Publicidade

Seu João

A pessoa do potiguar João Claudino Fernandes, se confunde com a história - ainda que incipiente-  da indústria e do comércio do Estado do Piauí. 

Os setores da economia Piauiense, tiveram até fins dos anos cinquenta do século passado o seu apogeu  no extrativismo dominando a economia Piauiense, com as grandes corporações originárias da cidade de Parnaíba, onde pontificavam , Pedro Machado, Marc Jacob, Casa Inglesa, Moraes S/A , Neves e Companhia, todas elas com filiais em Teresina. 

Com o advento de novos produtos da indústria química do petróleo e seus derivados, o extrativismo entrou em queda vertiginosa como atividade econômica. 

Em  Teresina e no Piauí como um todo, a chegada do empresário João Claudino, no início dos anos sessenta, causou um verdadeiro divisor de águas do que se tinha até então como atividade comercial e industrial no Estado do Piauí.

Ao longo de mais de cinquenta anos, nenhum grupo empresarial gerou tantas oportunidades de trabalho para essa região do Meio Norte do Brasil, como o Seu João.

A família de Seu João, em homenagem a sua história de vida, confeccionou um belo trabalho gráfico, com fotos , textos , entrevista, contando com a colaboração de vários profissionais, sob a coordenação do Cineasta Douglas Machado. 

Vejam a capa do livro sobre o homenageado, Seu João.

A pessoa do potiguar João Claudino Fernandes, se confunde com a história - ainda que incipiente-  da indústria e do comércio do Estado do Piauí. 

Os setores da economia Piauiense, tiveram até fins dos anos cinquenta do século passado o seu apogeu  no extrativismo dominando a economia Piauiense, com as grandes corporações originárias da cidade de Parnaíba, onde pontificavam , Pedro Machado, Marc Jacob, Casa Inglesa, Moraes S/A , Neves e Companhia, todas elas com filiais em Teresina. 

Com o advento de novos produtos da indústria química do petróleo e seus derivados, o extrativismo entrou em queda vertiginosa como atividade econômica. 

Em  Teresina e no Piauí como um todo, a chegada do empresário João Claudino, no início dos anos sessenta, causou um verdadeiro divisor de águas do que se tinha até então como atividade comercial e industrial no Estado do Piauí.

Ao longo de mais de cinquenta anos, nenhum grupo empresarial gerou tantas oportunidades de trabalho para essa região do Meio Norte do Brasil, como o Seu João.

A família de Seu João, em homenagem a sua história de vida, confeccionou um belo trabalho gráfico, com fotos , textos , entrevista, contando com a colaboração de vários profissionais, sob a coordenação do Cineasta Douglas Machado. 

kkk

Vejam a capa do livro sobre o homenageado, Seu João.

Consumir álcool, pode, sentado Nenhuma surpresa