1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. A pesquisa do IBOPE
Publicidade

A pesquisa do IBOPE

O Instituto Brasileiro de Opinião Pública (IBOPE) divulgou na última sexta-feira pesquisa sobre as eleições de 15 de novembro nas capitais, incluindo Teresina. 

Nenhuma surpresa diante dos números revelados . O candidato Dr. Pessoa com 34%, professor Kleber Montezuma 18%,  deputado federal Fábio Abreu 16% e o deputado estadual Fábio Novo pontuando com 6% na preferência dos pesquisados. 

Como se costuma dizer que, pesquisa eleitoral é um retrato do momento da campanha, nada mais natural do que a pontuação do Dr. Pessoa, já que, detentor de quatro mandatos de vereador teresinense é um de deputado estadual, Dr. Pessoa tem tido exposição na imprensa nesses mais de vinte anos de vida pública, sendo portanto justificadamente o nome mais lembrado pela população. 

O segundo colocado professor Cleber Montezuma, disputa pela primeira vez uma eleição, tendo o apoio do prefeito Firmino Filho e seu grupo político que, enxergaram no ex-secretário,  municipal de educação, credenciais - advindas do trabalho que elevou Teresina ao patamar de melhor Educação dentre as capitais brasileiras)  que o habilitam a dar continuidade as administrações tucanas em Teresina. 

O deputado federal Fábio Abreu, com 16% da preferência dos pesquisados, deveria nas suas aparições no horário eleitoral ou nas mídias sociais, divulgar os ganhos da sociedade piauiense , quando comandou os destinos da Segurança Pública no Estado do Piauí. 

Fábio Novo com  pontuação de 6%, tudo indica, padecer de um sentimento antipetista, tendo como indicativo , dados referentes aos dezesseis nomes de candidatos petistas nas capitais, onde o petismo pontifica apenas em Fortaleza com Luziane Lins e em Vitória , capital do Espírito Santo, com o nome de João Coser, ambos , no páreo na disputa pelas prefeituras capitais dos seus respectivos estados. 

Em Teresina, dos quatro candidatos que mais pontuaram na Pesquisa do IBOPE, dentre os três primeiros, dois deles , com certeza , estarão disputando o segundo turno em 29 de novembro . 

É isso.

O Instituto Brasileiro de Opinião Pública (IBOPE) divulgou na última sexta-feira pesquisa sobre as eleições de 15 de novembro nas capitais, incluindo Teresina. 

Nenhuma surpresa diante dos números revelados . O candidato Dr. Pessoa com 34%, professor Kleber Montezuma 18%,  deputado federal Fábio Abreu 16% e o deputado estadual Fábio Novo pontuando com 6% na preferência dos pesquisados. 

Como se costuma dizer que, pesquisa eleitoral é um retrato do momento da campanha, nada mais natural do que a pontuação do Dr. Pessoa, já que, detentor de quatro mandatos de vereador teresinense é um de deputado estadual, Dr. Pessoa tem tido exposição na imprensa nesses mais de vinte anos de vida pública, sendo portanto justificadamente o nome mais lembrado pela população. 

O segundo colocado professor Cleber Montezuma, disputa pela primeira vez uma eleição, tendo o apoio do prefeito Firmino Filho e seu grupo político que, enxergaram no ex-secretário,  municipal de educação, credenciais - advindas do trabalho que elevou Teresina ao patamar de melhor Educação dentre as capitais brasileiras)  que o habilitam a dar continuidade as administrações tucanas em Teresina. 

O deputado federal Fábio Abreu, com 16% da preferência dos pesquisados, deveria nas suas aparições no horário eleitoral ou nas mídias sociais, divulgar os ganhos da sociedade piauiense , quando comandou os destinos da Segurança Pública no Estado do Piauí. 

Fábio Novo com  pontuação de 6%, tudo indica, padecer de um sentimento antipetista, tendo como indicativo , dados referentes aos dezesseis nomes de candidatos petistas nas capitais, onde o petismo pontifica apenas em Fortaleza com Luziane Lins e em Vitória , capital do Espírito Santo, com o nome de João Coser, ambos , no páreo na disputa pelas prefeituras capitais dos seus respectivos estados. 

Em Teresina, dos quatro candidatos que mais pontuaram na Pesquisa do IBOPE, dentre os três primeiros, dois deles , com certeza , estarão disputando o segundo turno em 29 de novembro . 

É isso.

Água Branca, a síntese Crimes hediondos