1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. O começo do desmonte de uma farsa
Publicidade

O começo do desmonte de uma farsa

O pleno do Supremo Tribunal Federal , se reúne nessa quarta-feira para decidir qual a interpretação a ser dada a um dos parágrafos do artigo 316 do Código de Processo Penal, que determina que a cada 90 dias as prisões preventivas sejam revistas pelo juiz do feito ou pelo Tribunal de Justiça dos Estados.

Enquanto isso, o juiz do feito, responsável pelo encarceramento domiciliar do jornalista Arimatéia Azevedo, deu de ombros para o que determina o citado artigo do nosso CPP e mantém o jornalista Arimatéia Azevedo em prisão domiciliar por 124 dias, só que, essa farsa jurídica começa a ser desmontada, com a decisão da ministra Carmen Lúcia , atendendo a um solicitação da defesa do jornalista, retirou  vergonhosa censura imposta pelo juiz Waldemir dos Santos , que proibia o Portal AZ sob pena diária de R$ 5.000,00 , de fazer qualquer tipo de alusão ao horrendo erro médico cometido por um cirurgião plástico em uma paciente. 

Vejam a decisão da ministra Carmen Lúcia, em uma matéria postada pelo Portal AZ Brasília. 

O pleno do Supremo Tribunal Federal , se reúne nessa quarta-feira para decidir qual a interpretação a ser dada a um dos parágrafos do artigo 316 do Código de Processo Penal, que determina que a cada 90 dias as prisões preventivas sejam revistas pelo juiz do feito ou pelo Tribunal de Justiça dos Estados.

Enquanto isso, o juiz do feito, responsável pelo encarceramento domiciliar do jornalista Arimatéia Azevedo, deu de ombros para o que determina o citado artigo do nosso CPP e mantém o jornalista Arimatéia Azevedo em prisão domiciliar por 124 dias, só que, essa farsa jurídica começa a ser desmontada, com a decisão da ministra Carmen Lúcia , atendendo a um solicitação da defesa do jornalista, retirou  vergonhosa censura imposta pelo juiz Waldemir dos Santos , que proibia o Portal AZ sob pena diária de R$ 5.000,00 , de fazer qualquer tipo de alusão ao horrendo erro médico cometido por um cirurgião plástico em uma paciente. 

Vejam a decisão da ministra Carmen Lúcia, em uma matéria postada pelo Portal AZ Brasília. 

Água Branca, a síntese Vale o que está escrito