seu escarnecimento mais recente, reportou-se o presidente de todos os brasileiros a respeito da exploração de um mineral denominado Vanádio- já é explorado na Bahia na cidade de Maracás, adicionado à produção do aço, o deixa mais leve e resistente- por australianos no município de Anísio de Abreu. 

O governo do Estado emitiu nota publicada pelo jornal Folha de São Paulo, edição deste sábado, informando que uma empresa solicitou apenas licença para pesquisa e desde de 2017 não renovou interesse. 

Não há porque duvidar.

A nota do governo do Estado diz ainda que, caso o pedido seja renovado, será prontamente atendido. 

Bolsonaro no seu estilo galhofeiro e debochado afirmou que o Estado do Piauí é o mais pobre da federação e, até agora, não teria dado licença ambiental para a exploração do minério. 

Por seu turno, o governo do Estado do Piauí informa na mesma nota enviada ao jornal FSP que os índices de pobreza existentes no Estado do Piauí-segundo dados do IBGE- são suplantados por nove unidades federadas. 

A credibilidade da informação ficaria mais aceitável se o governo Piauiense tivesse nominado esses estados onde a pobreza é bem maior do que a aqui existente. 

É isso.

Veja o vídeo aqui

Respiradores para suínos? Sucessão engraçada